Mensagens de Dia Do Amigo

Se você está com os olhos bem abertos, experimente fechá-los... Agora abra-os somente para o lado de dentro, pois chegou a hora de visitar por alguns instantes seu mundo interior!
Faça esse passeio calmamente aí por dentro de você e faça pausa mais longas nas boas imagens que você tem guardada. Não há problema algum em visitar o seu arquivo, ou o seu velho baú, se for para buscar inspiração no passado, para alimentar e dar força para o presente.
Atenha-se ao que de mais precioso você viveu... Um momento, um amor e você, uma época e você, um toque e você, uma pessoa e você, outra pessoa e você, você, você e depois você.
Momentos, pessoas, amigos, amores caminhos e mais caminhos. Alguém especial vem se formando e se esculpindo pelo tempo e pela história desse tempo. Hoje é um novo dia.
Você é feliz pelo sonho de menino, ou de menina, que você vem cultivando dia após dia, ano após ano. Se quiser abrir os olhos, abra-os bem e procure revelar a criança que ainda brilha em você à sua imagem hoje.
Hoje é um novo dia! Agradeça. A vida continua! Hoje vai ser mais um dia na construção da sua história. As cenas do dia que começa, também vão ficar marcadas. Hoje você escreve mais uma boa página nessa história.
Está no ar a criança, o menino, a menina que você sempre será! Coração aberto, sorriso pronto, abraço fácil, beijo sincero. Na rua no trabalho ou em casa, todo mundo vai notar que está diante de alguém muito especial:
Você!

Hoje eu me levantei cedo pensando no que tenho para fazer antes que o relógio marque meia noite.
Eu tenho responsabilidades para cumprir hoje.
Eu sou importante.
É minha função escolher que tipo de dia terei hoje.
Hoje eu posso reclamar porque está chovendo ou posso agradecer às águas por lavarem energias pesadas.
Hoje eu posso ficar triste por não ter muito dinheiro ou posso me sentir encorajado para administrar minhas finanças sabiamente, mantendo-me longe de desperdícios.
Hoje eu posso reclamar sobre minha saúde ou posso dar graças a Deus por estar vivo.
Hoje eu posso me queixar dos meus pais por não terem me dado tudo que eu queria quando estava crescendo, ou posso ser grato a eles por terem permitido que eu nascesse.
Hoje eu posso lamentar decepções com amigos ou posso observar oportunidades de ter novas amizades.
Hoje eu posso reclamar por ter que trabalhar ou posso vibrar de alegria por ter um trabalho que me põe ativo.
Hoje eu posso choramingar por ter que ir à escola ou abrir minha mente com entusiasmo para novos conhecimentos.
Hoje eu posso sentir tédio com trabalho doméstico ou posso agradecer a Deus por ter dado-me a bênção de um teto que abriga meus pertences, meu corpo e minha alma.
Hoje eu posso olhar para o dia de ontem e lamentar as coisas que não saíram como eu planejei ou posso alegrar-me por ter o dia de hoje para recomeçar.
O dia de hoje está à minha frente esperando para ser o que eu quiser.
E aqui estou eu, o escultor que pode dar-lhe forma.
Depende de mim como será o dia de hoje diante de tudo que encontrarei.
A escolha está em minhas mãos:
Hoje eu posso enxergar minha vida vazia ou posso alegremente receber o Milagre de Um Novo Dia !

"Mark estava voltando para casa, vindo da escola, um dia, quando ele percebeu que o garoto andando na frente dele tinha tropeçado e deixado cair todos os livros que ele estava carregando, uma luva de baseball, e um pequeno walkman.

Mark ajoelhou-se e ajudou o garoto a pegar os seus objetos que estavam esparramados pelo chão. Já que eles estavam indo na mesma direção, Mark ajudou a carregar um pouco dos objetos. Enquanto eles caminhavam, Mark descobriu que o nome do garoto era Bill, que ele adorava vídeo game, baseball e história, que ele estava tendo muita dificuldade com as outras matérias, e que ele tinha acabado de terminar com sua namorada. Eles chegaram a casa de Bill primeiro e Mark foi convidado a entrar para tomar uma coca-cola e assistir um pouco de televisão.

