Mensagens Religiosas

Universidade de Chicago "Divinity School", em cada ano eles têm o que chamam de "Dia Religioso". Nesse dia cada um deve trazer um prato de comida e há um piquenique no gramado. Sempre, no "Dia Religioso", a escola convida uma das grandes mentes da literatura no meio educacional teológico.
Num ano eles convidaram o Dr. Paul Tillich. Dr. Tillich falou durante 2 horas e meia, achando que provaria que a ressurreição de Jesus era falsa. Ele questionava estudiosos e livros e concluiu que, a partir do momento que não havia provas históricas da ressurreição, a tradição religiosa da igreja caía por terra, porque era baseada num relacionamento com um Jesus que havia ressurgido, mas, de fato, Ele nunca havia ressurgido literalmente dos mortos.
Quando concluiu sua teoria, ele perguntou se havia alguma pergunta. Depois de uns 30 segundos, um senhor negro de cabelos brancos se levantou no fundo do auditório:
– Dr. Tillich, eu tenho uma pergunta. – ele disse enquanto todos os olhos se voltavam para ele. Ele colocou a mão na sua sacola, pegou uma maçã e começou a comer. – Dr. Tillich... CRUNCH, MUNCH... Minha pergunta é uma questão muito simples... CRUNCH, MUNCH...
Eu nunca li tantos livros como o senhor leu... CRUNCH, MUNCH... e também não posso recitar as Escrituras no original grego... CRUNCH, MUNCH... Eu não sei nada sobre Niebuhr e Heidegger... CRUNCH, MUNCH... e ele acabou de comer a maçã. Mas tudo o que eu gostaria de saber é: essa maçã que eu acabei de comer...estava doce ou azeda?
Dr. Tillich parou por um momento e respondeu com todo o estilo de um estudioso: – Eu não tenho possibilidades de responder essa questão, pois eu não provei a sua maçã. O senhor de cabelos brancos jogou o que restou da maçã dentro do saco de papel, olhou para o Dr. Tillich e disse calmamente:
– O senhor também nunca provou do meu Jesus. Mais de 1000 pessoas que estavam assistindo não puderam se conter. O auditório se ergueu em aplausos. Dr. Tillich agradeceu a plateia e rapidamente deixou o palco.

O cérebro, em verdade, articulará leis que disciplinem os povos. comandará arrojadas experimentações científicas. plasmará ilações filosóficas e religiosas da mais elevada importância na marcha evolutiva da consciência: medirá as distâncias em pleno céu. comporá maravilhas com os méritos da palavra. conquistará o domínio do espaço, erguendo o homem à condição de triunfador do mundo.
descerá, com segurança, aos mais obscuros labirintos do mar, arrancando-lhe os segredos. abordará, com mestria, os enigmas da natureza, para solucioná-los em seu próprio favor. tecerá os primores da arte. estenderá os benefícios da indústria. e supervisionará todas as iniciativas da criatura na subida ao plano superior. Entretanto, no coração reside a força criadora do ser e somente através dele flui a generosa fonte do amor que gera a beleza e glorifica as bênçãos da vida. É por isso que Jesus, o nosso Divino Mestre, falou acima de tudo ao Coração Humano, porque se o Cérebro é garantia do progresso na Terra, o Coração é a estrela que brilha, soberana, confundindo a Terra com o Céu para que a Humanidade se integre, vitoriosa, na luminosa comunhão com Deus.

Meu Senhor e meu Deus, obrigado por este dia de vida, obrigado por estar mais uma vez com meus amigos, familiares e todos que nos rodeiam.
Obrigado Senhor pelo ar que respiramos, pela água que bebemos, pelo alimento que ingerimos, por todas as coisas boas que aconteceram em nossa vida e também pelas horas que passamos por dificuldades, mas o Senhor nos deu força, coragem e mostrou o caminho certo que devíamos seguir.
Que o Senhor faça deste dia melhor que ontem e do amanhã melhor que hoje. Que abençoe cada filho Seu existente na face da Terra.
Que o Senhor coloque em nossos corações a capacidade de perdoar. Assim com o coração limpo, caminharemos no caminho da verdade em busca de um mundo cheio de paz, amor e vida em abundância

