Mensagens de Otimismo

A sobrecarregada enfermeira viu o jovem entrar no quarto e, inclinando-se, disse alto ao idoso paciente, – Seu filho está aqui.
Com grande esforço, ele abriu os olhos e, a seguir, fechou-os outra vez. O jovem apertou a envelhecida mão e sentou-se ao lado da cama. Por toda a noite, ficou sentado ali, segurando a mão e sussurrando palavras de conforto ao velho homem.
À luz da manhã, o paciente tinha morrido. Em instantes, a equipe de funcionários do hospital encheu o quarto para desligar as máquinas e remover as agulhas. A enfermeira aproximou-se do jovem e começou a oferecer-lhe condolências, mas ele a interrompeu. - Quem era esse homem? Perguntou.
Assustada, a enfermeira respondeu, - Eu achei que era seu pai! - Não. Não era meu pai, – respondeu o jovem – Eu nunca o vi antes em minha vida. - Então, porque você não falou nada quando lhe anunciei para ele? - Eu percebi que ele precisava do filho e o filho não estava aqui. – O jovem explicou – E como ele estava por demais doente para reconhecer que eu não era seu filho, eu vi que ele precisava de mim.
Madre Teresa costumava nos lembrar que ninguém tem que morrer sozinho. Do mesmo modo, ninguém deve se afligir sozinho ou chorar sozinho. Ou rir sozinho ou celebrar sozinho.
Nós fomos feitos para viajar de mãos dadas através da jornada da vida. Há alguém pronto para segurar a sua mão hoje. E há alguém esperando que você segure a dele.

As derrotas acontecem. Nem todas as batalhas são feitas para serem vencidas por nós, e muitas vezes aprendemos muito mais com uma derrota do que com uma vitória. Se soubermos aproveitar as nossas experiências para crescer, uma derrota pode nos mostrar os nossos pontos fracos, e o que precisamos melhorar para não continuar cometendo os mesmo erros.

Não vale a pena manter-se para baixo, sentir-se fracassado ou humilhado, e nem se apegar à derrota. É preciso entender o que aconteceu e sofrer, mas sofrer somente na medida da derrota. Depois, já é hora de olhar para trás de modo analítico e ver, de forma objetiva, o que podemos melhorar e já começarmos a nos preparar para a próxima batalha.

A vida não espera! Se nós não soubermos nos recompor, virão novas e novas batalhas e nós não estaremos preparados para elas. Por isso, depois de uma derrota, respire fundo, recomponha-se o quanto antes e prepara-se para seguir em frente!

Dona Joaninha recebeu um par de óculos escuros no dia de seu aniversário. Correu para o espelho para ver se lhe caiam bem e pensou – Hum! Que charme!
Dona Joaninha era bem vaidosa. Toda satisfeita, pôs seu vestido vermelho com bolinhas pretas e saiu para passear.
Infelizmente o dia estava escuro, as flores pareciam tristes, o sol bocejava preguiçoso. Dona Joaninha começou a ficar aborrecida com tudo e voltou pra casa.
Com o passar do tempo a vida foi ficando mais sem graça.
Dona Joaninha resolveu então não sair mais de sua casa. Na folha da palmeira, ficou lá triste, dias e dias.
E foi então que Dona Joaquina sentindo falta de sua prima pensou: – Onde será que anda a prima Joaninha? Sempre tão animada e atenciosa, será que ficou doente? Vou fazer uma visita.
Lá chegando, Dona Joaquina bateu à porta da casa da prima Joaninha. – Quem está aí? – perguntou Dona Joaninha com a voz bem fraquinha.
Quando percebeu que era sua prima, Joaquina ela falou com voz triste: – Entra prima, eu estou aqui tão deprimida, os dias estão sempre tão cinzentos, resolvi ficar aqui quietinha, esperar as coisas melhorarem.
Mas de repente, Dona Joaquina afirmou com um ar de deixa disso: – Que nada prima! Abra logo essa janela. Vamos para o jardim, o dia está maravilhoso, veja que lindas flores, o céu está azul. Acorda, está tudo tão lindo.
Ainda desanimada insistiu Dona Joaninha: – Vejo os dias cinzentos, as flores cinzentas, o céu cinzento, tudo cinzento. Como é que pode? Eu vejo tudo ao contrário do que você diz.
Então Joaquina com a maior naturalidade: – É simples, querida prima, tire esses óculos escuros!
E ela tirou e exclamou: – Que beleza! A cor voltou para as flores, o céu está azul novamente!
E sorrindo Dona Joaquina disse: – Estava assim o tempo todo mulher, é só tirar os óculos escuros!
Entendida a mensagem então vamos lá: Todo mundo tirando os óculos escuros de suas vidas.

