Mensagens de Otimismo

Devia ter amado mais. Ter chorado mais. Ter visto o sol nascer. Devia ter me arriscado mais, e até errado mais. Ter feito o que eu queria fazer. Queria ter aceitado as pessoas como elas são. Cada um sabe a alegria, e a dor que traz no coração.
O acaso vai me proteger enquanto eu andar distraído... O acaso vai me proteger enquanto eu andar...
Devia ter complicado menos, e trabalhado menos. Ter visto o sol se por... Devia ter me importado menos, com problemas pequenos... Ter morrido de amor! Queria ter aceitado a vida como ela é, a cada um cabe alegrias, e a tristeza que vier...
Os Titãs conseguiram colocar numa linda melodia uma grande reflexão sobre a Vida. Não deixe para o seu epitáfio... Escreva hoje na história de sua vida que você viveu intensamente cada instante do hoje como se não houvesse um amanhã. Viva mais. Se culpe menos, e também culpe menos. Ame mais. Aceite a vida, pois ela é realizada por você. Repare mais naqueles que te rodeiam.
Lembre-se que cada um é um ser diferente, com suas virtudes e seus defeitos, afinal perfeito só Deus. Repare mais no sol, na lua, nas estrelas, nos pássaros, nas flores, na beleza da natureza, enfim. Arrisque mais, chore mais, ria mais, brinque mais, namore mais, viva mais...
Com essa linda melodia e essa linda mensagem, desejo a todos não só uma semana e sim uma vida de amor e muita paz. Deus nos abençoe! Tenha um ótimo dia! No final, nossa sociedade será definida não somente pelo que criamos mas pelo que nos recusamos a destruir. A escolha é sua.

– Acabo de voltar de uma troca de presente. Ela disse.
– Alguém lhe deu algo que você não queria? Perguntei. – Não, de jeito nenhum. Ganhei mais do que pensei que ganharia. Ela respondeu.
– Então ganhou presentes demais? Perguntei. – Oh, não. Nunca se ganha "demais". Ela disse bem séria.
– Não estou entendendo. Você estava devolvendo um presente que você ganhou e não queria porque você tinha mais do que pode usar, mas nunca tem demais do seja lá o que for. Eu disse. Naturalmente eu não tinha nenhum ideia do que eu acabara de dizer, mas era o que eu tinha ouvido. – Não. Eu não devolvia nada. Eu distribuía. Ela disse.
Me senti como que assistindo a um episódio de "I love Lucy". – Vamos começar tudo de novo. Onde você estava? Perguntei. – Fui ao asilo. Fui visitar as pessoas que vivem lá. Ela disse.
– Você tinha dito que foi trocar presente.
– Oh, vejo seu problema. É assim que eu chamo minhas visitas ao asilo. "Troca de Presente". Eu vou ao asilo e passo meu tempo com algumas pessoas bem fascinantes. Sou a única com 40 anos. Aquelas pessoas estão pelos 70 ou 80 e até mais. Elas têm muito a oferecer. Suas histórias são presentes especiais para mim. Sua experiência de vida e lições são incrivelmente valiosas. Aprendo muito com elas. Ela disse.
– Então, isto é o trocar presente? Perguntei. – Sim, eu lhes dou o meu tempo e minha atenção, eles me ensinam sobre a vida.
Que ângulo incrível para se ver as coisas. Por todos estes anos que eu tenho escrito, todas as pessoas que eu encontrei ao longo do caminho fizeram parte da minha "Troca de Presente".
Por que você não se junta a nós. Dê um pouco de tempo para falar com alguém na rua hoje. Crie tempo para parar e dizer "olá" a alguém de sua vizinhança. Encontre novas pessoas. Visite um asilo. Telefone para alguém.
Você tem muito para dar e muito mais para receber.

"Pelo que sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias, por amor de Cristo. Porque, quando sou fraco, então, é que sou forte." (IICo 12. 10)

"Aqui está o segredo para experimentar a suficiência de Deus: chegar ao fim de nós mesmos e dos nossos recursos. Quando chegamos a esse ponto paramos de pedir a compaixão dos outros pela nossa situação ou pelo tratamento que recebemos; pois reconhecemos nas circunstâncias as próprias condições de benção, e nos voltamos delas para Deus. Vemos nelas uma oportunidade para lançar mão das suas promessas."
- A.B. Simpson

George Matheson, o bem conhecido pregador cego da Escócia, disse certa vez:

"Meu Deus, eu nunca te agradeci por meu espinho. Muitas vezes te agradeci por minhas rosas, mas nem uma vez por meu espinho. Sempre sonhei com um mundo onde obterei uma compensação pela minha cruz; mas nunca pensei em minha cruz como sendo, ela mesma, uma glória presente."

Que a cada dia Deus possa nos ensinar a grandeza desse versículo. É nas tribulações que nós devemos sorrir, por que assim como as pessoas do mundo, nós podemos passar por qualquer coisa mais com uma única e maravilhosa diferença, com Deus ao nosso lado. A cada passo que damos Ele está a frente, nos mostrando o caminho.

"Ensina-me a glória da minha cruz; ensina-me o valor do meu espinho. Mostra-me que é pela vereda da dor que tenho subido a Ti. Mostra-me que as lágrimas formam na minha vida um arco-íris."

Que Deus abençoe seu dia, seja o que for que você esteja passando, lembre-se que Ele está aí com você. "Porque, quando sou fraco, então, é que sou forte."

