Mensagens de Amor

Se não era amor, era da mesma família. Pois sobrou o que sobra dos corações abandonados. A carência. A saudade. A mágoa. Um quase desespero, uma espécie de avião em queda que a gente sabe que vai se estabilizar, só não se sabe se vai ser antes ou depois de se chocar contra o solo. Eu bati a 200 km por hora e estou voltando á pé pra casa, avariada.
Eu sei, não precisa me dizer outra vez. Era uma diversão, uma paixonite, um jogo entre adultos.
Talvez este seja o ponto. Talvez eu não seja adulta o suficiente para brincar tão longe do meu pátio, do meu quarto, das minhas bonecas. Onde é que eu estava com a cabeça, de acreditar em contos de fada, de achar que a gente muda o que sente, e que bastaria apertar um botão que as luzes apagariam e eu voltaria a minha vida satisfatória, sem sequelas, sem registro de ocorrência? Eu não amei aquele cara.
Eu tenho certeza que não. Eu amei a mim mesma naquela verdade inventada. Não era amor, era uma sorte. Não era amor, era uma travessura. Não era amor, eram dois travesseiros. Não era amor, eram dois celulares desligados. Não era amor, era de tarde. Não era amor, era inverno. Não era amor, era sem medo.
Não era amor, era Melhor.

O amor não lembra do que precisa.
Amor é não precisar de nada.
É precisar do que acontece depois do nada, ainda que não aconteça.
O amor confunde para se chegar ao mistério.
Embaralha para não se ouvir.
Perde-se no próprio amor a capacidade de amar.
Amor é comer a fruta do chão.
O chão da fruta.
O amor queima os papéis, os compromissos, os telefones onde havia nomes.
O amor não se demora em versos, se demora no assobio do que poderia ser um verso.
O amor é uma amizade que não foi compreendida, uma lealdade que foi quebrada.
O amor é um desencontro por dentro.

Todos passeavam à procura de um pequeno e ingênuo menino chamado AMOR.
AMOR andava sempre pela cidade, sem se preocupar com os outros, com as pessoas que andavam ao seu lado ou a que horas voltaria para casa.
AMOR vivia escapando das responsabilidades, tirava muita gente do sério, porque queria sair e se divertir.
AMOR nunca andava sozinho, estava sempre bem acompanhado.
AMOR sempre foi muito simpático e encantador, falava com todos, mesmo não sabendo no que daria.
AMOR sempre reclamava que diziam que ele não prestava, ou que só fazia os outros sofrerem.
Existiam pessoas que nunca quiseram conhecer o coitadinho do AMOR.
AMOR sabia que nem sempre levava a alegria à todos, mas ela sabia que ele não era ruim.
AMOR se descrevia como aquele cara, mal interpretado que penetra e aniquila corações, um misto de anjo e monstro, de felicidade e sofrimento, que todos sabem que existe, mas que só alguns têm o privilégio de conhecê-lo.

Você já deve ter ouvido e
ou lido muitas vezes a frase: "Jesus Te Ama"! É uma frase tão usada, tão falada, tão escrita, tão divulgada... Mas você já parou para pensar no significado dessa frase? Tudo bem, você já sabe que Jesus ama você, não sabe? Sabe? Sabe mesmo? Por que Jesus ama você? Sabe?

Jesus amou você antes da fundação do mundo! Antes que você existisse, Jesus amou você. Ele amou sendo completamente Deus e completamente homem. Jesus ama tanto, que morreu por você! Ele não morreu por você sendo "Deus". Ele morreu por você sendo "homem". Ele viveu por você, Ele sofreu por você. Por amar você, quando você nem havia nascido. Ele te amou, Ele te ama!

Mas por que tudo isso? Por que tanto amor, por que tanto sofrimento, por que foi preciso que Jesus morresse por você?

Para você ter vida! Mas não essa sua vida que você vive. Mas para você ter vida eterna. Ele sofreu, o que era para eu e você termos sofrido em Seu lugar. Ele deu a vida d'Ele, para que você tenha vida!

Agora consegue entender por que Jesus ama você? Não, não há argumento, não há explicação, sempre vamos perguntar "mas por quê?" O amor de Jesus por você é um amor tão grande, mas tão grande, que a Bíblia - que é a Palavra de Deus - diz que esse amor excede todo entendimento.