Querem saber como vivo? Lhes direi...
Vivo do vento que me mantém lúcida e acordada para que eu não adormeça na caminhada.
Vivo do mar que me limpa do cansaço da luta e me recompõe para que eu continue. Vivo das cores que me ensinam os remédios e os alimentos para que eu sobreviva forte para trabalhar.
Vivo da riqueza do meu melhor esforço, meu amor. Planto-o por onde passo, não perco nem mesmo a terra de um vaso quebrado, pois ali a semente germina.
E sou feliz assim.
Sou simples, pois preciso de pouco. Sou calma, pois aprendi a esperar. Tudo vem.
E o campo arado e adubado produz coisas melhores, que valem a pena ser preservadas.
Falo pouco, pois optei por grandes ocupações, como um trabalho escolhido de ouvir e por isso não me sobra tempo para as palavras.
Penso muito, mas corretamente. Desejo só o necessário, ocupo pouco espaço e por isso não sofro por possuir.
Sou feliz, sou abençoada, sou reconfortada e apreciada. Sou aquilo que todos lutam para obter. Querem saber quem sou eu, já que sabem como vivo?
SOU A PAZ...

Eu sempre senti simpatia e compaixão pelas crianças que vejo andando sozinhas pela escola, por aquelas que se sentam no fundo da sala enquanto todos riem e zombam.
Mas eu nunca fiz nada sobre isso. Imaginava que outra pessoa faria. Eu não tinha tempo realmente para pensar sobre a profundidade de sua dor.
Então um dia eu pensei, e se eu usar um pequeno momento do meu ocupado dia para simplesmente dizer "olá" a alguém sem amigo ou parar e conversar com alguém que comesse sozinha?
E fiz. Sentiu-se bem ao ver sua vida iluminada por outra pessoa. Por que fiz?
Porque lembrei-me do dia que um simples "olá" mudou minha vida para sempre.

O importante é ser você mesmo. Não importa quem seja, apenas seja. Seja verdade, seja aquilo que transborda de sua alma, olhos e coração. Seja o mesmo de sempre, porém nunca igual. É preciso melhorar, de pouco em pouco, a carcaça.
Seja como a lua: a mesma todas as noites, porém em constante mudança de fases. Intercalando brilhos intensos e amenos. A única e maravilhosa lua que nunca muda, apesar das transformações. Sempre o inalterável âmago. Sempre satélite. Sempre luz a iluminar as noites. Nunca invejando o sol ou as estrelas. Jamais mudando aquilo que compõe sua atmosfera. Em hipótese alguma tentando ser planeta. Seja nova, seja crescente, seja cheia ou minguante.
Aprimore seus estados, modifique o visual, observe e melhore seus atos. Mas nunca deixe de ser o que é. Seja estrela, lua ou simples poeira cósmica, o fundamental é ser essência.

Nunca diga que algo é impossível As coisas são, no máximo, improváveis Mas nunca são impossíveis.
Nunca desista antes de tentar E, se você for se arrepender de algo, Não se arrependa do que você fez E sim do que você deixou de fazer Porque tentar e errar, é ao menos aprender Enquanto nem mesmo tentar, é desperdício.
Não desperdice nenhuma chance da sua vida Afinal, a sorte não bate todo dia a sua porta.
Tenha discernimento para saber o que é certo E o que é errado, Tenha sua própria cabeça Não se deixe influenciar, Mas saiba ouvir sempre a opinião dos outros E saiba admitir seus erros.
Seja humilde E sempre fiel a Deus. Você é um dos soldados dele E está aqui em busca da felicidade Da sua e da dos outros.
Corra atrás de seus sonhos Porque sem eles não chegamos a lugar nenhum Não se conforme Vá atrás do que você quer Lute!
A vida é bela e as esperanças nunca devem acabar Assim como também não deve acabar O amor que existe dentro de nós.
Saiba sobreviver as tristezas, Saiba se erguer após cada queda E saiba amar sem medo Pois o medo não nos traz nada Apenas leva...
Saiba se entregar por inteiro Abaixar todos os escudos e dizer: Eu me rendo!
Ame de corpo e alma Mesmo que depois esse amor acabe Aproveite cada momento Cada segundo do seu viver, Pois, é como dizem, No fim, o que conta, não são os anos de sua vida E sim, a vida em seus anos. Então, espero sempre que seus anos Sejam cheios de vida.
Não deixe morrer esse anjo que há dentro de você Esse anjo chamado Amor Esse anjo que da toda a luz necessária para a nossa vida Deixe ele livre para reinar em seu coração Pois só assim seu espírito continuará livre do mal E, se você tiver a sua alma protegida por esse anjo Nada de ruim vai lhe tocar Pois você estará sempre ao lado de Deus.

