Nenhuma mensagem foi encontrada :(

Outras Mensagens

Pra você quantos lados tens uma moeda?
A minha têm três, frente, verso e lateral.
A vida é feita de escolhas e caminhos que seguimos, neles cometemos erros e acertos, que no final terão consequências, sejam elas boas ou ruins.
Tudo depende da forma que olhamos as coisas, na vida toda situação exige uma reflexão, uma forma mais ampla de ver as coisas, basta olharmos para o lado certo e escolhermos o caminho a ser seguido, tirarmos o que tens de melhor de cada situação, cada caminho escolhido, para que no final olhemos para trás e tenhamos a certeza -"fiz valer a pena".

Por favor, me perdoe! Eu sei que errei. O que fiz não tem justificação. Eu prejudiquei quem eu menos quereria. E você sempre representou tudo para mim! E eu acabei estragando tudo.

E o pior é que agora estou pedindo seu perdão. Eu imploro por uma nova chance! Preciso de encontrar uma forma de recuperar o que perdi. Preciso de você! Por favor, me desculpe!

Você é uma criação perfeita da natureza, a sua vida é uma dádiva excepcional, e viver é um privilégio sem igual. Agora você duvida disso, mas não perca a fé, a esperança, pois quando existe vontade tudo pode acontecer. Um dia tudo muda e o que parecia impossível é superado.

A vida é um presente, meu amor, e por você, por mim, por todos que amam você, receba essa dádiva com a devida alegria!

Este seu jeitinho, menina sorriso Que você sorri para mim displicente Me faz sentir o calor que preciso, Eu sinto o sangue nas veias mais quente O meu coração parecendo partido Meus olhos brilham mais reluzentes, Sem tuas carícias entristecido Estou num abismo, muito carente.
Este seu alegre sorriso sempre inocente Que você sorri parecendo criança, Fica gravado profundo na mente, Eu não consigo tirar da lembrança. O teu olhar passeia insistente Procurando a esmo uma vaga esperança De beijar-me com beijos ardentes Beijo inocente do tempo de infância.
O olhar de serpente, beijar é gostoso, Me deixa contente mais é perigoso Pois faz o desejo ficar mais fogoso.
Que linda menina! Que bela ninfeta! Teu lindo sorriso é sempre fatal, Sorriso maroto forjando careta Ocultando um rostinho tão angelical.

Clara Barton, que fundou a Cruz Vermelha americana quando tinha 51 anos, era considerada "tímida como um rato, mas brava como um leão". Comprometida com sua missão, continuou a exercê-la mesmo na velhice. Não deixou que a idade a atrapalhasse.
Ela ia aonde quer que houvesse alguém precisando de conforto, em áreas de guerra, locais onde havia enchentes, terremotos ou febre amarela. Aos 77 anos, estava nos campos de batalha de Cuba, na guerra hispano-americana. Clara continuou seu trabalho até morrer, aos 91 anos.
Um dia, já bem velhinha, alguém a lembrou de uma ofensa que lhe fora dirigida, anos antes. Mas ela agiu como se jamais tivesse ouvido falar daquilo.
- Não se recorda? – a amiga perguntou.
- Não – Clara respondeu. – Lembro-me nitidamente de ter esquecido isso.