Não tente entender o amor de Jesus por você! Apenas Viva esse amor! Quem mais amaria você dessa forma? Seus pais? Seu companheiro(a)? Você mesmo?
Ele - Jesus Cristo - ama muito mais! É Único em Amor, em Excelência e em Salvação!

No amor de Jesus há Salvação. Muitos outros podem até amar, mas nenhum outro pode Salvar você!

Vem cá... Algum outro morreu e ressuscitou? Jesus ama tanto a ponto de morrer por você, para Salvar você! Ele morreu por você, sim! Mas Ele ressuscitou. E hoje Ele Vive! E está pronto para receber você.

Entregue sua vida, seu coração, seus caminhos, seu amor, para Jesus. Faça sua vida valer a pena! Você vive para quê? Você veio de onde? Você vai para onde?

Deus lhe abençoe!

Falar de amor, meu amor.
Falar de amor é fácil pra quem não tem sentimento, ou pra quem não o tem reservado e guardado no peito especialmente para alguém.
Difícil é querer compreendê-lo.
E mais difícil ainda, é sentir a dor da sua ausência da noite para o dia dentro do coração e da alma.
Essa sensação de dor e tristeza é terrível.
Ela insulta os nossos olhos para atrair as lágrimas quando menos esperamos.
Ela provoca o silêncio dos nossos pensamentos, na intenção de nos levar ao encontro de uma profunda solidão quando estamos em casa ou em algum lugar à procura das respostas das nossas perguntas e da correção dos nossos erros.
Imaginar o amor e vive-lo, é completamente diferente.
Na imaginação, o amor é só fantasias e sonhos de que vamos encontrar a pessoa perfeita para amar e com felicidade plena.
Mas não é isso que acontece.
Na vida real é tudo o contrário da nossa imaginação ou dos nossos sonhos.
Nós conhecemos alguém...
Envolvemos-nos acreditando que é a pessoa certa para ser amada...
Confidenciamos nossos segredos crendo que ninguém mais vai saber, e, é aí que cometemos o primeiro erro de uma relação, de um amor.
Nós misturamos o amor com o desejo e o prazer de estar dividindo cada segundo de vida com a pessoa que escolhemos estar do nosso lado.
Essa mistura de amor, desejo e prazer, se transforma em sentimentos de dor, de mágoas, de sofrimento e vingança, quando perdemos a esperança de que vamos reconstruir a vida ao lado de quem amamos sem brigas, sem ciúmes, sem desavenças ou conflitos na vida real.
É assim que acredito ser o amor verdadeiro.

Antes que o seu relacionamento acabe, antes que o casamento vire um "caso de amigos", antes que o amor se transforme em lembranças, ligue para a pessoa amada e diga o quanto a ama, repare nas roupas que ela veste, beije-a mais vezes, leve pequenos presentes diários, uma bala ou um bombom, deixe recado no Orkut dela, mande um scrap apaixonado, cheio de boas e más intenções...
Relembre velhos códigos, aqueles toques, pequenos gestos ou palavras que só para vocês dois é que fazem algum sentido. O amor pede cumplicidade, e pode ser alimentado, mesmo na relação mais desgastada, mesmo depois de tantos anos juntos, o amor pode ser revivido, desde que haja sonhos em cada um...
Mas, se o amor acabou, se não há mais chama alguma, é fundamental que as lições, desse amor que não deu certo, sejam gravadas na alma, e sirvam de referência. Que cada um busque um novo amor, sem amarras, sem rancor, livres de verdade, pois o amor, para ser amor, para durar, tem que ter detalhes para marcar, para sempre recomeçar...
Não deixe de abraçar as pessoas que você ama, nem de renovar o seu amor a cada novo dia!

O amor não é uma desculpa. Você não pode justificar o ciúme com o amor. Sinto ciúme de você porque te amo demais. Eu já disse isso, mas hoje vejo diferente. Se eu amo demais, o problema é meu. Dizer que ama e quantificar o amor só serve para quem sente. Se eu tenho o maior amor do mundo, o mais puro e o que mais me faz feliz o problema é exclusivamente meu. Sabe porquê? Não importa o amor que eu sinto, não para o outro. Para o outro importa como eu demonstro, me comporto e vivo esse amor. O que adianta eu dizer que o meu amor é o mais puro de todos se eu não mostro isso? O amor não é uma palavra bonita. O maior problema do mundo, hoje, é esse. As pessoas acham que falar basta. Não, falar não basta. O amor não tem que ser dito, ele precisa ser sentido, senão ele não sobrevive.