Não vou ficar medindo as palavras para lhe fazer sentir melhor, sinto muito, mas às vezes acho que palavras calmas e educadas não fazem muito sentido, acho que, em alguns momentos, tudo que precisamos é um grande impulso para despertarmos para o que é existir...
Por isso, acho que esta mais que na hora de você abrir seus olhos e parar de sentir pena de si próprio achando que o mundo é injusto contigo, ele não é o maior vilão de sua vida, e sim aquele que te encara todos os dias diante de espelho, o reflexo invertido de sua força, de sua paixão e de sua necessidade de seguir em frente.
Não se ache perseguido pela vida, pois todos possuem adversidades, como poderíamos viver e aprender se todas as coisas fossem fáceis?
Já pensou... Aprender a andar sem cair...
Descobrir que enfiar o dedo na tomada não é certo sem enfiar...
Aprender que o amor quando parte deixa um buraco imenso no peito, mas que um outro pode aparecer...
Não existe preço para essas lições, para essas quedas que nos ajudam a ser melhor do que somos...
Nascemos como páginas em branco e, vivendo, vamos escrevendo e decorando nossos cadernos, nos transformando e nos amadurecendo a cada momento de existência...
Por isso, não pare diante das adversidades, problemas, todos nós temos, mas desejo para resolver...
Poucos tem, sei que muitas vezes não encontramos forças para nos levantar, mas é preciso tentar das melhores maneiras, não nos julgarmos derrotados sem nem ao menos lutarmos pelo que acreditamos.
Meu amigo, a hora de chorar já chegou ao seu limite, agora é hora de se levantar e enfrentar as dificuldades, erguer os punhos e seguir em frente, e não esquecer que somos feitos de sorrisos e de muita luta...
Acredite e não se esqueça que este muro diante de seus olhos, oculta o que te espera amanhã.

Não importa onde você parou, em que momento da vida você cansou, o que importa é que sempre é possível e necessário "Recomeçar". Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo. É renovar as esperanças na vida e o mais importante: acreditar em você de novo.
Sofreu muito nesse período? Foi aprendizado. Chorou muito? Foi limpeza da alma. Ficou com raiva das pessoas? Foi para perdoá-las um dia. Sentiu-se só por diversas vezes? É por que fechaste a porta até para os outros. Acreditou que tudo estava perdido? Era o início da tua melhora. Pois é! Agora é hora de iniciar, de pensar na luz, de encontrar prazer nas coisas simples de novo. Que tal um novo emprego? Uma nova profissão? Um corte de cabelo arrojado, diferente? Um novo curso, ou aquele velho desejo de apender a pintar, desenhar, dominar o computador, ou qualquer outra coisa?
Olha quanto desafio. Quanta coisa nova nesse mundão de meu Deus te esperando. Tá se sentindo sozinho? Besteira! Tem tanta gente que você afastou com o seu "período de isolamento", tem tanta gente esperando apenas um sorriso teu para "chegar" perto de você. Quando nos trancamos na tristeza nem nós mesmos nos suportamos. Ficamos horríveis. O mau humor vai comendo nosso fígado, até a boca ficar amarga.
Recomeçar! Hoje é um bom dia para começar novos desafios. Onde você quer chegar? Ir alto. Sonhe alto, queira o melhor do melhor, queira coisas boas para a vida. Pensamentos assim trazem para nós aquilo que desejamos. Se pensarmos pequeno, coisas pequenas teremos. Já se desejarmos fortemente o melhor e principalmente lutarmos pelo melhor, o melhor vai se instalar na nossa vida.
E é hoje o dia da Faxina Mental. Fique pronto para a vida!