Bruna Graciela

Procura-se uma alma de criança que foi vista, pela última vez, dentro de nós mesmos, há muitos anos...
Ela pulava, ria e ficava feliz com seus brinquedos velhos... Exultava quando ganhava brinquedos novos, dando vida a latinhas, barbantes, tampinhas de refrigerantes, bonecas, soldadinhos de chumbo e figurinhas...
Batia palmas quando ia ao circo, quando ouvia músicas de roda, quando seus pais compravam sorvete: "chikabon, tombon, eskibon..." Tudo danado de bom!
Ela se emocionava ao ouvir histórias contadas pela mãe ou quando lia aqueles livrinhos de pano que a madrinha lhe dava quando ia visitá-la... Chorava quando arranhavam seus brinquedos: aquele aparelho de chá cheio de xícaras com que servia as bonecas ou os carrinhos de guindaste, tratores e furgões.
Fazia beiço quando a professora a colocava de castigo, mas era feliz com seus amigos, sua pureza, sua inocência, sua esperança, sua enorme vontade de ser uma grande figura humana, que não somente sonhasse, mas que realizasse coisas importantes em um futuro que lhe parecia ainda tão longínquo.
Onde ela está? Para que lado ela foi? Quem a vir, que venha nos falar... Ainda é tempo de fazermos com que ela reviva, retomando um pouco da alegria de nossa infância e deixando a alma dar gargalhadas, pois, afinal, "ainda que as uvas se transformem em passas, o coração é sempre uma criança disposta a pular corda".
Para não deixar morrer a criança que todos temos dentro de nós... Deixe-a sair, brincar e sonhar... Uma das poucas coisas que ainda Podemos fazer sem ter de pagar impostos!

Conta uma antiga lenda que, na Idade Média, um homem muito religioso foi injustamente acusado de ter assassinado uma mulher. Na verdade, o autor era pessoa influente do reino e, por isso, desde o primeiro momento procurou-se um "bode expiatório" para acobertar o verdadeiro assassino. O homem foi levado a julgamento e o resultado foi a forca.
Ele sabia que tudo iria ser feito para condená-lo e que teria poucas chances de sair vivo desta história. O juiz, que também estava combinado para levar o pobre à morte, simulou um julgamento justo, fazendo uma proposta ao acusado que provasse sua inocência.
Disse o juiz: -Sou de uma profunda religiosidade e por isso vou deixar sua sorte nas mãos do Senhor. vou escrever em um pedaço de papel palavra INOCENTE e noutro pedaço a palavra CULPADO. Você sorteará um dos papéis e aquele que sair será o veredicto. O Senhor decidirá seu destino, determinou o juiz.
Sem que o acusado percebesse, o juiz separou os dois papeis, mas em ambos escreveu CULPADO de maneira que, naquele instante, não existia nenhuma chance do acusado livrar-se da forca. Não havia saída. Não havia alternativas para o pobre homem. O juiz colocou os dois papeis em uma mesa e mandou o acusado escolher um. O homem pensou alguns segundos e pressentindo a vibração, aproximou-se confiante da mesa, pegou um dos papeis e rapidamente colocou-o na boca e o engoliu. Os presentes ao julgamento reagiram surpresos e indignados com a atitude do homem. – Mas o que você fez? E agora?
Como vamos saber qual seu veredicto? -É muito fácil, respondeu o homem. Basta olhar o outro pedaço que sobrou e saberemos que acabei engolindo o seu contrário. Imediatamente o homem foi libertado.
Por mais difícil que seja uma situação, não deixe de acreditar e de lutar até o ultimo momento. SEJA CRIATIVO! QUANDO TUDO PARECER PERDIDO, OUSE!

Seria... Amar e proteger seus entes queridos?
Ou talvez... Seu próximo, sem avaliar, credo, raça ou cor?
Olhar pra trás e descobrir que o que passou não foi em vão, porque tudo tem sua razão de ser, tudo que nos acontece de bom ou de ruim é do nosso merecimento e para o nosso aprendizado...
...Talvez seja poder encostar a cabeça e dormir tranquilo, sabendo que foi mais um dia de paz e harmonia com todos que transitaram em seu caminho...
Nos tornamos anjos...
Cada vez que doamos o que temos ( físico, moral ou espiritual ). Nos sentimos mais leves ( são as asas angelicais que adquirimos a cada ato), nos sentimos mais felizes ( é a paz conquistada), nos sentimos mais confiantes ( é Deus entrando em sua morada...)
O que é ser anjo?
É doar atenção, carinho, paz, é dizer um bom dia, um obrigado, você esta lindo(a), eu te amo, você é um ser especial!
É fazer alguém simplesmente Sorrir... e se tiver que chorar que seja de Felicidade !!
Ser anjo é...
... Saber ainda criança que, respeitar e amar seu semelhante sem preconceito é primordial para podermos ser felizes e que nesse amor incondicional, nós seremos os mais beneficiados...
É refletir constantemente... Seus erros e acertos, o que tem feito por ti e pelo próximo, o porquê de tantas coisa a te atormentar, ou mesmo a te encantar... avaliar a cada minuto de vida... estou no caminho certo, Mestre?
Mas... O mais importante em tudo isso é... Admitir seus próprios erros, ou perdoar seu semelhante, como gostaria que Deus fizesse a você mesmo.
Todos somos anjos de Deus... Cada um de nós tem uma pequena missão a cumprir, seja conosco ou com os nossos semelhantes...