Clarissa Corrêa

Eu achei que tivesse o seu amor.
Muitas vezes sonhei com você, construí em meus pensamentos
cenas do nosso amor, cenas onde nosso amor superaria tudo,
inclusive as nossas diferenças.
Eu sonhei demais, hoje com a minha realidade vejo quanto me feri
desejando coisas que ainda sim se encontraram distantes de mim,
mas que algum dia se tornaria a mais bela realidade.
Dizem que o amor supera tudo, todas as dores, todas as mágoas.
Eu não sei o que estou sentindo nesse exato momento.
Não sei se choro, se finjo estar forte, se grito seu nome,
se clamo pelo seu amor ou se me calo simplesmente.
Não desejo nunca a você que sinta o que eu estou sentindo.
Dói demais, saber que não me quer mais, que não me deseja,
que não pensa mais em mim, que não tem como meta o nosso amor.
Foi lindo o que vivemos, foram praticamente alguns anos,
pouco eu sei, pra mim foi como um conto de fadas.
Onde havia sim o meu príncipe, onde o amor reinava,
onde nossos olhares se olhavam até o por do sol.
Tive uma história tão bela, tanto quanto aquelas que já existem,
mas infelizmente o nosso final foi terminar separados.
O destino nos uniu, e ele mesmo nos separou.
Porque?
Porque teve que ser assim?
De uma forma tão brusca !!!
Peço um pouco de tranquilidade para o meu sofrimento,
peço paz ao meu coração, peço noites frias para as minhas lágrimas,
peço a Deus que te guarde e proteja.
Meu amor, sei que me deixou, sei que não me ama mais,
sei que hoje em seu coração há um novo amor, um novo sonho,
um novo começo.
Mesmo com tanta dor em meu peito, ainda sim resta dentro
do meu coração o desejo que seja feliz!

Amo você, mas hoje em silêncio.

Amor é algo que se sente independente da vontade de alguém e é um sentimento muito pessoal é como uma impressão digital por isso não existirão nunca dois amores iguais.
Amor não é para ser entendido nem correspondido. Amor é para ser vivido compartilhado.
Nunca cobrado, Sempre oferecido.
Ao mesmo tempo em que se parece com um pássaro arredio e desconfiado, porque parece nos abandonar as vezes sem que nos tenhamos dado conta.
Amor é muito confundido, às vezes por não conhecermos a fundo o nome de outros sentimentos confundimos muito do que sentimos com amor ou com a falta dele.
Mas é impossível.
Sem ele não há vida, não haveria sorrisos, nem tantas outras coisas que julgamos boas, mas que só existem por causa da existência do Amor
O amor pode ser um oceano, um céu ou um devaneio
O amor é estar, é sentir, é crescer, é pensar
O amor é viver

Não sei porque é que existem pessoas que insistem em associar amor a sofrimento...
Desde que te conheço só sinto alegria e contentamento. Acho que hoje, em mim, só há espaço para que o amor, o mais puro amor resida.
Há uma música antiga que diz: "pra quê rimar amor e dor?" – e eu repito a pergunta: Para quê? – Realmente não há motivo que justifique esta relação infame. Basta olhar para o quanto somos felizes.
É certo que o terreno do amor é perigoso e cheio de armadilhas. É certo que o amor é o tema central de grandes e trágicos romances. mas, no entanto, o que dizer deste amor lindo que vivemos agora?
O que dizer deste amor tranquilo, deste amor tão belo, sereno e sem queixas que é o nosso? Vamos dizer que ele é apenas lindo, está bem?

Eu quero viver um amor assim Com cheiro de quero mais, e sabor de você. Poder te envolver e te acariciar, E em teu coração me eternizar!
Eu quero viver um amor assim Ao teu lado sempre estar, vivendo em todo o seu esplendor, Esse teu amor que é carinho, ternura e loucura.
Quero viver cada dia, Cada noite todo esse encanto, essa magia E nos teus braços me aconchegar!
Nos brilhos dos teus olhos, vejo a luz das estrelas que me alucina, No lindo sorriso teu, vejo a alegria do amor que me fascina. Quero viver embriagado pelo cheirinho teu, Faça chuva, faça sol, teu amor quero viver
Não importa que estação estejamos Você pra sempre será o calor que me aquece Você é a minha brisa suave de todas as manhãs
Eu quero viver com você esse amor assim De rosto colado, de corpo suado, De respiração acelerada, de entrega e de paixão, E esse amor tão lindo assim, pra sempre iremos viver
Não importa o que as pessoas digam Pois, viver um amor tão grande assim, somente duas almas
Eu e você!

