Mensagens de Paz

é preciso não pensar na idade
mas vive-la;
Saber ser feliz
é preciso antes de tudo
encontrar a paciência
suprir a necessidade da mente
em busca do dia-a-dia
na consciência de entender
que um dia você pode lutar para vencer
mesmo que antes já tivesse sido derrotado
mas sem nunca perder as esperanças.
Porque o comodismo é a injustiça da liberdade
que provoca o transtorno do pecado
e o desamor a condição de caminhar pela paz.
E a vida é todo espaço de tempo
que temos para pensar
no momento em que estamos consciente
do que fazemos em benefício do amanhã.

Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor;
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;
Onde houver discórdia, que eu leve a união;
Onde houver dúvida, que eu leve a fé;
Onde houver erro, que eu leve a verdade;
Onde houver desespero, que eu leve a esperança;
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;
Onde houver trevas, que eu leve a luz.
Ó mestre, fazei que eu procure mais
Consolar, que ser consolado;
Compreender, que ser compreendido;
Amar, que ser amado.
Pois, é dando que se recebe,
É perdoando que se é perdoado,
E é morrendo que se vive para a vida eterna.

Se pesos de areia caírem sobre mim. Se lençóis de cimento, protegerem meu corpo. Lembra-te! Não morri, estou vivendo cada vez mais. Se abrires a porta do meu quarto e a cama estiver vazia, deita-te, estarei ao teu lado. Não morri estou vivendo cada vez mais. Se estiveres triste, lembra-te dos meus sorrisos. Se sentires solidão, lembra-te da minha voz. Se sentires tédio, lembra-te dos meus carinhos. Se quiseres chorar, chores enxugarei tuas lagrimas com as mãos invisíveis que tenho agora. Não morri, estou vivendo cada vez mais. Se chamares por mim, te ouvirei. Se quiseres me ver, olha-me, no velho retrato que guardas no álbum de recordações. Para sentir-me, abraça-te ao travesseiro que outrora me adormeceu. Ele tem o perfume das rosas, a maciez das plumas e o aconchego da paz. Se por acaso quiseres esquecer-me, lembre-te apenas não morri, passei pela vida que fica para todos. Mesmo passando, lembra-te que fico, para ti serei eterno

MÃE

Você é a mais doce e pura criatura!
A dedicada esposa, mulher e protetora!
Você... Que me permitiu viver e sonhar
Que me amparou e me ensinou a caminhar!

MÃE

É seu, o mérito do sucesso que se diz meu!
Pois, você soube transmitir com seu amor,
Sem buscar descanso, com alegria e louvor,
A garra de luta e a grande vontade de vencer!

MÃE

Você plantou em mim a harmonia e a paz.
Soube ensinar-me a ser alguém antes de ter.
Você mostrou sempre como amar e a perdoar!

MÃE

Você... Ensinou-me a respeitar e ser respeitada!
Você... Ensinou-me a ter honra e ser honrada!
Você... Ensinou-me a sublime arte de ser Mãe!

É, não tem sido fácil...
Ficar tanto tempo longe de você.


A presença em meu coração
De lembranças tão fortes,
Simplesmente não permite que eu tenha paz.


Ter você comigo foi algo forte demais
E eu não consigo conformar-me com a tua falta.
Não quero pensar em causas,
Nos motivos que levaram você de mim
E muito menos no tempo em que estamos separados.


Pensar nisto, é talvez tentar medir
A dimensão de minha saudade e isto é impossível.
Você teve os seus motivos para ir e eu tive os meus para ficar.
Penso então que temos nossas razões
para estarmos longe um do outro.


Olha, tenho tentado contabilizar as perdas.
O que você tirou de mim e levou embora junto com você?
Qual a parte de mim, que você escolheu
Para machucar com a saudade?
Realmente não sei.


O tempo talvez responda, o tempo talvez cure,
O tempo talvez apague...
Tudo o que sei é que...


Sinto saudades de você...

Te desejo uma fé enorme.
Em qualquer coisa, não importa o quê.
Desejo esperanças novinhas em folha, todos os dias.
Tomara que a gente não desista de ser quem é por nada nem ninguém deste mundo.
Que a gente reconheça o poder do outro sem esquecer do nosso.
Que as mentiras alheias não confundam as nossas verdades, mesmo que as mentiras e as verdades sejam impermanentes.
Que friagem nenhuma seja capaz de encabular o nosso calor mais bonito.
Que, mesmo quando estivermos doendo, não percamos de vista nem de sonho a ideia da alegria.
Tomara que apesar dos apesares todos, a gente continue tendo valentia suficiente para não abrir mão de se sentir feliz.
As coisas vão dar certo.
Vai ter amor, vai ter fé, vai ter paz - se não tiver, a gente inventa.
Te quero ver feliz, te quero ver sem melancolia nenhuma.
Certo, muitas ilusões dançaram.
Mas eu me recuso a descrer absolutamente de tudo, eu faço força para manter algumas esperanças acesas, como velas.
Que 2011 seja doce. Repito sete vezes para dar sorte: que seja doce que seja doce que seja doce e assim por diante.
Que seja bom o que vier, pra você.