A tarde passou agradavelmente com algumas risadas e um papo de vez em quando, até que Mark decidiu ir para casa. Eles continuaram a se encontrar na escola, almoçavam juntos de vez em quando, até que ambos se formaram do primeiro colegial. Eles ficaram na mesma escola, onde eles continuaram amigos ao passar dos anos. Finalmente, o tão esperado ano do terceiro colegial chegou, e três semanas antes da formatura, Bill pediu para Mark se eles poderiam conversar um pouco.

Bill lembrou Mark do dia, anos atrás, quando eles se conheceram:

- "Você nunca se perguntou porque eu estava carregando tantas coisas para a minha casa naquela dia?" - Bill perguntou. -"Eu estava limpando o meu armário na escola porque eu não queria deixá-lo uma bagunça para a próxima pessoa que o fosse usar. Naquele dia, eu tinha escondido alguns dos calmantes da minha mãe e estava indo para minha casa para cometer suicídio. Mas depois de termos passado aquele dia juntos, conversando e rindo, eu percebi que se eu tivesse me matado, eu teria perdido aquele momento e tantos outros que estariam por vir. Então, você está vendo Mark, que quando você me ajudou a pegar aqueles livros do chão aquele dia, você fez muito mais do que somente me ajudar. Você salvou a minha vida..."

Cada pequeno "olá", cada pequeno sorriso, cada pequena ajuda, é capaz de salvar um coração machucado!

Uma das músicas mais bonitas da MPB é aquela composta pelo Nelson Motta e cantada pelo Lulu Santos, que diz que na vida tudo passa, tudo sempre passará, como uma onda no mar. Linda. Mas é mentira.
A garota está sofrendo o diabo porque brigou com o namorado e a mãe consola com a frase de sempre: vai passar. O garoto levou bomba no vestibular e o melhor amigo diz: na próxima vez você passa. Analisando superficialmente, é verdade, todas as nossas dores, um dia, cessam. Para dar lugar a novas dores. Tudo passa? Nada passa!
É isso que ninguém tem coragem de nos dizer. A dor da perda, a dor de fracassar, a dor de não corresponder a uma expectativa, a dor de uma saudade, a dor de não saber como agir, de estar perdida, instável, de ter dúvidas na hora de fazer uma escolha, todas estas dores, que parecem pequenas para quem está de fora, nos acompanharão até o fim dos nossos dias. Elas não passam. Elas ficam. Elas aninham-se dentro da gente, o que não deve servir de motivo para pularmos de uma ponte. Mario Quintana escreveu que nós somos o que temos e o que sofremos. Sem dor, sem vida interior.
Não passam as dores, também não passam as alegrias. Tudo o que nos fez feliz ou infeliz serve para montar o quebra-cabeças da nossa vida, um quebra-cabeças de 100.000 peças.
Aquela noite que você não conseguiu parar de chorar, aquele dia que você ficou caminhando sem saber para onde ir, aquele beijo cinematográfico que você recebeu, aquela visita surpresa que ela lhe fez, o parto do seu filho, a bronca do seu pai, aquela festa para a qual você não foi convidada, o acidente que lhe deixou cicatrizes, tudo isso vai, aos pouquinhos, formando quem você é.
Não há nenhuma peça que não se encaixe. Todas são aproveitáveis. Como são muitas, você pode esquecer de algumas, e a isso chamamos de "passou". Não passou. Está lá dentro, meio perdida, mas quando menos você esperar, ela vai ser necessária para você completar o jogo e se enxergar por inteiro.

Tomara que hoje seja assim:
Que o dia amanheça bonito. Nem quente, nem frio.
Que a condução venha logo e, quando vier, que sobre um lugar pra você sentar.
Tomara que, dessa vez, o mês caiba no seu salário.
Tomara que o telefone toque com uma notícia feliz.
Tomara que a prova seja fácil.
Que o trânsito esteja livre.
Que o prato do dia seja o seu predileto.
Tomara que você reveja o seu melhor amigo.
Tomara que aquela música linda de doer toque dentro do elevador.
Tomara que alguém lembre de lhe dar os parabéns... E que, assim, do nada, lhe tirem para dançar.
Tomara que você ganhe um beijo.
Que ganhe um elogio. E que seja sorteado.
Tomara que o sapato não aperte. E que aquela velha calça lhe sirva outra vez.
Tomara que você tenha um acesso de riso, por causa de uma piada.
Tomara que os seus sonhos continuem grandes... E que sejam muitos.
Mas que você tenha, todos os dias, um pouquinho de cada coisa.