Deus te escolheu para fazer a diferença em meio a multidão. Ser escolhido por Deus não é um céu sem tempestades, caminhos sem acidentes, relacionamentos sem decepções. Ser Dele é encontrar força no perdão, esperança em meio a luta, segurança em meio ao medo.
É reconhecer que vale a pena servi-lo, apesar dos desafios, incompreensões e períodos de crise. É também atravessar um deserto e encontrar um manancial de bênçãos. É ter humildade e reconhecer seus erros, ter ousadia pra dizer "me perdoe? e capacidade pra dizer "eu te amo".
Ser escolhido de Deus é usar as pedras para erguer um altar de testemunhos e ainda dizer "conheço o Senhor! Ele é fiel e jamais me deixará". Ser escolhido por Deus é ter certeza de que já somos mais que vencedores!

Casa é uma construção de cimento e tijolos. Lar é uma construção de valores e princípios. Casa é o nosso abrigo das chuvas, do calor, do frio. Lar é o abrigo do medo, da dor e da solidão.
Casa é o lugar onde as pessoas entram para dormir, usar o banheiro, comer. Onde temos pressa para sair e retardamos a hora de voltar.
O lar é o lugar onde os membros da família anseiam por estar nele, onde refazem suas energias, alimentam-se de afeto e encontram o conforto do acolhimento. É onde temos pressa de chegar e retardamos a hora de sair.
Numa casa criamos e alimentamos problemas. O lar é o centro de resolução de problemas.
Numa casa moram pessoas que mal se cumprimentam e se suportam. Num lar vivem companheiros que, mesmo na divergência, se apoiam e nas lutas se solidarizam.
Numa casa desdenha-se dos nossos valores. No lar sonhamos juntos.
Numa casa há azedume e destrato. Num lar sempre há lugar para a alegria. Numa casa nascem muitas lágrimas. Num lar plantam-se sorrisos.
A casa é um nó que oprime, sufoca. O lar é um ninho que aconchega.
Se você ainda mora em uma casa, nós o(a) convidamos a transformá-la, com urgência, em um lar e que Jesus seja sempre o seu convidado especial.

Deus tece as tramas da vida em um desenho perfeito, precioso. E mesmo que seu plano para nós às vezes nos pareça misterioso, se nós confiarmos Nele mesmo além da nossa compreensão, Nossas vidas poderão ser verdadeiras obras de arte.
Criadas por sua própria mão... Plenas de amor e harmonia, com família, lar e amigos, frutos da pura inspiração, fortalecidos pela fé, tramadas com alguns desafios que nos farão aprender e crescer. cruzadas por pontos brilhantes de alegria e paz, e a perfeição dessa trama é a prova que Deus nos ama.
Tenha fé na bondade do Senhor e pense primeiro Nele. Em tudo o que você fizer. Reze para ter compreensão do plano Dele para você.
Agradeça por todas as bênçãos e viva cada dia com alegria, lembrando de que você é uma parte especial da tapeçaria de Deus. Amem...

Um homem muito rico morreu e foi recebido no céu. O anjo guardião levou-o por várias alamedas e foi mostrando-lhe as casas e moradias.
Passaram por uma linda casa com belos jardins. O homem perguntou: - Quem mora ai?
O anjo respondeu: - É o Raimundo, aquele seu motorista que morreu no ano passado.
O homem ficou pensando: - Puxa! O Raimundo tem uma casa dessas! Aqui deve ser muito bom!
Logo a seguir surgiu outra casa ainda mais bonita. - E aqui, quem mora? Perguntou o homem. O anjo respondeu: - Aqui é a casa da Rosalina, aquela que foi sua cozinheira.
O homem ficou imaginando que, tendo seus empregados magníficas residências, sua morada deveria ser no mínimo um palácio. Estava ansioso por vê-la.
Nisso o anjo parou diante de um barraco construído com tábuas e disse: - Esta é a sua casa!
O homem ficou indignado. - Como é possível! Vocês sabem construir coisa muito melhor.
- Sabemos – respondeu o anjo – mas nós construímos apenas a casa. O material são vocês mesmos que selecionam e nos enviam lá de baixo. Você só enviou isso!
Cada gesto de amor e partilha é um tijolo com o qual construímos a eternidade. Tudo se decide por aqui mesmo, nas escolhas e atitudes de cada dia.

