Mensagens de Bom Dia

Precisei meditar durante todo esse ano mentalizando pensamentos bons de natureza simples e com muita sinceridade, na verdade venho pensando numa maneira de poder expressar todos os meus sentimentos de forma sincera, voraz ou seria intensa...
Sei que durante 365 dias intensos de vida no qual vivi, senti muitas emoções. Amei e fui amado... Adorei e fui adorado... Conquistei e fui conquistado... Conheci o desconhecido, refleti sobre muitos enigmas e paradigmas... Sorri muito, mas chorei o bastante... Fiz apenas o bem sem olhar a quem... Tentei ser justo para coibir injustiças... Contemplei a natureza com mais vidas...
Acredito eu, que fiz um pouquinho de várias coisas que são importantes e fundamentais pra se viver de maneira digna, quebrando assim a visão medíocre e machista de alguns. Sou homem e me sinto muito mais homem quando mostro e demonstro respeito por tudo e todos, posso não ser perfeito, pois a perfeição humana é algo inusitado, mas tento melhorar a cada dia e com os meus erros aprendi a me reinventar pois em cada queda eu me erguerei.
Não quero ser reconhecido pelo que tentei passar ou aplaudido por expressar meu balanço de vida nessas linhas, quero apenas não me fazer esquecer pelas pessoas importantes em minha vida na qual dedico esses pensamentos...
Quero apenas imortalizar esse simples texto no pensamento de tantos quantos o lerem, assim estarei feliz porque o dia de amanhã e simplesmente o desconhecido, e o agora é tudo... Obrigado por me acompanharem nessa batalha de consciência, acredito eu que fiz as melhores escolhas de 2010 e em 2011 vou explorar ainda mais as minhas virtudes, meus conhecimentos, minha alegria e minha paz de espírito em pró de todos, é com os mais sinceros votos de amor, sinceridade e alegria, que termino o ultimo pensamento de 2010 com duas palavras básicas ?AMOR? e ?VIDA?.
Desejo a você um FELIZ NATAL e um 2011 repleto de esperança de dias melhores, saúde, paz e amor.

Muitos passam os mês dezembro fazendo compras, embrulhando presentes, decorando árvores de Natal e preparando-se para as festas e feriados, mas não se preparam para um Natal transformador, nem estão livres para experimentar seu significado real em todas as áreas da vida.

Minha preocupação maior é que o Natal não faça diferença alguma em nossa vida, que voltemos à mesma antiga rotina, às mesmas pessoas que éramos antes de tudo haver começado.

É possível festejar a estação e perder o Natal!

Imagine uma época em que você abriu todos os presentes, menos os de determinada pessoa. Sinta a mágoa dessa rejeição. Olhe para a situação da perspectiva divina. O que você acha que Ele deseja lhe dar?

Imagine-o esperando que você desembrulhe o seu presente.

Lembro-me que quando eu era criança, minha ansiedade nos dias que antecediam o Natal ia aumentando com cada presente que eu via marcado com a etiqueta "não abra antes do Natal"!

Quando eu pensava que ninguém estava vendo eu me arrastava para debaixo da árvore, apertava chacoalhava os presentes, tentando adivinhar se o que estava envolto por aquele papel era o meu desejado presente.

Então, na véspera de Natal, eu ia para a cama e sonhava com o que certamente encontraria na manhã seguinte, ao abrir os presentes. O presente que desejo partilhar com você nestes dias que culminam com o Natal traz inscrita uma observação bem diferente. Nele está escrito o seu nome. E diz: "Abrir em preparação para o Natal e para ser desfrutado durante o ano todo!" O verdadeiro Natal acontece de coração para coração.

O presente do coração de Deus é o oferecimento de Cristo a você e a mim. A coisa mais trágica que poderia acontecer é passarmos a época do Natal sem jamais abrir, nem aceitar as dádivas de amor, alegria, esperança e paz que fluem do coração divino em direção ao nosso! Cristo traz tudo isso para nossa vida. Você já "abriu" o presente de Deus para você? Cristo é o motivo do seu Natal?

Pensamento para o dia:

Quero ter um Natal especial este ano. Quero que a alegria e a paz de Cristo me acompanhem em cada dia da minha vida daqui por diante.

O imperador Charles V tentava assassinar John Brenz. Ao saber da trama, Brenz mal teve tempo de agarrar um pedaço de pão. Se escondeu no palheiro do vizinho por quatorze dias. O pão rapidamente se foi, mas uma galinha apareceu e colocou um ovo a cada dia durante os quatorze dias. Desta maneira, Brenz se manteve vivo. No décimo quinto dia, a galinha não apareceu, e o reformador ficou sem saber o que fazer. Mas de longe pode ouvir os gritos que lhe mostraram poder sair em liberdade.
John Craig foi detido durante a Inquisição. Na véspera de sua execução, Craig escapou, mas enquanto fugia ele ficou sem comida e dinheiro. Repentinamente um cão se aproximou com uma bolsa na boca. Craig tentou afastar o animal, mas ele persistiu em trazer a bolsa até Craig. Nela tinha dinheiro que foi o suficiente para levá-lo a liberdade.
Robert Bruce da Escócia fugia para salvar sua vida. Fugindo da perseguição, ele se enfiou numa pequena caverna e uma aranha imediatamente apareceu e teceu uma teia sobre a abertura de entrada. Os perseguidores de Bruce buscavam pela redondeza sabendo que ele estava próximo. Dois deles se aproximaram da caverna, e um deles começou a entrar.
O outro o interrompeu, dizendo "Ele nunca poderia ter entrado aí sem arrebentar essa teia". Bruce suspirou esta oração, "Ó Deus, eu lhe agradeço por, nas minúsculas entranhas de uma aranha, Você ter colocado um abrigo para mim".
Deus pode e usa coisas simples para nos prover e para nos proteger. Nós apenas precisamos usar os "olhos" certos para poder ver.