É impossível viver a plenitude da alegria, ou mesmo gozar a eternidade do momento, se você não se fixar no instante que está vivendo. É como uma prova de matemática, se você não se concentrar vai ter que ler e reler diversas vezes o problema, e, pior, não vai conseguir fazer...
Já notou que gravamos as piores coisas que nos acontecem, levamos anos e anos para perdoar alguém, demoramos uma eternidade para esquecer o que doeu, o relacionamento que não deu certo, o emprego frustrado, o amigo que não fez o que esperávamos, tudo que é ruim fica com ares de eternidade!
Já as alegrias, aqueles momentos gostosos da vida, são apagados pelos dias que se sucedem, no máximo viram uma foto na sala. O que comemos na última ceia de Natal? O que vestimos naquele encontro tão especial? Quando foi a sua última gargalhada?
Jogue fora tudo que não lhe traz contentamento, encha-se de esperança, de novos e belos sonhos. E nesse dia que começa com sol ou com chuva, é na verdade, um convite para despertar, vestir a sua melhor roupa, estampar um sorriso, esquecer velhas mágoas e renovar-se.
Você é o sol e o dia é a praia, a sua vontade de ser feliz é o mar, que passa na areia das mágoas, levando embora dores e recordações, trazendo tudo novo: amor, vida e esperança, pra você recomeçar, para um novo tempo: em você, por você e pra você!
Eu acredito em você!

Um ano depois lembro dos seus olhos iluminados fixando os meus, enquanto dizíamos o 'sim'. E um ano depois, olhando nesses mesmos olhos, vejo ainda mais amor e toda minha felicidade concentrada em uma só alma. Feliz aniversário de casamento, amor!

Você é o melhor marido, melhor amigo, melhor companheiro, e eu a mais afortunada das mulheres. Você me faz feliz e em cada dia desse ano que compartilhamos juntos, você me fez sentir amada, respeitada e admirada.

Apenas desejo que você seja tão feliz quanto eu, todos os dias das nossas vidas, e que estas bodas de papel se transformem um dia em bodas de ouro, no mínimo. Te amo!

Hoje passei todo o dia pensando em você
Seu toque suave, suas mãos macias acariciando meu corpo, me dando prazer.
E eu, no mais puro êxtase, me encontro parada, perdida no seu olhar.
Tento esquecer, mas lembro dos momentos gostosos que passamos juntos, e no dia em que coisas realmente interessantes têm de acontecer.
Você sobrevive em minha vida porque fazes parte do meu sonho, do meu pensamento.
Queria acordar todos os dias e te enxergar ao meu lado, amigo ou amante, deliciosamente ao teu lado e poder te dizer o quanto é maravilhoso te amar; embora só em pensamento; e como é gostoso te sentir.
Sentir tua respiração em sincronia com a minha e nosso débito cardíaco liberando a mesma quantidade de sangue pulsando forte no seu corpo, e os nossos hormônios loucos;, em total euforia, liberando adrenalina suficiente para deixar um corpo paralisado, completamente extasiado, de prazer.