É impossível para quaisquer palavras expressarem o pleno significado desta agradável sentença: "DEUS É POR MIM". Ele era por nos antes que o mundo existisse. Deus era por nos, pois se assim não fora, Ele não nos teria dado o seu Filho amada.
Deus era por nos, quando feriu o Unigênito e lançou sobre ele todo o vigor da sua ira. Deus era por nos, embora tenha sido contra o Senhor Jesus. Deus era por nos, quando estávamos arruinados pela queda-Ele nos amou apesar disso. Deus era por nos, pois do contrario Ele nos teria trazido ao ponto de buscarmos humildemente sua face!
Deus tem sido por nos em muitas lutas. Temos nos deparado com hostis de perigos. Temos sido assaltados por tentações em nosso intimo e em nosso exterior. Como poderíamos ter permanecido intactos ate agora, se Deus não houvesse sido por nos?
Deus é por nos com toda a infinitude de seu ser, com a onipotência de seu amor, com toda a infinitabilidade de sua sabedoria. Revestido de todos os seus atributos divinos, Ele é eterna e inevitavelmente por nos. Visto que Deus é por nos, a voz de nossa oração haverá de assegurar-nos sempre o auxílio dele. "Quando eu a Ti clamar, voltarão para trás meu inimigos.
Esta não é uma esperança incerta, e sim uma segurança bem fundamentada-"Isto sei eu". Apresentarei minha oração a Deus e esperarei na resposta, certo de que ela virá. Meus inimigos serão desbaratados, porque Deus é por mim. Oh crente, quão feliz você é com o Rei dos reis ao seu lado! Quão seguro você esta com esse Protetor! Quão garantido é o seu caso, pleiteado com tão sublime advogado! Se Deus é por você, quem poderá prevalecer contra você?
Deus abençoá!

Para refletir...

Quando se sentir impotente,
no meio de uma enxurrada de problemas,
não se fixe apenas nas barreiras a sua frente,
sintonize o Alto e alie- se a essa Força Maior
para prosseguir e vencer.
Não se torture com o desespero, persevere!

Sinta a Providência Divina ao seu lado
e nova alvorada começará a nascer.
Nosso Pai jamais nos deixa sem respostas,
mas para senti-las, não podemos
permanecer de olhos fechados.

Agasalhe-se com a força de vontade,
para que possa continuar sua jornada.

A marcha evolutiva muitas vezes é dolorosa,
faz com que a tristeza nos visite a alma,
mas jamais se dê por vencido!
Ânimo... Deus é contigo sempre!

Era uma vez um homem que não tinha nada. Deus olhou para ele e lhe deu dez bananas. Deu-lhe três bananas para que ele se alimentasse. Deu-lhe três bananas para que ele trocasse por uma casa. Deu-lhe três bananas para que ele trocasse por vestuário. E deu-lhe uma banana para que tivesse alguma coisa para mostrar a sua gratidão a Deus.
O homem fez conforme Deus lhe ordenou. Comeu as três bananas que era para comer. Foi lá e trocou três bananas por uma moradia. Usou as outras três bananas para comprar roupa.
Foi então que ele olhou para aquela que seria a décima banana. Olhou-a demoradamente. Logo começou a achar que aquela banana era diferente.
Era mais encorpada, mais brilhante, mais bonita. Ele se lembrou que tinha recebido esta banana para que tivesse alguma coisa com que agradecer a Deus pelas outras nove bananas recebidas. Mas, ela lhe parecia tão apetitosa.
Finalmente chegou a conclusão de que Deus não precisava daquela banana. Afinal, não era ele o dono de todas as bananas do mundo? Foi então que ele comeu a décima banana e devolveu para Deus o que sobrou: a casca.
Deuteronômio 8.11,14,17,18: Guarda-te, não te esqueças do Senhor teu Deus para não acontecer que, depois de haveres construído casas e morado nelas. depois de multiplicarem os teus gados e os teus tesouros, e se aumentar a tua prata e o teu ouro, e ser abundante tudo quanto tens, se eleve o teu coração e te esqueças do Senhor teu Deus. Porque é ele quem te dá forças para adquirires riquezas .

