Mensagens de Dia Do Amigo

Sentado numa poltrona, em frente à TV, estava Washington. Até que: plic! – Não aguento mais jogar videogame! Todos os dias, a mesma coisa!
Washington é um garoto de 12 anos e mora em São Paulo. Filho de uma família muito rica, tinha de tudo, mas não era feliz. Com poucos amigos, sentia falta de algo importante: a paz. Certo dia, pediu dinheiro a sua mãe para comprar um "negócio". A mãe, sem perguntar pra quê, entregou-lhe o dinheiro. O garoto entrou numa loja e pediu: – Quero um quilo de paz.
A balconista, irritada, sem lhe dar atenção, respondeu: – Aqui não se vende paz!
Passou em outra loja, em um bar, numa padaria. Depois de andar muito, cansou de ser debochado e voltou para casa. Sentou no sofá, pensativo: onde compraria a paz? O toque da campainha quebrou seus pensamentos. Ao abrir a porta, um senhor bastante idoso suplicou:
– Por favor, meu bom menino, há dois dias que não ponho nada na boca, não aguento mais de fome. Pode me dar algo para comer? – O senhor sabe me dizer onde eu posso comprar a paz? – pergunta o menino, ainda preocupado com o seu problema. – Sim, me traga algo para comer que eu te digo.
Ansioso, mais do que depressa Washington foi até a cozinha. Voltou com um prato transbordando de comida e um copo de suco de laranja. Sentou-se ao lado do homem, ouvindo-o atentamente. – Olha, meu amigo. Existe um dinheiro com o qual podemos comprar a paz. É com o nosso coração.
– Mas se eu tirar o coração, como posso viver? – pergunta o garoto, confuso. – Com o coração quero dizer: quando fazemos o bem aos nossos irmãos! Hoje, eu sei que você vai se sentir muito feliz, com muita paz, por ter me tratado bem, por ter me dado um prato de comida. Sentiria o mesmo se tivesse feito a outra pessoa. – É verdade? – pergunta Washington – puxa, estou tão feliz só de ouvir o senhor me falar isso!
Daquele dia em diante, o garoto refletiu muito sobre aquela conversa e como se sentira feliz ao ajudar alguém. Continuou praticando o bem. E, como por encanto, começou a ter muitos amigos.
E pôde confirmar que a paz está dentro de cada um de nós, basta cultivá-la.

..Muitas vezes pensei que não devemos fazer promessas quando estamos alegres, nunca responder quando estiver triste, nunca toma decisões quando estiver zangada.
E nunca chore por alguém que não merece mesmo que isso seja quase impossível de se fazer, seja sempre você mesma, faça amigos e mais ainda cultive amigos.
Pois de nada basta ser ter amigos se não damos valor a eles, não os ouvimos, escutamos, lhe demos conselhos verdadeiros e de coração.
Na vida o que importa e o momento em que você esta vivendo agora, pois o amanhã ainda está longe e pode não chegar (e eu sei que é um pouco profundo de mais, mas isso é verdade, já passei por situações de tal virtude, e sei o quanto dói sabe que uma pessoa tão especial, não está mais aqui para viver seu amanhã).
Desculpem-me, só lembrei-me de alguém muito especial para mim, que Deus o quis ao seu lado, mas cedo, mas sei que ele está em lugar melhor. Por isso digo-lhes ame todos ao seu redor como seu o hoje fosse o ultimo dia de suas vidas. (só mais um conselho ame alguém da forma mais profunda pelo mesmo uma vez na sua vida).
Há não definas as pessoas certas pelo que elas têm como bens matérias, mas sim pelo o que elas têm nos coração, na alma, nos olhos, no sorriso.
Você a cada novo dia tem duas opções, voltar a dormi ou agradecer a Deus por esse presente e correr atrás dos seus sonhos. Não diga que fará isso e aquilo amanhã, pois você correr o risco de amanhã nunca chegar.
E esse pouco tempo que estou viva aprendi algumas coisas, uma delas é que falar alivia as dores emocionais e chorar também, aprendi que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias. Aprendi que amigos são a família que podemos escolher, aprendi que não devemos nos comparar com outros, mas sim com melhor que podemos fazer, e um dos mais importantes nunca se deve se dizer a uma criança que sonhos são bobagens, pois não são...

Ser Amigo, é entender a energia inicial, abrir as portas do coração, deixar entrar e fluir esse novo gás, para alimentar o caminho que o acaso forjou... É dar forma e corpo ao sentimento, amaciar o coração, fomentar ainda mais a boa energia! É adoçar a vida... Compartilhar da alegria multiplicando-a e da dor, diminuindo-a. A todo custo!
Ser Amigo, é aceitar o outro na sua totalidade: de forma inteira, íntegra. Sem disfarces. Com todos os defeitos, todas as diferenças e todas as virtudes. É não querer mudá-lo, mas ensinar-lhe o caminho da mudança, quando necessária e essencial, alertando-o para os desvios de percurso. É entender o seu silêncio e acompanhá-lo mudo, nessa hora, até que uma palavra mágica rasgue as entranhas desse silêncio, e devolva a alegria, de poderem sorrir juntos...
Ser Amigo, é promover juntos, a gestação da paz, compartilhar do nascimento dessa luz branca que abranda as tristezas e as intempéries e faz brotar a felicidade! É ajudar a pintar a estrada com o verde da esperança, pegando na mão do outro e desenhando juntos o destino. É poder dourar esse destino... É construir a presença mesmo à distância. Ser o lenço que enxuga o suor e devolve a cor. É promover o encontro e dissolver os seus obstáculos...
Ser Amigo, não é só compreender, ter compaixão e perdoar mas advertir, alertar, e apenas alertar, deixando que as coisas se processem natural e espontaneamente... É acompanhar até o fim, na trajetória da vida. É estar presente, e ser presente. Sempre... E, se possível, atravessar as barreiras do tempo e da vida, e um dia, poder reencontrar a todos na eternidade...