Mensagens de Vida

Desde quando nos separamos, percebi que algo de muito importante morreu dentro de mim.
Não sei o que é, mas sinto que você levou junto contigo algo, não sei.
Antes de te conhecer meu coração era sempre aberto a receber novos amores.
Hoje nem pensar, não consigo amar mais ninguém.
Não sei o que acontece comigo, não dou importância a mais nada.
Não amo mais, não sinto mais o meu coração bater por mais ninguém.
Estou fria, muito fria, parece até que estou morta.
Verdade parece que morri por dentro, hoje não ligo pra quem chega.
Não ligo pra quem vai, não ligo mais pra nada, você se foi e junto contigo levou a minha vida.
Aquele sonho que sonhamos juntos era apenas um sonho e acordei.
Acabou, tudo se acabou, hoje vivo friamente, tentando te esquecer.
Inventando pro meu coração novos amores, novas paixões.
E na verdade, são apenas doces mentiras, que tenho que inventar para poder sobreviver.
Para ver se engano meu pobre coração.
Mas ele não é bobo, sabe que você se foi e levou a chave do meu coração junto contigo.
Não posso me conformar em saber que hoje você se encontra com outra e nem pensa em mim.
Nem se quer se lembra que eu um dia existi na sua vida.
É, to aqui, morta por dentro, fria, sem rumo pra seguir.
Não consigo viver a minha vida em paz, se arrependimento matasse.
Estaria enterrada há muito tempo.
O duro é que ainda resta esperança dentro de mim.
Quem sabe um dia você se lembre que eu existo.
E devolvera aquela alegria que eu tinha que você levou contigo.

Ainda Te amo muito!

Um homem tinha tudo o que sempre quis e imaginou ter na vida. Seus sonhos eram realizados, sua família muito grande e bonita e os seus bens não paravam de crescer. Ele possuía tudo e sua saúde também era inabalável.

Um dia, porém, como uma desgraça repentina, este homem perdeu absolutamente tudo. Ficou na miséria e ainda teve a saúde afetada por uma doença terrível. Ele ficou praticamente só, caído, desanimado e desejando até mesmo a própria morte.

Apesar da atualidade do fato, este caso ocorreu há milhares de anos com um homem chamado Jó. Esse personagem está descrito na Bíblia como uma pessoa justa e reta diante de Deus e que procurava se desviar do que manchava a sua fé (Leia Jó 1:8). No entanto, isso não foi suficiente para mantê-lo longe da tristeza que lhe abateu nem da falta de esperança que se aproximava cada vez mais forte.

Houve situações em que ele lamentava e chorava, em outras amaldiçoava o dia em que nasceu, lembrava-se do período em que era rico e feliz ao lado da família e afligiu-se tanto até que finalmente perdeu a esperança na vida, mas escolheu mantê-la.

Se ocorresse de Jó se matar, o caso dele seria mais um (como acontece em nossos dias) de pessoas que, por perderem tudo, ou por causa de traição e decepção, ou mesmo por uma falta de sentido à vida, não conseguem mais manter a fé, nem em Deus nem em si mesmas, e que por isso escolhem acabar com ela.

Jó, porém, não perdeu a fé. E, apesar de tanto sofrimento, a proclamou quando disse: "Porque eu sei que o meu Redentor vive e por fim se levantará sobre a terra. Depois, revestido este meu corpo da minha pele, em minha carne verei a Deus" (Jó 19:25-26)

Qual é a situação em que você se encontra no momento? A falta de esperança tem lhe tirado o sono e lhe trazido peso? Como voltar a ter fé, mesmo em um momento de desespero e angústia?

Faça como Jó: declare a sua fé e clame ao mesmo Deus que o tirou do pó e lhe restituiu tudo o que havia perdido, principalmente, a paz.

Jaqueline Corrêa