Um rei possuía um valioso diamante, um dos mais raros e perfeitos do mundo.
Um dia o diamante caiu de grande altura e um arranhão estragou sua face.
O rei chamou os melhores peritos para que tentassem corrigir a imperfeição, mas todos concordaram que não poderiam retirar o arranhão sem cortar fora uma boa parte da superfície, assim reduzindo o peso e o valor do diamante.
Finalmente apareceu um artesão, não tão famoso, e garantiu, - Tenho muito observado o maior artesão de todos e, com ele, muito aprendi. Posso lhe garantir que saberei reparar o diamante sem reduzir seu valor.
Sua confiança era tanta que, convencido, o rei entregou o diamante ao homem.
Depois de alguns dias, o artesão retornou com o diamante ao rei, que ficou surpreso ao descobrir que o feio arranhão tinha desaparecido e em seu lugar fora entalhada uma bela rosa.
O arranhão anterior tinha se tornado o talo de uma rara flor!
O rei, empolgado, falou ao artesão, - Que belo trabalho, que ótima ideia. Diga-me, quem é este grande artesão que é seu mestre?
E o artesão respondeu, - Deus, o artesão da vida. Deus está sempre, se permitimos, transformando nossos arranhões em algo de belo.

Senhor, meu primeiro pensamento nesta manhã que começa se dirige para Ti, que velaste meu sono e assististe o meu despertar.
Tu moras nas alturas e habitas bem no íntimo de minha vida.
E todo esse dia é Teu.
Consagro-Te agora a jornada que começa.
Que meu trabalho seja fecundo com o orvalho do teu amor e a força da tua benção.
Em vão trabalham os homens se Tu não os ampara.
Permite que eu possa responder claramente a todos a respeito da esperança que existe em mim.
Que todos aqueles que eu encontrar possam receber uma palavra amiga de meus lábios, um gesto acolhedor de minhas mãos e uma oração sincera do meu coração.
Olha na mesa dos homens pobres De que possam se alimentar para recuperar as forças e continuar a caminhada da vida.
Que hoje à noite, eu possa estar novamente Contigo, na intimidade, como alguém que reencontra um amigo, para poder dar graças pelo dia que me deste.
Obrigada por mais este dia, Senhor!

Deus costuma usar a solidão para nos ensinar sobre a convivência.
Às vezes, usa a raiva para que possamos compreender o infinito valor da paz.
Outras vezes usa o tédio, quando quer nos mostrar a importância da aventura e do abandono.
Deus costuma usar o silêncio para nos ensinar sobre a responsabilidade do que dizemos.
Às vezes usa o cansaço, para que possamos compreender o valor do despertar.
Outras vezes usa a doença, quando quer nos mostrar a importância da saúde.
Deus costuma usar o fogo, para nos ensinar a andar sobre a água.
Às vezes, usa a terra, para que possamos compreender o valor do ar.
Outras vezes usa a morte, quando quer nos mostrar a importância da vida.

Certo homem, mendigo, entrava todos os dias na igreja, várias vezes por dia e saía bem rápido. O pároco da igreja indagou:
– Por que o senhor entra na Igreja todos os dias e sai bem rápido?
– Venho orar, seu padre.
– Rápido assim, o tempo é pouco para orar.
– Não sei fazer bonitas orações padre. Minha conversa com Deus é muito rápida. Só digo assim: Oi Deus, eu sou o Zé.
Logo após esta conversa o homem foi acidentado, e depois que chegou ao hospital, contagiou a todos com tanta alegria e contentamento que todos aproximavam-se dele. Uma irmã perguntou-lhe, qual a causa de tanto contentamento.
-Ah! Irmã, todos os dias um homem vem senta-se nesta cadeira, olha para mim e diz:
– Oi Zé, eu sou Jesus...
Não importa o tamanho da oração, mas a comunhão e a confiança que temos com Deus.