Uma das vantagens da idade madura não é, creiam, a maturidade. É que nossos olhos já viram muito mais e quando olhamos para trás os caminhos parecem muito mais longos, mesmo se temos a impressão que os anos se passaram na velocidade da luz.
Temos em nós as experiências que se foram agarrando às nossas células, moldando nossa personalidade, nos fazendo rir de nós mesmos e de nossas certezas de antes, hoje não tão certas assim.
Há quem pense, com o passar dos anos, estar velho para muita coisa. Mas essas pessoas se esqueceram de aprender algo: nunca se é velho para a vida! Ninguém vive demais, as pessoas simplesmente vivem, jovens ou idosas.
Na idade madura, percebemos claramente o quanto mudamos, as fotos não negam e nossas reações diante de fatos similares nos ensinam muita coisa.
Eu, por exemplo, aprecio hoje o silêncio e a calmaria, quando antes isso não tinha tanta importância. Gosto de terra, de mato, flores, cidades antigas e velhas histórias.
Aprendi com os anos a beber o silêncio e beneficiar dele nas minhas meditações, a entrar dentro de mim mesma e ver o que as barreiras do som me impedem em outras ocasiões. Sorrio comigo e a paz me oferece suas mãos.
Não sei que medida de vida Deus me dará, se ainda dez, vinte, trinta anos ou mais. Mas eu sei que o proveito para minha vida eu tiro no dia de hoje, que os anos podem trazer marcas, rugas e cicatrizes, mas não envelhecerão minha alma.
Sei que posso dançar ao ritmo do meu coração, que posso amar e ser amada, que posso sonhar e voar bem alto e, quando necessário, pousar em algum lugar.
Sei que ainda vou chorar algumas vezes e rir muito em outras e que ambas as coisas fazem parte do caminho que Deus preparou para mim.
Sei que se amanhã ou depois eu não tiver ainda chegado ao meu lugar sonhado, meus sonhos me terão feito viver duas vezes mais, terão tirado meus pés da terra quando caminhar me fazia mal e que sonhar não vale somente a pena, vale todas as penas do mundo!

Há pessoas que parecem estar sempre perdidas num nevoeiro de confusão. Vão para um lado, depois para o outro. Tentam uma coisa, então mudam para outra. Andam por um caminho e, de repente, voltam em direção contrária. O problema delas é simples: não sabem o que querem. Você não pode atingir um alvo se não souber qual é. O que é preciso fazer é sonhar.
Acomode-se num lugar onde se sinta confortável e planeje passar uma hora aprendendo o que espera ser, fazer, compartilhar, ver e criar.
Essa poderá ser a hora de decidir metas e determinar efeitos. Nesse período você fará um mapa das estradas que quer percorrer na vida. planejará para onde quer ir e como espera chegar lá. Pra começar, não ponha qualquer limite no que é possível.
Metas limitadas criam vidas limitadas. Portanto, ao determinar suas metas vá o mais longe que quiser. Você precisa decidir o que quer, porque essa é a única maneira possível de consegui-lo. Siga alguns passos para formular seus objetivos: – exprima seu desejo em termos positivos. diga o que deseja que aconteça.
– Seja o mais específico possível. use todos os sentidos para descrever os resultados que quer. – Esteja no controle. seu objetivo deve ser iniciado e mantido por você. não deve depender de mudanças de outras pessoas para que você seja feliz.
Todos nós temos algumas ideias das coisas que queremos. Mas, algumas são vagas mais amor, mais dinheiro, mais tempo para aproveitar a vida. No entanto, para dar força aos nossos biocomputadores para que criem um resultado, é preciso tornar nossos sonhos mais específicos...
Lembre-se: o cérebro precisa de sinais nítidos e diretos do que quer realizar. Sua mente tem o poder de lhe dar tudo que queira, mas só pode fazê-lo se estiver recebendo sinais nítidos, brilhantes, intensos e focados.