Eu quero te amar e te tratar bem
Eu quero te amar todos os dias e todas as noites
Nós estaremos juntos com um telhado bem acima das nossas cabeças
Nós dividiremos o aconchego da minha cama de solteiro
Nós dividiremos o mesmo quarto, yeah, oh Jah garanta o pão

Isto é amor, isto é amor, isto é amor
Isto é amor que eu estou sentindo?
Isto é amor, isto é amor, isto é amor
Isto é amor que eu estou sentindo?

Bob Marley

Amor palavra tão linda
Que alguns dizem por dizer
Não sabem o que é o amor
Nem o que por ele é sofrer
O amor é muito mais
Que o dele falar
É entrega de alma e coração
É sentir alegria e felicidade
Não dizer amo te por falar
Amor é compreensão
É tudo a gente partilhar
Amor não e só desejo
De possuir e também o sentir
É ouvir o outro
Não o deixar chorar
É amar, acarinhar e apoiar
É linda a palavra amor
Quando sai do coração
Não e só dize-lo
Para criar ilusão
O amor não aceita mentiras
Nem desilusões
O amor é a união de dois corações
Mas quantos só o usam
Para satisfazer suas intenções
Não sabem como ferem corações.

Amor, eu não tenho ninguém...
Eu não tenho mais a esposa que amo do meu lado...
Eu não tenho mais os filhos comigo que davam tanta alegria e prazer de viver...
Eu não tenho mais o sorriso em meu rosto e nem a felicidade que tinha quando você estava aqui em casa...
Eu não tenho mais nada meu amor.
Eu não sou ninguém.
Eu não sou mais aquele homem carinhoso, compreensivo e amoroso que você conheceu.
Eu perdi todos os meus dons, todas as minhas qualidades, por acreditar no amor verdadeiro que sinto por você.
Por um único erro e defeito, você não me compreendeu, foi embora e passou a me ignorar por causas das palavras que te disse e dos conselhos maldosos de quem queria nos afastar definitivamente.
Você foi frágil e inocente em acreditar no que queriam que fizesse da sua vida... Do seu amor.
De mim você não tirou apenas o sentimento e o amor que dizia sentir por mim quando pediu para te buscar na sua casa e amar incondicionalmente.
Você também tirou o direito de te ajudar, de te amar, de amparar na criação das crianças e até de vê-los.
Você que dizia que ia me amar eternamente, acabou com meus sonhos, com o desejo de colocar a aliança no teu dedo para ser totalmente minha e até com a minha vontade de viver.
Você fez tudo isso e mesmo assim estou aqui tentando entender porque não se abre, porque não amolece seu coração para poder me perdoar.
Por você, eu me fechei de tal forma que não estou dando chance e nem deixando espaço dentro do meu pensamento e do coração para um novo amor... Para uma nova vida.
O que fiz para me punir dessa forma?
Queria ver você e sair com você e nossos filhos como nos tempos que dividimos todas as coisas, mas parece que você não quer me ver e até mesmo ouvir.
Você tenta me evitar e quando pergunto sobre alguma coisa me ignora, não responde e quando respondeu deu desculpa e disse que não tinha mais tempo para mim.
A vida é assim meu amor.
O que não esperamos ouvir da pessoa amada vem direto ao nosso encontro, quando deixamos o nosso coração e nosso o amor reservado para quem pensava que nos amava com a mesma intensidade.
Um erro...