A vida muda em um minuto apenas.
Em um minuto apenas DEUS providencia o socorro.
Pode ser um coração atento, uma mão amiga, um pedaço de papel impresso caído na calçada.
Papel que o vento não o levou para longe.
Um minuto apenas e o amor volta e a esperança renasce Um minuto apenas e o sol rompe as nuvens clareando tudo.
Não se desespere, espere, o socorro chega.
Um minuto apenas...
O panorama se modifica.
A vida refloresce.
Tenha paciência, não se entregue à desesperança.
Aguarde.
Enquanto você sofre DEUS providencia o auxílio.
Aguarde, um minuto apenas, sessenta segundos.
Uma vida. Um minuto a mais.
Em um minuto apenas, a misericórdia divina se derrama cheia de bênçãos nas vielas escuras dos passos humanos, corrige, saneia, repara transformando-as em estradas luminosas no rumo da vida maior!

Ao iniciar esta jornada, peço a tua proteção.
Volta teus olhos pra o caminho que ora vou trilhar, estendendo a tua proteção sobre todos os meus passos.
Ilumina a minha estrada pois, sempre que estás comigo, sou forte e capaz de suportar as lições que me destinas.
Orienta as decisões que deverei tomar.
Acompanha-me e certifica-me de que estarei indo ao encontro das minhas melhores opções.
Faz com que minha jornada tenha sucesso, Senhor.
Livra-me dos perigos, dos acidentes e de qualquer situação que me impeça de construir a minha felicidade.
Governa as minhas ações e o comportamento daqueles que podem influenciar o meu destino.
Dirige a tua luz divina para este filho teu que ora com fervor e é motivado pelo teu amor.
Que assim seja, para sempre. Amém!

Ei, é na cruz que você me vê ainda? Eu sofri sim! Foi um caminho terrível carregando o peso da cruz, vendo minha mãe que chorava, Sendo chicoteado e tantos amigos sofrendo por Minha causa.
Fora a humilhação... Sortearam minhas roupas, me chamavam de rei pejorativamente, riam-se de mim, e por fim, depois da dor da crucificação, ainda me colocaram uma coroa de espinhos.
Mas olha, eu não me arrependo de nada que fiz, não lamento nada que aconteceu. Sabe por quê? Primeiro, eu sabia que iria ter o meu sonhado reencontro com o meu Pai e depois, bom, depois, eu fiz por AMOR para que você fosse feliz meu AMIGO, para que você pudesse ter vida!
Então olhe, não quero que você esqueça o que se passou comigo, Mas quero que você veja como estou hoje, pronto para te receber! E você, quer ser meu amigo?

Senhor, Fazei de mim um instrumento da vossa comunicação
Onde tantos enviam bombas e destruição, Que eu leve a palavra de união!
Onde tantos procuram ser servidos, Que eu leve a alegria de servir!
Onde tantos fecham a mão para bater, Que eu abra meu coração para acolher!
Onde tantos adoram a máquina, Que eu saiba venerar o Homem!
Onde tantos endeusam a técnica, Que eu saiba humanizar a pessoa!
Onde a vida perdeu o sentido, Que eu leve o sentido de viver!
Onde tantos me pedem um peixe, Que eu saiba ensinar a pescar!
Onde tantos me pedem um pão, Que eu saiba ensinar a plantar!
Onde tantos estão sempre distantes, Que eu seja alguém sempre presente!
Onde tantos sofrem de solidão que faz morrer, Que eu seja o amigo que faz viver!
Onde tantos morrem na matéria que passa, Que eu viva no espírito que fica!
Onde tantos olham para a terra, Que eu saiba olhar para o céu!