A felicidade é um susto. Chega na calada da noite, na fala do dia, no improviso das horas. Chega sem chegar, insinua mais que propõe... Felicidade é animal arisco. Tem que ser admirada à distância porque não aceita a jaula que preparamos para ela. Vê-la solta e livre no campo, correndo com sua velocidade tão elegante é uma sublime forma de possuí-la.
Felicidade é chuva que cai na madrugada, quando dormimos. O que vemos é a terra agradecida, pronta para fecundar o que nela está sepultado, aguardando a hora da ressurreição.
Felicidade é coisa que não tem nome. É silêncio que perpassa os dias tornando-os mais belos e falantes. Felicidade é carinho de mãe em situação de desespero. É olhar de amigo em horas de abandono. É fala calmante em instantes de desconsolo.
Felicidade é palavra pouca que diz muito. É frase dita na hora certa e que vale por livros inteiros. Eu busco a frase de cada dia, o poema que me espera na esquina, o recado de Deus escrito na minha geladeira... Eu vivo assim... Sem doma, sem dona, sem porteiras, porque a felicidade é meu destino de honra, meu brasão e minha bandeira. Eu quero a felicidade de toda hora. Não quero o rancor, não quero o alarde dos artifícios das palavras comuns, nem tampouco o amor que deseja aprisionar meu sonho em suas gaiolas tão mesquinhas.
O que quero é o olhar de Jesus refletido no olhar de quem amo. Isso sim é felicidade sem medidas. O café quente na tarde fria, a conversa tão cheia de humor, o choro vez em quando.
Felicidades pequenas... O olhar da criança que me acompanha do colo da mãe, e que depois, à distância, sorri segura, porque sabe que eu não a levarei de seu lugar preferido.
A felicidade é coisa sem jeito, mas com ela eu me ajeito. Não forço para que seja como quero, apenas acolho sua chegada, quando menos espero. E então sorrio, como quem sabe, que quando ela chega, o melhor é não dispersar as forças... E aí sou feliz por inteiro na pequena parte que me cabe.
O que hoje você tem diante dos olhos? Merece um sorriso? Não pense duas vezes...

Na natureza, existe um minério que, por parecer minério de ouro, é conhecido como ouro de tolo. Trata-se da "pirita" (FeS2). O ouro real é mais denso, mais mole, maleável e sem estrias. E muita gente já morreu e até se matou pela pirita, acreditando que estava diante de uma mina de ouro.
Pois eu lhe digo com certeza: tem muita gente encontrando pirita todos os dias acreditando que é ouro, e jogam fora seus bens, e só dão valor para o que tem, quando perdem, quando descobrem que trocaram ouro por pirita, tinham muito e achava que não tinham nada...
Casamentos são desfeitos, relacionamentos terminam do nada, sociedades desfeitas, famílias arruinadas, amigos que não se falam mais, gente doente, pelo encantamento que o brilho da "pirita" tem... Tudo por acreditar no "ouro de tolo" das ilusões, dos desejos passageiros da carne, dos sonhos ilusórios da posse, dos bens materiais que perecem...
Até um dia em que a Vida. sábia professora, vem e tira a venda dos nossos olhos, e enxergamos a realidade nua e crua: trocamos o certo pelo duvidoso, a felicidade estava ali na nossa mão, e jogamos fora, desprezamos a paz, criamos o nosso inferno pessoal, e como tudo tem um preço, o arrependimento é a moeda que carregamos.
Se você acredita que a sua vida está ruim, se você até pensou em suicídio, ou não quer nem levantar da cama, achando que tudo acabou, vá lá fora e veja o sol brilhando, ou a chuva caindo e renovando o dia, claro sinal de que a vida continua, que você pode e deve reconstruir-se, dar a si mesmo uma nova oportunidade, com uma grande vantagem: agora você já sabe o que é ouro e o que é pirita. Valorize a vida e tudo o que você tem, esse é o grande tesouro conquistado!

Há muito tempo, não muito longe daqui, havia um reino muito engraçado. Todas as coisas eram separadas pela cor. As borboletas brancas só visitavam o canteiro branco. As borboletas azuis só visitavam o canteiro azul.
Neste reino viviam Julieta e Romeu.
Julieta era uma borboleta amarela do canteiro amarelo e Romeu uma borboleta azul do canteiro azul. Seus pais sempre avisavam para que não passeassem em canteiros de outra cor.
Um dia, na primavera, Ventinho convidou Romeu para dar um passeio no canteiro amarelo. Chegando lá, ventinho apresentou Romeu a Julieta e os dois logo ficaram amigos.
Romeu e Julieta começaram a brincar e saíram para conhecer melhor o reino. Ficaram encantados com tudo o que viram e acabaram entrando na floresta. Quando a noite chegou, Romeu e Julieta não conseguiram encontrar o caminho de volta.
Enquanto isso, lá no canteiro amarelo, a mãe de Julieta estava desesperada, e lá no canteiro azul, o pai de Romeu estava preocupadíssimo.
Eles não sabiam o que fazer para encontrar os filhos, até que a Dona borboleta amarela tomou coragem e foi falar com a Dona borboleta azul, falaram com o senhor Vento e todas as borboletas saíram de canteiro em canteiro procurando o Romeu e a Julieta.
Quando amanheceu o dia, o céu estava cheio de cores. Todos se misturaram para ajudar. Quando Romeu e Julieta viram seus pais, ficaram felizes em poder voltar para casa.
E quando chegou de novo a primavera tudo estava diferente naquele reino. Os canteiros tinham todas as cores misturadas. Margaridas, cravos, dálias, miosótis, rosas, cresciam juntas, misturadas.
E juntas brincavam as borboletas.
Nada diferente de nós quando vivemos sem preconceitos, e todos os dias são primavera em nossa vida. Porque amamos nosso semelhante independente da sua cor. Vale seu coração e alegria de estarmos juntos em paz.