É estranho, mas cheguei à conclusão de que há uma pequena dose de dor em tudo o que envolve o amor.
O amor dói em forma de saudade, quando sentimos a ausência de alguém, por distância ou mesmo morte.
O amor dói pela solidariedade, pois quando sabemos que o ser amado sofre, sofremos juntos. O amor dói fisicamente, pois trazer alguém ao mundo, como fizeram todas as mães, é um ato nobre, mas extremamente dolorido.
O amor traz a angústia da falta, mas nos recompensa pela eventual presença física e nos traz a felicidade de algumas certezas indizíveis e indescritíveis. afinal, sabemos quando somos amados.
Ele não precisa ser reafirmado durante as 24 horas do dia. Não precisa ser juramentado ou confirmado em cartório. Ele apenas existe, paira sobre as almas e os corações como se fosse um anjo de asas generosas e grandes. Se traz o medo da solidão, traz, por outro lado, a certeza da companhia.
Existem várias formas de amor: o fraternal, o romântico, o filial, o maternal ou paternal. Cada um se manifesta de forma diferente. Cada um traz angústias peculiares, mas todos eles guardam uma carga de emoção tão forte que não pode ser explicada por palavra qualquer, e muito menos ser medida por qualquer aparelho.
O amor dói, também, quando nos sentimos impossibilitados de ajudar, quando nos sentimos impotentes diante da dor do amado, diante do sofrimento do outro. Amor é sinônimo de sincero interesse pelo bem estar do próximo, é antônimo de desprezo.
Não há nada mais belo no mundo do que amar de forma franca, sem qualquer dissimulação. Assim, quero que saibas que sempre que penso em ti, os meus pensamentos são os mais puros e sinceros.
Penso em tudo o que possa te trazer conforto e prazer, em tudo o que possa te fazer mais feliz.
Jamais medirei esforços para dar-te tudo o que mereces. Tu és uma joia, algo raro, belíssimo e valioso, que eu quero guardar comigo, no meu coração, pelo resto da vida, mesmo que isso ainda me custe mais algumas inquietudes.
Eu, sinceramente, amo você. E farei qualquer coisa em nome deste sentimento.

Ame... Ame com amor. Encontre nos seus sentimentos a sua alegria. Não procure nos valores materiais a sua tristeza.
Ame... Ame com amor... E jamais com interesse. O carro é frio e insensível. as roupas bonitas e coloridas não representam nenhuma emoção. o físico forte é atraente, mas decepcionante.
Sim, tudo é belo, mas nada é real... A não ser que você Ame... Ame com amor. Pois vivemos em função desse sentimento tão nobre. Aquilo que é material degenera e enferruja. O dinheiro maltrata e mata.
As casas e prédios o tempo consome. As roupas saem da moda. O corpo apodrece. O mundo acaba. O amor fica!
Ame... Ame com Amor. Não pense naquilo que você pode ganhar, mas no amor que você vai sentir.
Ame... Ame com amor, e jamais finja que o sente sem realmente senti-lo. Ame... Sem carro, sem moto, pois o que vale é o coração.
Ame... Mas ame com amor!

Jesus te ama de uma maneira incondicional, Ele nunca vai deixar de te amar, ouviu bem? Nunca! Sabe porquê? Porque Deus não tem amor, Ele é amor! Ele te ama, Ele te aceita, Ele te limpa, Ele cuida de você... Ele te restaura, Ele te escolheu... mesmo que você não ache isso, a sua opinião não mudará o amor que Deus tem por você, o pecado não mudará o amor de Deus por você, as circunstâncias não poderão mudar o amor de Deus pela sua vida! O amor d'Ele é inabalável, Ele olha pra você e diz: "Ele é meu! Ela é minha!" A maior prova de amor foi Jesus... você morreria por alguém? Pois é... Ele morreu, sofreu, sentiu dores terríveis... Deus não é burro, Ele sabia o que estava fazendo, Ele sabia que valia a pena, a bíblia diz que somos sua porção, sua satisfação, somos frutos do seu penoso trabalho, da sua morte... o que Deus está querendo dizer com isso? "Valeu a pena morrer por você filho, filha". É isso que Deus está querendo dizer, Ele se sente satisfeito quando olha pra nós... Deixa Deus te amar, entregue-se ao amor d'Ele.

Kátia Silene

Todas as pessoas no mundo desejam ter um amor...
Amor esse companheiro...
Que mesmo nos momentos difíceis...
Esteja sempre em primeiro...
Amor que não se compra nem vende...
Desses que apenas se troca: carícias, Beijos e abraços calientes...
Amor que sempre nos surpreende...
Com gestos sinceros, e toques ardentes...
Num sussurro, poder gritar...
"Obrigado amor porque você me entende!"
Amor de todas as horas...
Amor de todos os dias...
Com você é muito bom ficar...
Abraça-me, beija-me, ama-me...
Quero para sempre te amar...
Você é minha felicidade...
Agora não tenho mais dúvidas...
VOCÊ É O MEU AMOR DE VERDADE!