Um rei tinha ao seu serviço um bobo que lhe enchia os dias de piadas e brincadeiras. Um dia o rei confiou-lhe o cetro dizendo-lhe: - Fica com ele e, se encontrares um homem mais estúpido do que tu, ofereça-lo.
Mais tarde, o rei caiu gravemente doente e estava prestes a morrer, chamou o bobo e disse-lhe:
- Eu parto para uma longa viagem. - Quando é que o meu senhor volta? - Nunca mais voltarei – respondeu o rei.
O bobo perguntou-lhe: - O meu senhor parte para uma longa viagem e nunca voltará, mas quais foram os preparativos?
- Nenhuma preparação – foi a triste resposta do rei.
Então, o bobo concluiu:
- Tu estas a partir para uma longa viagem e não fizeste nenhuma preparação? Toma lá o teu cetro, já encontrei uma pessoa mais estúpida do que eu!
Todos devemos estar preparados para esta grande viagem. Chega para todos o momento da despedida, pois somos peregrinos neste mundo. Por isso Jesus disse: Vigiai, pois não sabeis o dia, nem a hora.

Deus está aqui neste momento. Sua presença é real em meu viver. Entregue sua vida, seus problemas. Fale com Deus. Ele vai ajudar você!
Deus te trouxe aqui. Para aliviar os seus sofrimentos. É Ele o autor da fé, Do princípio ao fim De todos seus momentos.
E ainda se vier noite traiçoeira, Se a cruz pesada for, Cristo estará contigo O mundo pode até fazer você chorar Mas Deus te quer Sorrindo Seja qual for o seu problema Fale com Deus, ele vai ajudar você, Após a noite sempre vem o dia. Deus é amor, não te deixará sofrer!

Certa noite eu quis falar com Jesus, mas Ele me disse: - Agora estou muito ocupado. - É urgente!, eu disse, trata-se de minha mãe! - Calma... agora não posso, respondeu Ele suavemente.
Entre chocado e desapontado eu bradei: - Está bem ! Com quem posso falar então?!? - Comigo, mas não agora que estou tão ocupado.
Eu, doente e febril, tive que me conformar e aguardar o momento "certo" para falar com Ele.
Sozinho, naquela cidade estranha, tudo que eu queria era o abraço de minha mãe, naquele momento tão distante de mim.
A febre deve ter se elevado tanto, que adormeci. Tive sonhos confusos e agitados, onde eu me via sendo envolvido pelos braços amorosos de minha mãe.
Quando acordei, ensopado de suor, eu me sentia maravilhosamente bem. Tinha desaparecido a febre e toda aquela sensação de abandono.
Lembrei-me que havia chamado por Jesus, mas não sabia exatamente se fora um delírio ou se Ele falara comigo realmente.
Arrisquei, sentindo-me patético, a chamá-Lo de novo: - Senhor! Agora é possível só responder-me a uma pergunta?
Para minha surpresa, eu ouvi: - Sim. O que você quer? - Era só para saber se realmente falei com o Senhor. Agora não quero mais nada. Já estou bem. Quando O chamei, eu ia pedir-Lhe que me trouxesse minha mãe, mas o Senhor estava muito ocupado para atender ao meu chamado. Sonhei com ela e isso foi o bastante para curar-me.
- Sim, eu estava muito ocupado, atendendo alguém que tinha mais urgência do que você: Eu estava escutando sua Mãe que me pedia para levá-la até aí.

Sozinhos somos estrelas que cintilam, mas juntos compomos o corpo de luz deste Planeta.
Trazemos sempre na memória o amor, e as conquistas já exercidas em outras caminhadas.
Não temos que temer, mas, temos é que caminhar e confiar!
Sempre é o momento de ouvir as nossas intuições!
Sinta sempre a luz e a verdade que habitam o seu coração!
Há mais vida e seres, do que podemos imaginar, no Universo e é ledo engano achar que estamos sós e somos exclusivos.
É hora de pensarmos no Planeta Terra, mas, convém lembrar também que somos moradores de um plano muito maior.
Guie-se pelo seu coração e pela intuição que ele lhe reserva, para alcançar outras Galáxias.
Deixe a luz e o entendimento do Cosmos adentrar todo o seu ser, guiando-se pelas verdades insofismáveis da confiança no Criador.
Saibas que és um filho amado de Deus!
Toda a grandeza que Ele criou foi objetivando, dar-lhe um quintal acolhedor, em que fosse possível, desfrutar de todas as regalias que ali estão.
Não se atenha, tão somente, ao seu pequeno mundinho, mas, imagine que você também é responsável por todo o Cosmo que aí está.