Mensagens de Deus

Deus está nos mostrando ás consequências de ações impensadas, enquanto o ser humano não aprender amar e respeitar o planeta onde vive que é a sua casa o seu lar, continuará convivendo com as tragédias da natureza, aos poucos o planeta esta se entregando.
Deus nos deu um mundo de maravilhas e nele tudo para vivermos bem, em troca deveríamos cuidar dele e respeitar os seus limites.
Infelizmente isso não aconteceu, maltratamos demais nosso planeta, tiramos mais do que doamos as consequências estão ai: enchestes, secas, neves as estações se perderam tá uma bagunça, consequentes de ações nossas por: queimadas, desmatamento, poluição, empresas, veículos desregulados poluindo o nosso ar.
Se não nos conscientizarmos logo do que esta acontecendo chegará o dia que tentaremos respirar e não haverá oxigênio, sentiremos sede e não haverá mais água, sentiremos fome e não haverá solo fértil para plantarmos nossos alimentos, teremos que fugir de animais selvagens, porque acabamos com o seu habitat natural e por não terem escolha iam invadir nosso território assim como fizemos com eles desmatando florestas.
Sei que é uma realidade triste, mas também sei que se nós, seres humanos não mudarmos nossas atitudes esse é o futuro que nos espera, e na velocidade que tudo esta acontecendo será num futuro próximo, por isso devemos ter cuidado com nossas atitudes contra nosso planeta, temos muito a perder e não culpe Deus por cada desgraça da natureza que está acontecendo ele não tem culpa não, pois nos deu tudo certinho cada coisa no seu lugar, nós que bagunçamos tudo e só nós podemos mudar o futuro do nosso planeta.

Duas rãs eram vizinhas.
Uma delas habitava uma lagoa profunda distante dos olhares públicos e a outra em um valão com pouca água e atravessado por uma estrada rural.
A rã que vivia na lagoa advertia sempre a amiga do perigo e lhe aconselhava a mudar de residência.
Convidou-a a morar com ela na lagoa onde teria mais segurança e comida mais abundante.
A outra recusava dizendo que estava acostumada ao lugar onde vivia e seria muito difícil a mudança.
Um certo dia, um carro passou pelo local e esmagou a rã embaixo de suas rodas.
Muitos cristãos vivem acomodados em seu viver diário,
sem frutos, sem experiências, sem ousadia espiritual.
Temem qualquer tipo de mudança e acabam sendo inúteis para a expansão do reino de Deus.
Estão tão conformados com as vidas fúteis e debilitadas
que não são capazes de enxergar o muito que Deus quer fazer através de seus testemunhos.
Alguns pensam que uma pessoa que vive diante de Deus não tem vontade própria e é dirigida como um autômato que apenas obedece o que lhe mandam.
Não pode isso e aquilo, não podem brincar, nem se divertir,
nem experimentar as coisas boas da vida.
Estão equivocados!
Jesus veio nos trazer vida abundante e eterna.
Veio mostrar que quando temos a coragem de mudar os antigos costumes, novos horizontes de felicidade se abrem diante de nós e mesmo ao enfrentar as tempestades que sobre todos se abatem, temos a paz verdadeira e motivos de regozijo pela certeza de que o Senhor estará caminhando sempre ao nosso lado, pronto a interceder quando isso se fizer necessário.
Por que viver na sequidão e ecasses se o Senhor nos oferece a profundidade de Seu amor e a fartura de suas bênçãos?

Uma vez um homem estava sendo perseguido por vários malfeitores que queriam matá-lo. O homem, correndo, virou em um atalho que saía da estrada e entrava pelo meio do mato e, no desespero, elevou uma oração a Deus da seguinte maneira:
- "Deus Todo Poderoso fazei com que dois anjos venham do céu e tapem a entrada da trilha para que os bandidos não me matem!!!"

Nesse momento escutou que os homens se aproximavam da trilha onde ele se escondia e viu que na entrada da trilha apareceu uma minúscula aranha. A aranha começou a tecer uma teia na entrada da trilha. O homem se pôs a fazer outra oração cada vez mais angustiado:
- "Senhor, eu vos pedi anjos, não uma aranha."
- "Senhor, por favor, com tua mão poderosa coloca um muro forte na entrada desta trilha, para que os homens não possam entrar e me matar..."

Abriu os olhos esperando ver um muro tapando a entrada e viu apenas a aranha tecendo a teia. Estavam os malfeitores entrando na trilha, na qual ele se encontrava esperando apenas a morte. Quando passaram em frente da trilha o homem escutou:
- "Vamos, entremos nesta trilha!"
- "Não, não está vendo que tem até teia de aranha!? Nada entrou por aqui. Continuemos procurando nas próximas trilhas..."

Fé é crer no que não se vê, é perseverar diante do impossível. Às vezes pedimos muros para estarmos seguros, mas Deus pede que tenhamos confiança n'Ele para deixar que sua glória se manifeste e faça algo como uma teia, que nos dá a mesma proteção de uma muralha.