Os sinais de que você já não está mais na faculdade acontecem quando:
Fazer sexo em cama de solteiro é um absurdo. Há mais comida do que cerveja na sua geladeira. 6:00 da manhã é quando você acorda e não quando vai dormir. Você escuta a sua música favorita num elevador. Você carrega um guarda-chuva e dá a maior importância para a previsão do tempo. Seus amigos se casam e se divorciam ao invés de ficarem e terminarem. Suas férias caem de 130 para 15 dias por ano. Calça jeans e camiseta não são mais considerados vestimenta. É você que chama a polícia porque a molecada do vizinho não sabe como abaixar o som. Você não sabe mais que horas os auto-lanches fecham. Dormir no sofá te dá uma puta dor nas costas. Você não tira mais aquele cochilo do meio-dia até as 6 da tarde durante a semana. Você vai na farmácia comprar remédio para dor de cabeça e anti-ácidos ao invés de pílulas do dia seguinte e testes de gravidez. Você come as comidas do café da manhã na hora do café da manhã. Em mais de 90% do tempo em que você passa em frente de um computador você está tralhando de verdade. Você não bebe mais sozinho em casa antes de sair para economizar dinheiro antes da noitada. E o mais importante... Você lê esta mensagem e fica procurando algum sinal que não se aplica a você.

Meu aniversário chegou, completo mais um ano de vida, e mais alegria eu não podia estar sentindo. Mas não me sinto feliz apenas por fazer aniversário, e sim pelo que isso significa.

Vivi mais um ano, hoje mais um dia, e pela graça de Deus possuo a dádiva de viver e de compartilhar essa bênção com aqueles que tanto amo. Obrigada meu bom Deus!

Obrigada pelo presente da vida, pela oportunidade de a cada dia me levantar da cama e buscar minha felicidade. Obrigada pelos sorrisos que colocas em meu rosto, e pelas lágrimas que por ele escorrem às vezes. Obrigada por meus amigos e minha família. Obrigada pelas vitórias e pelas dificuldades que me fazem aprender e crescer.

Viver é maravilhoso, uns dias sorrimos mais, outros menos, mas em todos eles podemos experimentar coisas novas e agradecer pela dádiva de a tudo isso ter acesso. Obrigada, meu Deus, obrigada pela vida que me deste!

Eu não me importo se você lamber janelas, jogar pedra em avião, ou querer bater prego com a testa, às vezes, eu também cometo umas loucuras... Mas lembre-se, todos os sessenta segundos que você gasta irritado, perturbado ou louco, é um minuto de felicidade que nunca mais vai voltar! Pare, liberte-se das energias negativas, escute uma boa música e dance!
A minha mensagem da Semana para você é:
A vida é curta, quebre as regras, se apaixone, beije demoradamente, ame verdadeiramente, ria incontrolavelmente, e nunca deixe de sorrir, por mais estranho
pequeno que seja o motivo.
A vida não pode ser a festa que esperávamos todos os dias, mas enquanto estamos aqui, devemos procurar dançar sempre que der...
Se formos esperar somente aqueles momentos mágicos, grandiosos e super raros, desperdiçaremos a capacidade de nos alegrarmos com as pequenas coisas do dia-a-dia, a felicidade parecerá algo distante e raro.
Agora se quiser, faça como eu... Encaminhe a todos os amigos que você tem.
Eles vão gostar de ser lembrados!

Quando temos pessoas tão maravilhosas para compartilhar nossas vidas, tudo é mais belo e alegre, e eu tenho os melhores amigos e os melhores familiares que o mundo já conheceu.