Certamente você já parou algumas vezes diante de uma porta que lhe chamou a atenção por uma ou outra razão. Tente relembrar os tipos de portas que já estiveram em sua frente. São tantas, não é verdade?
Existem portas simples, lisas comuns, tamanho padrão que todos os dias abrimos e fechamos sem mesmo repararmos a cor que possuem.
Existem portas maiores, como de igrejas. Estas também nos passam normalmente desapercebidas porque quase sempre estão abertas quando precisamos passar por elas.
Existem portas de vidro. Totalmente transparentes, que somente podem existir em alguns lugares. Existem portas eletrônicas, que basta nossa aproximação e elas se abrem.
Quais as portas que vamos abrir e fechar no dia de hoje?
Algumas portas deveriam permanecer fechadas como a do egoísmo, prepotência, inveja, orgulho, pois não levam a lugar nenhum, mas somente servem para criar barreiras entre as pessoas.
O melhor de tudo isso é que temos a cada dia a liberdade de escolha.
Vamos escolher as portas da fé, alegria, bondade e esperança. Portas que nos levem a uma vida melhor, portas de amor e paz.

Quem nunca sentiu uma alegria à toa, daquelas que vem sem hora marcada, sem plano, sem festa? Alegria boa é assim: ela vem meio que rasgando a boca, deixando um sorriso de não sei o que na cara da gente... Se alegria tivesse nome, seria surpresa. Se fosse uma casa, seria imensa. Se fosse um doce, que doce seria a tal da alegria? Doce gelado, confeitado, colorido... E se fosse uma música? Seria de flauta? De viola? Acho que de tudo... Alegria tem som de orquestra. Alegria à toa tem cor quente. Cor de sol que se põe bem tarde. Alegria que se preza, tem cheiro de chuva, de infância... E é claro que se alegria fosse gente, seria uma criança... E se fosse bicho, aposto que seria um beija-flor... Se eu pudesse vestir a tal da alegria, ela seria um vestido de linho, branco, bordado no peito, bem soltinho. Se fosse um caminho, seria de terra, no meio do nada, sem cerca e sem construção... Alegria deve ser isso... Qualquer coisa bonita, que nos tira do tédio. Essa coisa gostosa, misteriosa, bem vinda, que em dois segundos deixa tudo em paz. Alegria de verdade é aquela que vive aqui dentro... Que adormece, às vezes, mas que nunca deve morrer antes da gente.

Se somente nós lutarmos por um mundo melhor, um dia cansaremos e, certamente, desanimaremos diante das dificuldades.
Nós somos seres humanos e temos também nosso limite, por mais que Deus habite em nós...
Mas, se tivermos o seu sorriso amigo e você caminhar conosco com fé, nem por um momento ficaremos desanimados. Nós iremos, sim, além do nosso limite e chegaremos ao castelo de sonhos que em algum lugar sabemos que existe...
Nós precisamos muito de você pois certamente, você aprecia nosso trabalho... Portanto vamos unir nossas forças para sermos fortes. Com o amor sendo um suporte venceremos muitas barreiras e até mesmo as desigualdades...
Não importa o seu passado, limitações que tenha e nem sua crença também. Falhas... quem é que não tem? Nós somente esperamos que você seja sincero, respeite nossas emoções, ajude nos nossos erros apontando as soluções...
Vamos construir um mundo onde haja mais justiça, fraternidade, liberdade, igualdade e solidariedade com muita paz entre as pessoas.
Isso não é uma fantasia e nem falamos com precipitação. Se cada um fizer um pouco, em breve seremos uma nação onde haverá mais coração...

Torne o seu dia útil a você.
Não desperdice o tempo com a hora vazia, nem o preencha com frivolidades.
Todo dia é oportunidade de assumir compromissos novos.
Rompa as amarras com o ontem negativo e renove-se para o amanhã abençoado.
Use bem o seu dia, tornando-o importante para você.
Faça do seu dia um marco decisivo na sua vida.
Qualquer tarefa, mesmo pequena, realize-a de maneira correta, fixando-a indelevelmente as suas recordações felizes.
Enriqueça o seu dia com experiências valiosas.
Um amigo novo, um bom pensamento, um adversário com quem você se reconcilie, O seu dia poderá ser-lhe um benfeitor ou um severo cobrador.
Viva cada dia como se fosse o último dia da sua vida na Terra.
Conclua seu dia com a claridade da oração.
Agradeça!
Não esqueça, porém, SEJA FELIZ SEMPRE!

