Mensagens de Felicidade

Se tudo na vida é relativo, relativa também é a ideia que cada um faz da felicidade.
Para uns, felicidade é dinheiro no bolso, cerveja na geladeira, roupa nova no armário.
Para outros a felicidade representa o sucesso, a carreira brilhante, o simples fato de se achar importante ainda que na verdade as coisas não sejam bem assim.
Para outros tantos, ser feliz é conhecer o mundo, ter um conhecimento profundo das coisas da Terra e do ar.
Mas para mim, ser feliz é diferente.
Ser feliz é ser gente, é ter vida. Que como dizia o poeta: "É bonita, é bonita, é bonita..."
Felicidade é a família reunida, é viver sem chegada, sem partida. É sonhar, chorar... Sorrir.
Felicidade é viver cercado de amor. É plantar amizades, é o calor do abraço daquele amigo que mesmo distante, lembrou de dizer: "alô".
Ser feliz, é acordar às cinco da matina, depois de ter ido dormir às três da madrugada, com sono pra lá de cansado, só pra dar uma pontinha da cama, para o filho dormir.
Ser feliz é ver todo dia um sorriso de criança.
É música, dança, paz e o prazer de descobrir que a cada dia a vida inicia, novamente, a cada amanhecer.
Ser feliz é ter violetas na janela, é chá de maçã com canela, é pipoca na panela e um CD bem mela mela para esquentar o coração.
Ser feliz é curtir sol radiante, frio aconchegante, chuvinha ou temporal.
Ser feliz é enxergar o outro e sabe lá quantos outros cruzam nossa estrada.
Ser feliz é fazer da vida uma grande aventura, a maior loucura, um enorme prazer.

Corremos de um lado para o outro esperando descobrir a chave da felicidade. Esperamos que tudo que nos preocupa se resolva num passe de mágica. Achamos que a vida seria tão diferente, se pelo menos fôssemos felizes.
E, assim, uns fogem de casa para serem felizes e outros voltam para casa para serem felizes. Uns se casam para serem felizes e outros se divorciam para serem felizes. Uns fazem viagens caríssimas para serem felizes e outros trabalham além do normal para serem felizes.
Uma busca infinda. Anos desperdiçados. Nunca a lua está ao alcance da mão, nunca o fruto está maduro, nunca o vinho está no ponto. Nunca estamos satisfeitos.
Mas, há uma forma melhor de viver! A partir do momento em que decidimos ser felizes, nossa busca da felicidade chegou ao fim. É que percebemos que a felicidade não está na riqueza material, na casa nova, no carro novo, naquela carreira, naquela pessoa. E jamais está à venda.
Quando não conseguimos achar satisfação dentro de nós mesmos, é inútil procurar em outra parte. Sempre que dependemos de coisas fora de nós para ter alegria, estamos fadados à decepção.
A felicidade não tem nada a ver com conseguir. Consiste em satisfazer-nos com o que temos e com o que não temos.
Poucas coisas são necessárias para fazer feliz o homem sábio, ao mesmo tempo em que nenhuma fortuna satisfaria um inconformado. As necessidades de cada um de nós são poucas.
Enquanto nós tivermos alguma coisa a fazer, alguém a amar, alguma coisa a esperar e um Deus pra acreditar, seremos felizes.
Saiba: a única fonte de felicidade está dentro de você, e deve ser repartida. Repartir suas alegrias é como espalhar perfumes sobre os outros: sempre algumas gotas acabam caindo sobre você mesmo.
Na incerteza do amanhã, aproveite o hoje para ser feliz.

Havia uma garotinha que gostava de passear pelos jardins, quando um dia vê uma borboleta espetada em um espinho.
Muito cuidadosamente ela a solta e a borboleta começa a voar para longe. De repente ela volta e lhe diz:
– Por sua bondade, vou conceder-lhe seu maior desejo.
A garotinha pensou por um momento e replicou:
– Quero ser feliz.
A borboleta inclinou-se até ela e sussurrou algo em seu ouvido e desapareceu subitamente. A garota crescia e ninguém na terra era mais feliz do que ela. Sempre que alguém lhe perguntava sobre o segredo de sua felicidade, ela somente sorria e respondia:
– Soltei a borboleta e ela me fez ser feliz.
Quando ela ficou bem velha, os vizinhos temeram que o seu segredo fabuloso pudesse morrer com ela.
– Diga-nos, por favor – eles imploravam – diga-nos o que a fada disse.
A agora amável velhinha simplesmente sorriu e disse:
– Ela me disse que todas as pessoas, por mais seguras que pudessem parecer, precisavam de mim! Na verdade... Nós todos precisamos uns dos outros, eu por exemplo preciso de você... Do seu carinho e da sua amizade. Não se esqueça: amizade é sempre querer a pessoa que ama ao seu lado. Amizade não é ocasional, interessada ou pretensiosa. Amizade é para ser constante e para sempre como o amor de Deus é para nós.
Quando você ajuda alguém, por mais pequeno que seja, você está liberando felicidade para sua vida. Felicidade implica em ajudar o próximo, se doar. Se você ainda só quer receber, a tal felicidade nunca lhe baterá a porta.

Nós humanos somos seres estranhos.
Nunca estamos felizes com nada.
Vivemos sempre buscando algo que não temos, e o que temos já não nos importa.
Algo como: a felicidade está em um patamar acima do nosso e estamos sempre a buscá-la.
Enfim, por mais que tenhamos bens, saúde, uma família, sempre falta algo.
Que seja algo distante, que seja impossível, pois será isso que iremos desejar, ainda que o que precisamos, de fato, esteja ao alcance de nossas mãos.
Carros, casas, bens, dinheiro, dinheiro. Seria essa a definição ideal de felicidade? Não sei, a resposta não é tão simples.
Talvez a felicidade não se resuma nessas coisas, em bens matérias, embora estas coisas ajudem muito.
Talvez, as coisas mais valiosas que temos, por mais démodé que seja, são amores.
Não amores carnais apenas, paixões, mas sim amores, amores pelo simples viver, do amanhecer de um dia, de uma vida envolta de prazeres simplórios, e que não são necessariamente relacionados a dinheiro.
Tá, reconheço que isso é filosófico demais, mas é realidade.
Afinal, a vida deve ser encarada como um simplicidade impressionante, porque a vida é mesmo complexa.
Mas é difícil ver simplicidade na vida, porque, aliás, a felicidade é, além de tudo, complexa.
Quando criança, eu queria ser adulto, mas por que cargas d'água hoje eu gostaria de ser criança? Por que sentimos falta daquilo que tivemos, e que sempre desejamos descartar?
Afinal, o que te faz feliz? O que nos faz feliz? O que é ser feliz? Talvez seja a esperança de saber que o amanhã poderá ser melhor, e é por isso que batalhamos hoje.
É, talvez ser feliz seja isso: viver o que temos pra viver da maneira que podemos.