No amor não existem regras. Podemos tentar seguir manuais, controlar o coração, ter uma estratégia de comportamento, mas tudo é bobagem O coração decide, e o que ele decidir é o que vale. Quem ama vence o mundo, não tem medo de perder nada.
O verdadeiro amor é um ato de entrega total, a vida espiritual se resume em amar, não se ama por que quer fazer o bem, ajudar ou proteger alguém, amar é comungar com o outro, é descobrir nele a centelha de Deus.
Na vida real, o amor precisa ser possível, mesmo que não haja uma retribuição imediata, o amor só consegue sobreviver quando existe a esperança, por mais distante que seja de conquistarmos a pessoa amada, o resto é fantasia. Aquele que é sábio, só é sábio por que ama, e aquele que é tolo, só é tolo porque pensa que pode entender o amor.
Quem ama precisa saber se perder e se encontrar.
O amor e as represas são iguais, se deixarmos uma brecha por onde um fio de água possa se meter, aos poucos ele vai arrebentando as parede e chega um momento em que ninguém mais consegue controlar a força da correnteza.
Se as paredes desmoronam, o amor toma conta de tudo, já não interessa o que é possível ou impossível.
Amar é perder o controle, existem coisas na vida pelas quais vale a pena lutar até o fim, o universo sempre conspira a favor dos sonhadores, o universo sempre ajuda a lutar por nossos sonhos, por mais tolos que possam parecer, porque são nossos sonhos e nós sabemos o quanto nos custa sonhá-los.
É desnecessário conversar sobre amor, porque ele tem sua própria voz e fala por si próprio.

Sem teu amor me sinto fraco, com seu amor me sinto forte e preparado... Pois é um campo minado se explodir uma vez coração sai machucado. S
eu amor pulsa em mim, sou meu eu em ti, não dá mais pra esconder... Foi Deus quem me enviou você.
Seu amor é como o ar que respiro, o suor que transpiro, a emoção viajando nas asas da paixão sorrindo e sentindo a vida.
Meu coração apaixonado não quer mais saber de esperar... Pois queria dormir meus sonhos e em teus braços acordar.
Quero viver esse amor renascendo a chama desse fogo que o vento soprou, nós dois apaixonados como num filme de amor.
Guardo todo meu amor no coração... Pois as horas que o tempo tem me dado são suas até morrer, sendo personagem do livro da vida e seu amor.

Amar, para poder viver, Para se dissipar o sem sentido de se viver por viver.
Amar por quê? Para não adoecer, para que, ao final. possa-se dizer: Valeu a pena, por que amar é crer.
Por que amar? Para não se entristecer, Para não se perder a alegria de viver.
Amar por quê? Para poder perdoar e esquecer, Para voltar a sorrir, para lutar e vencer.
Por quê? Para se conhecer a Deus, nosso primeiro amor, Nosso maior amor, nosso Grande amor, Acima de todo amor, origem de todo amor, Fim de todo amor, eternidade de amor.
Amar por quê? Para não fenecer, para não murchar, Para não regredir, para não desfalecer.
Amar para se lembrar e também para esquecer.
Por que amar? Para chorar e sorrir, para plantar e colher.
Amar por quê? Para caminhar, para se merecer, para se enternecer.
Amar para olhar e conhecer.
Por que amar? Amar para não morrer.
Porque os que não amam já morreram, Permaneceram mortos.
Perambularam sem saber como nem por quê.
Amar por quê? Para confiar, para não se entregar, mas se integrar.
Amar porque Deus é amor e isso basta.

Durante a minha vida, muitas vezes fui arrebatado pelo amor. O amor me fez sonhar, me fez ser feliz, me fez chorar e sofrer. O meu amor viveu no rosto, no corpo, na pele de muitas mulheres.

Mas meu grande amor está em mim, está no meu desejo de amor que me faz entregar o meu coração a quem eu acho que nele mereça pousar, por uma noite, por uma semana ou pelo breve espaço da eternidade.

Eu preciso me apaixonar, preciso sentir pulsar em minhas veias o amor. E quando ele não habita em mim, sinto fome, sinto sede, sinto um pouco de morte vivendo em mim. Eu preciso ter alguém habitando em meu peito para sentir a vida pulsar, para ver o mundo com cores saturadas, para sentir alegria e inspiração.

Ai que saudades eu sinto do meu grande amor, daquele amor que preenche o meu coração! Ai que saudades eu sinto de quem ainda nem conheço, mas que pode entrar na próxima estação de trem para viver em mim por mais uma parte desse caminho!