Estava um homem de grande sabedoria a passear por estreita rua, quando uma criança perguntou-lhe: – Moço, como eu posso ser a luz do mundo, se sou tão pequeno?
O homem respondeu: - Vou lhe mostrar... Arranje-me uma caixa com fósforos.
O menino rapidamente entrou em sua casa e trouxe-lhe a caixa. Disse então o homem: – Imagine que você é esse fósforo o homem então acendeu o fósforo se você encostar este fósforo aceso em um outro fósforo apagado o que irá acontecer?
O menino sem entender respondeu: - Irá acender o outro fósforo.- E se eu encostar outro fósforo, ele irá acender? – Sim respondeu o menino.
O homem então concluiu: - Você é o fósforo aceso, isto é, a luz do mundo.
Os fósforos que eu encostei no fósforo aceso, são as pessoas a sua volta. Perceba que quando eu encostei o fósforo apagado no aceso este imediatamente acendeu.
Não importa o tamanho ou idade das pessoas todos podemos e devemos ser a luz do mundo, pois essa luz funciona da mesma forma que o fósforo aceso, ele passa a sua chama para todos que estão próximos dele.

Não negue ou tente suprimir estes sentimentos. Mas sim, use métodos responsáveis para lidar com essas emoções desconfortáveis e desagradáveis.

Por mais difícil que possa parecer, enquanto estamos experimentando raiva contra alguém, as chaves para superar a emoção primeira passa pela compreensão e, finalmente, termina em perdoar. Isto parece um contra-senso, já que nossos instintos nos dizem que precisamos de nos defender, e possivelmente ir para cima com tudo e ferir a outra pessoa.

O entendimento nos dá uma visão do que a outra pessoa está sentindo. Antes de procurar entender, é preciso encontrar um lugar de clareza dentro de nós mesmos. Clareza significa que podemos sair de nossas cavernas interiores, e que somos capazes de ver a situação pelo que ela é. E rapidamente torna-se claro que a outra pessoa estava agindo de acordo com os seus instintos interiores de homem
mulher das cavernas interior, e, portanto, estavam cegos para suas próprias emoções.

Sílvia Parreira

Era uma vez uma indústria de calçados que desenvolveu um projeto de exportação de sapatos para a Índia. Em seguida, enviou dois de seus consultores a pontos diferentes da Índia para fazer as primeiras observações do potencial daquele mercado.
Depois de alguns dias de pesquisas, um dos consultores enviou o seguinte fax para a direção da indústria: "Senhores, cancelem o projeto de exportação de sapatos para a Índia. Aqui ninguém usa sapatos ainda."
Sem saber deste fax, alguns dias depois, o segundo consultor enviou o seu: "Senhores, tripliquem o projeto de exportação de sapatos para a Índia. Aqui ninguém usa sapatos ainda."
Moral da história: a mesma situação era um tremendo obstáculo para um dos consultores e uma fantástica oportunidade para outro. Da mesma forma, tudo na vida pode ser visto com enfoques e maneiras diferentes.
A sabedoria popular traduz essa situação com a seguinte frase: "As pessoas tristes acham que o vento geme. as alegres, que ele canta." O mundo é como um espelho que devolve a cada pessoa o reflexo de seus próprios pensamentos. A maneira como encaramos a vida faz toda a diferença.

Só Deus pode restaurar o que se quebrou em sua vida, só o amor de Deus pode te tirar da tristeza que sente agora e criar algo maravilhoso em sua vida. Deus é bom e misericordioso, e Ele não pede nada em troca, pede apenas que O você ame e confie n'Ele.

Só Deus pode trazer paz para aquilo que lhe aconteceu no passado, só Deus pode trazer um sentido para a sua vida no presente, e esperança no futuro. Os planos de Deus para nós são muito maiores do que os nossos sonhos. Nós, com a nossa pouca sabedoria humana, não sabemos dar o devido valor àquilo que realmente importa na vida, mas Deus, às vezes a duras pedras, nos mostra o que é importante de verdade.

Quando você estiver triste, feche os olhos, fique em silêncio e se aproxime de Deus. Quando oramos, nós falamos com Deus, mas quando meditamos, permitimos que Deus fale conosco, e é preciso saber sentir as palavras de Deus em nossa vida.

Se você confia em Deus, não há o que temer! Faça a sua fé ser maior do que o seu medo.