A todos e a cada um eu quero agradecer por terem feito do meu dia de aniversário um dia super especial! Graças a todos vocês fazer aniversário se tornou em uma experiência única.

Todos vocês são pérolas do meu tesouro e fazem com que eu me sinta especial todos os dias da minha vida. No meu aniversário todos contribuíram para que meu coração se sentisse a cada segundo rodeado de amor e carinho.

Agradeço pela lembrança, pelas homenagens e palavras de carinho, e agradeço pelo amor e amizade que todos me dedicam. Amo todos vocês!

Amor!
Hoje é um dia muito especial para mim. Um dia que vem se repetindo há algum tempo. É o nosso dia, um dia que me faz lembrar ainda mais, do quanto eu te amo, do quanto o teu amor é importante para mim, e o quanto você me faz feliz!
Parabéns para nós meu amor! Durante todo este tempo, entre as pequenas brigas e os carinhos, nos momentos que mais precisei; descobri em você um companheiro, amigo e amante acima de tudo. Por isso, hoje venho te agradecer, por tudo o que você faz por mim.
Feliz Dia dos Namorados!

Eu hoje quero te desejar toda felicidade do mundo, e dizer o quanto és amado.
Sim, o dia do seu aniversário é um lindo dia a ser lembrado, como amigo e irmão eu quero parabenizá-lo por este dia.
E mais que isso, quero dizer o quanto eu me sinto importante por fazer parte da sua vida.
Quero celebrar com você os sonhos, as fantasias e as tristezas do dia-a-dia. Quero também que todos os seus sonhos se tornem reais e possíveis.
Que a sua caminhada seja de muita luz, que o amor seja o adubo de sua vida e que a felicidade reine sempre no seu coração.
Que Deus o proteja e abençoe sempre. Que o sorriso e a fraternidade sejam um elo de amor em sua jornada, edificando seus passos e os tornando visíveis e alcançáveis.
Parabéns meu irmão.
Um forte abraço!

Se você já acordou com o sol, deve ter percebido como é lindo o nascer de mais um dia, o raiar da aurora ao espectro dos raios solares, formam matizes deslumbrantes, que aos poucos vão dissipando a escuridão da noite e enxugando o sereno na relva dos prados e o calor do sol que brilha, faz esquecer o frio da madrugada, o horizonte se distancia porque tudo é dia perfeito, as flores desabrocham para perfumar a brisa que suavemente toca o seu rosto, os pássaros, sobrevoam o azul do céu em perfeita sintonia com a natureza, eis assim o nascer de mais um dia.
O espetáculo maravilhoso que nos é dado, pois somos parte dessa maravilhosa criação divina, aquele bom dia, aquele abraço matinal e o sorriso sincero, o estender da mão ao amigo que passa ao irmão que necessita o saber falar e ouvir, com licença, me desculpe, perdão e o gesto afetivo, nos faz irradiar a luz com a mesma intensidade do sol que nos despertou pela manhã, o nosso coração pulsa numa suave sinfonia, ao compasso de uma só nota, o Amor.
E assim, quando aprendemos a imitar o sol, ao crepúsculo vespertino de mais um dia, saberemos dar lugar a tantas estrelas que irão brilhar e ainda darmos um pouco de nossa luz, para uma linda noite de luar.

A cada dia, cada instante,
Deus nos dá uma graça.
Mas não vemos assim,
pois o que nos chega naturalmente,
recebemos como se nos fosse devido.

A vida nos é devida, o ar nos é devido, a saúde nos é devida, o emprego nos é devido... e quando deixamos de ter, ou temos menos, reclamamos. Mas não nos lamentamos só quando perdemos tudo, uma coisinha nos basta.

Quer dizer, se uma coisa nos falta,
todas as outras que ficaram deixam de ter importância.
Isso é prova de nossa ingratidão ao Deus-Pai.

Deus nos dá presentinhos diários:
uma refeição, um sorriso, um dia a mais de trabalho, alguma coisa que alguém nos disse e que precisávamos ouvir, um sorriso num momento de fraqueza, um encontro inesperado, um dia a mais com as pessoas que amamos, a saúde ou a força para resistir a uma dificuldade... e outras ainda que, de tão natural, nem percebemos.

