Mensagens de Paixão

Você surgiu como suave melodia trazida pela brisa. dilatou-se no silêncio de minha alma e fez-se moldura em meu viver.
Isso se chama ventura...
Há algo em você que transparece num olhar, como estrela no céu atapetado de astros e exterioriza-se num sorriso como canção tocada na harpa dos ventos.
Isso se chama ternura...
Sem olhar, você me percebe, sem falar você me diz, sem me tocar você me abraça...
Isso se chama sensibilidade...
Quando me perco em labirintos escuros você me mostra o caminho de volta.. Quando exponho meus tantos defeitos, você faz de conta que não nota...Se enlouqueço, você me devolve a razão...
Isso se chama compaixão...
Nos dias em que as horas passam lentas, sem graça e sem luz, nos seus braços eu encontro alento.
Quando os dias alegres de verão partem e em seu lugar chega o outono, cobrindo o chão com folhas secas, e o verde exuberante cede lugar ao cinza, nos seus braços encontro harmonia.
Isso se chama aconchego...
Quando você está longe, no espelho da saudade eu vejo refletida a certeza do reencontro.
Nas noites sem estrelas, quando a escuridão envolve tudo em seu manto negro, você me aponta a carruagem da madrugada, que vem despertar o dia com suas carícias de luz..
Isso se chama esperança.
Quando as marés dos problemas parecem tragar em suas ondas as minhas forças, em seus braços encontro reconforto.
Se as amarguras pairam sobre meus dias, trazendo desgosto e dor, sua presença me traz tranquilidade. Você é um raio de sol, nos dias escuros... É ave graciosa que enfeita a amplidão azul...
Você é alma e é coração. É poema e é canção... É ternura e dedicação... Nada impõe, tudo compreende, tudo perdoa... Sua companhia é doce melodia, é convite a viver.. E, tudo isso se chama amor!
Surge depois que as nuvens ilusórias da paixão se desvanecem. Que a alma se mostra nua, sem enfeites, sem fantasias, sem máscaras...
O amor é esse sentimento que brota todos os dias, como uma flor que explode de um botão ao mais sutil beijo do sol...
Isso, sim, se chama amor...

Meu amor
Hoje é um dia em que, desde cedo, estou me sentindo muito sentimental. Em minha mente só aparecem imagens de coisas bonitas, de momentos felizes e cheios de amor. Só penso no nosso primeiro beijo, que foi a culminância, o instante maior, vivido por nós depois de muita expectativa. Só por isso, me sinto leve, flutuando em nuvens de felicidade.
Pena que este ato está tão banalizado que, na verdade já não é uma manifestação de paixão. É, isto sim, uma coisa tão vulgar, que as pessoas chegam a concorrer entre si, numa noitada, para, em disputa do primeiro lugar, saber quem beijou mais pessoas diferentes nessa mesma noite.
É mesmo uma ousadia esse procedimento, pois o concurso envolve também, a qualidade e o tempo de duração, do entrelaçamento de línguas, e da mistura de saliva. Isto tudo, sem levar em conta a atração física ou sentimental, que na verdade é o que dá sabor ao beijo, o tempero do amor.
Que pena não se dar o valor devido, a uma atitude tão maravilhosa que é, o beijo da pessoa amada. Não imagina você, quanto significativo considero o nosso primeiro beijo, que sinto até arrepios de amor, só de lembrar daquele instante. Ele foi uma coisa trabalhada, um gesto cheio de preliminares, foi na verdade uma conquista inesquecível.
Por isso esse momento está sendo lembrado hoje, neste dia em que estou tão feliz, cheio de amor, eu não podia deixar de lembrar. Foi quando nos beijamos pela primeira vez, de longe, o momento mais feliz deste nosso romance. Sem dúvida, a coisa que mais mexeu comigo.
Apaixonei-me por você.

Se sou bebê,
Por favor, me toque. Preciso do seu afago de uma maneira que talvez nunca saiba. Não se limite a me banhar, trocar a minha fralda e me alimentar, Mas me embale juntinho de você, beije meu rosto e acaricie meu corpo. Seu carinho gentil e confortador me transmite segurança e amor.
Se sou criança,
Por favor, me toque. Ainda que eu resista e até o rejeite, Insista, descubra um jeito de atender minha necessidade. Seu abraço de boa noite adoça meus sonhos. Seu carinho de dia me diz o que você sente de verdade.
Se sou seu adolescente,
Por favor, me toque. Não pense que eu, por estar quase crescido, já não precise saber que você ainda se importa. Necessito de seus braços carinhosos, de uma voz terna. Quando a vida fica difícil, a criança em mim volta a precisar.
Se sou seu amigo,
Por favor, me toque. Nada como um abraço afetuoso para eu saber que você pensa em mim. Um gesto de carinho quando estou deprimido garante que sou amado, E me reafirma que não estou só Seu gesto de conforto talvez seja o único que eu consiga.
Se sou seu parceiro sexual,
Por favor, me toque. Talvez você pensa que sua paixão basta, Mas só seus braços detém meus temores. Preciso de seu toque terno e confortador, para me lembrar que sou amado apenas porque eu sou.
Se sou seu filho adulto,
Por favor, me toque Embora eu possa até ter minha própria família para abraçar, Ainda preciso dos seus braços quando me machuco. Como filho adulto, a visão é diferente, Eu os estimo mais ainda.
Se sou seu pai idoso,
Por favor, me toque, Do jeito que me tocaram quando era bem pequeno. Segura minha mão, sente-se perto de mim, dê-me força E aqueça meu corpo cansado com sua proximidade. Minha pele, ainda que enrugada, adora ser afagada, Não tenha medo,
Apenas me toque.