Fénelon escreveu que "o mais infeliz dos homens é aquele que assim se julga, porque a desgraça depende menos das coisas que sofremos do que da imaginação com que aumentamos a própria infelicidade". O mais infeliz dos homens é aquele que assim se julga. Uma grande verdade, porque felicidade e infelicidade são estados mentais. Não são os acontecimentos, em si, que fazem uma pessoa feliz ou infeliz, mas a ideia que essa pessoa faz desses acontecimentos. Uma outra frase diz: "os tristes dizem que os ventos gemem. os alegres acham que os ventos cantam". Tudo é questão de ótica mental. Você vê e sente as coisas através da mente. Pode ser que você tenha errado, feito besteiras, fracassado, que ninguém é infalível e nem perfeito. Mas ao invés de ficar aí se lamentando pelos cantos da casa, ou pelos consultórios psiquiátricos, levante a cabeça, corrija a direção do seu barco e siga em frente. Ficar se lamentando é uma maneira de perder tempo e vida. Siga em frente. Às vezes, o barco bater num galho de árvore, sofrer o atrito de um banco de areia, chocar-se com outro barco, mas seguindo em frente você somente ficará com a parte boa do acontecido, que é a lição para acertar melhor o roteiro e a certeza de que está chegando sempre mais próximo do objetivo. Se vai adiante, poderá acertar a rota. Se fica parado, a chorar o leite derramado, jamais chegará onde deseja. Por todas essas considerações, você percebe que a sua mente faz a sua felicidade ou infelicidade, o sucesso ou a depressão, enfim a sua vida. Preste bem atenção ao conteúdo das suas reflexões diárias sobre os fatos e situações, pois aí está a explicação do que lhe acontece. Se vive se queixando da vida, achando que não adianta fazer nada, vendo fantasmas e demônios por toda parte, sua vida irá de mal a pior, pois o que você planta na mente, colhe na realidade. Inunde sua mente, a sua alma, o seu coração, com a energia da felicidade. Proclame interiormente a felicidade, imagine-se feliz e verá que esta causa mental trará consigo o efeito correspondente. Pensar é ser...

Elas se amontoaram diante da porta – duas crianças abandonadas em sujos casacos.
- Tem algum papel velho, senhora?
Eu estava ocupada. Eu quis dizer não – até que eu olhei para seus pés. Pequenas e gastas sandálias, ensopadas com a chuva. - Entrem e eu farei uma xícara de chocolate quente para vocês.
Não houve nenhuma conversa. Elas deixaram as marcas das sandálias encharcadas sobre a soleira e todo o chão da sala.
Eu as levei até a cozinha e lhes servi chocolate quente e torrada com geleia tentando fortalecê-las contra o frio do lado de fora.
O silêncio na cozinha me atravessava. A menina segurava a xícara vazia em suas mãos. O menino perguntou, - Senhora... Você é rica? - Se eu sou rica? Com certeza, não!
Eu olhei para minha surrada toalha sobre a mesa. A menina colocou sua xícara de volta ao pires – cuidadosamente. - Sua xícara combina com seu pires. Ela disse com uma voz velha, com uma fome que não era do estômago.
Então as crianças partiram, levando seus pacotes de papéis velhos contra o vento. Elas não disseram obrigado. Não precisavam. Elas tinham feito mais que isto.
Eu fritei minhas batatas e terminei o molho de carne. Batatas e molho de carne... Um teto sobre nossas cabeças... Meu marido com um bom e estável emprego. Estas coisas combinavam, também.
Coloquei as cadeiras no lugar, apaguei o fogo e arrumei a sala. As impressões barrentas de pequenas sandálias ainda estavam pelo chão. Eu as deixei lá.
Eu quero que as marcas estejam lá para o caso de eu me esquecer novamente do quanto sou rica.

Não sei se o seu tempo na vida vai ser suficiente para você ser e fazer tudo o que deseja.
Mas sei que nada do que vivemos tem sentido se não tocamos o coração das pessoas, se nossa lembrança não desperta saudade no coração dos amigos, se, quando partimos, não deixamos no outro a esperança da nossa volta.
Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silêncio que respeita, alegria que contagia, lágrima que manifesta a emoção, olhar que acaricia, amor que aquece e fortalece.
E isso não é coisa do outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira, gostosa... enquanto durar.
Se você quer amor... ame! Você sabe amar? Sabe respeitar o que lhe contam? Sabe ouvir sem criticar? Sabe aceitar sem restrição?
Nada preenche o coração, a não ser o Amor, a Amizade.
O agasalho aquece o corpo, lindas roupas o embelezam, mas o que aquece a alma, o que faz brilhar o olhar, o que dá vontade de continuar é o Amor... Só o Amor!