Você acha mesmo que não recebe nada?
Você anda, fala, canta, ri, respira, tem um teto, um agasalho, pão, amigos, chuva, sol, noite pra descansar, dia pra aproveitar...

Coisas negativas nunca devem anular as positivas.
A luz é mais forte que a escuridão. Entramos em uma sala escura com uma vela acesa e tudo o que está no lugar fica mais visível. Isso é o poder da luz.

Traga então, cada dia, sua velinha acesa nas mãos.
Essa velinha é o maior presente que Deus te dá pra clarear sua vida, sua visão do mundo. Quando algo negativo acontecer, estenda a mão e veja mais claro tudo o que está a sua volta.

E quando algo bom chegar pra você, é sua a luz que vai ficar ainda mais forte e mais brilhante. Guarde, carinhosamente, esse instante! Seja agradecido! Não espere grandes ocasiões ou grandes milagres para dizer "obrigado, Senhor."

Deixando de apreciar as gotas de bênçãos, perdemos muito do poder que elas têm nas nossas vidas; olhando para elas com olhos sempre novos, outras janelas se abrem e percebemos que a vida é um poço de oportunidades.

Deixem-me contar-lhes uma parábola.
Vocês conhecem aquelas casas de madeira, de tábuas largas, com fendas e gretas pelas quais costumam cair, debaixo do assoalho um espelhinho, um pente, uma moeda, um botão, uma miçanga, mil coisas assim, que ficam lá embaixo, na escuridão.
Os meninos antigos gostavam de deitar-se no chão e ficar olhando pelas gretas o velho porão escuro.
Quando um raio de sol penetra lá embaixo, brilham coisas esquecidas e perdidas, pequenas ninharias que se acumulam anos a fio.
Mas se um dia caísse uma joia, então dava-se a descida ao mundo maravilhoso do "debaixo do assoalho".
Os meninos entravam e era uma festa para os olhos e para o coração: centenas de coisinhas perdidas e reencontradas: – Aquela bolinha de vidro de cor. – Aquele alfinete dourado. – Oh!, aquela pedrinha que brilha!
Eram mil surpresas escondidas, acumuladas, perdidas anos a fio e que a casualidade de uma joia caída fizera redescobrir.
Pois bem amigos, a vida de família é como o fundo do assoalho, com mil pequenas alegrias e carinhos, com mil momentos de ternura, que vão caindo pelas gretas do tempo e do dia, e se vão esquecendo no fundo da vida.
A gente costuma perder esta beleza toda pelo cansaço, pelo hábito, onde as pequenas atenções, o dizer bom dia, boa noite, onde o carinho pelos pais, pelos irmãos, pelos filhos, tornam-se miçangas caídas nas gretas da vida...
Mas um dia como esse pode ser uma ocasião de choque, de lembranças mais vivas do que foram as coisas.
Talvez seja o dia de tirar as tábuas do assoalho, do redescobrir com alegria as pequenas coisas indispensáveis para o tempo de amor, da vida em família...

Você apareceu do nada, Encheu meus dias de alegria, E me deu de volta a vida, A alegria de viver!
Você foi a lágrima que com o lenço enxuguei, Você foi o bilhete que na despedida lhe entreguei, Você foi a marca que ali deixei, Você foi a saudades que carreguei, Você foi mais que esperei!
Mas hoje você está aqui
E a cada dia me orgulho mais e mais de dizer, Que sem você, meu amigo, é impossível viver!

Hoje é dia de revelar o nome de um amigo que já anima a minha vida faz tempo. É alguém muito especial, alguém que me faz feliz apenas por existir. Acredito que se o destino não tivesse nos unido, minha vida seria bem menos divertida.

Agora vamos às dicas. Sua presença cativa todo mundo, seu sorriso é contagiante e seu profissionalismo nem se fala! Imagino que com tantas qualidades reveladas, alguém até já deve ter adivinhado, mas depois lembrei que aqui todos são muito especiais e cheios de qualidades também.

Chega de suspense! Eu sei que essa pessoa gosta mesmo muito de mim, sempre me apoiou e deu carinho, demonstrando todos os dias que é alguém que posso contar para tudo. E agora, já sabem quem é?