Caio Fernando Abreu

Morena jambo, cravo e canela, galega?
Alvinho, branquinho, pretinho, negão?
Branco sujo, amarelo, encerado, vermelho?
Pardo, verde, branquelo, carvão?
Mulata, moreninha clara, loirinha bombril?
Queimado de sol, bronzeado de verão?
Mulata cor do Brasil?
Ruivo, russo, pintadinho?
Branco puxando para moreno?
Moreno puxando para preto?
Mais ou menos branco, filho de alemão?
Chinoca, japa, índio, united colors?
Cor de burro quando foge?
Cafuzo, confuso?
Morena clara, morena médio, morena escura?
Preta, preta, pretinha?
Azul zulu?
Dourado, acobreado?
Branco encardido?
Preto bonito?
Moreno jamelão?

Qual é a sua cor?
E qual a cor do seu coração?

Por fora, podemos ser todos diferentes.
Mas por dentro somos todos iguais.
No peito de todos nós bate um coração vermelho.
E em todas as almas devia reinar o branco da paz.

Eu quero PAZ!


Quero meu neto brincando na praça.
Quero sorrir para a moça que passa.
Quero sentar ao lado sem cuidado
da mulher...
do menino...
do desempregado...
sem medo do revólver guardado.
Quero...

sair na tarde fria
caminhar na noite vazia
olhar o mundo com alegria
sem temor...
sem agonia...
sem vigília...
Quero...
a criança dormindo
seu caminho seguindo
o velho se despedindo
partindo... velhinho!
O homem ganhando na vida a corrida.
E a gente morrendo de morte morrida.
QUERO...
um Brasil com vergonha na cara
de gente que AMA!
de gente que VIVE!
de gente que FAZ!
BASTA!

Ana Merij

Das mais variadas cores e formas, a mãe natureza nos doa diariamente seu amor.
Em cada flor, o seu beijo matinal.
Olhamos e não avaliamos o quanto uma roseira quer nos ofertar. Olhamos e achamos bela.
Mas belo é tão pouco, em relação ao muito que as plantas podem nos passar.
Infelizmente, acostumados que estamos a ver o lado prático das coisas, vemos a utilidade de uma roseira dar rosas, de uma quaresmeira dar flores, do lírio dar lírios. Assim, com a mesma naturalidade com que visualizamos a objetividade das ações dos outros para conosco.
Quando paramos e nos detemos mais em uma flor, já a mentalizamos em nosso jardim.
Por que não mentalizá-la no nosso jardim interior e, ao menor desejo, sacá-la do inconsciente e vivenciá-la como se a estivéssemos vendo pela primeira vez?
Flor, beleza.
Flor, poesia.
Flor, alegria.
Pense em sua vida como uma flor.
Procure observá-la e admirá-la sempre, para que você possa buscá-la e encontrá-la sempre. Sempre que as direções se cruzarem, sempre que o rastro dos caminhos se apagarem para si.
Não há sofrimento maior que sentir a solidão de não ter sensibilidade suficiente dentro de nós, para contemplar uma flor.
Flor.
Deixe uma brotar dentro de você.
Paz,

O ódio nunca desaparece enquanto pensamentos de mágoa forem alimentados na mente. Ele desaparecerá tão logo esses pensamentos de mágoa forem esquecidos.
Se o telhado for mal construído ou estiver em mau estado, a chuva entrará na casa; assim, a cobiça facilmente entra na mente, se ela é mal treinada ou está
fora de controle.
Um fabricante de flechas tenta fazê-las retas; assim, um sábio tenta manter correta a sua mente.
Uma mente perturbada está sempre ativa, saltitando daqui para lá, sendo de difícil controle; mas a mente disciplinada é tranquila; portanto é bom ter sempre a mente sob controle.
Aquele que protege sua mente da cobiça, ira e da estultícia desfruta da verdadeira e duradoura paz.
Proferir palavras agradáveis, sem a prática das boas ações, é como uma linda flor sem a fragrância.
A fragrância de uma flor não flutua contra o vento; mas a honra de um homem transparece mesmo nas adversidades do mundo.
Numa viagem, um homem deve andar com um companheiro que tenha a mente igualou superior à sua; é melhor viajar sozinho do que em companhia de um tolo.
Um amigo insincero e mau é mais temível que um animal selvagem; a fera pode ferir-lhe o corpo mas o mau amigo lhe ferirá a mente.
Ser tolo e reconhecer que o é vale mais que ser tolo e imaginar que é um sábio.
O leite fresco demora em coalhar; assim, os maus atos nem sempre trazem resultados imediatos. Estes atos são como brasas ocultas nas cinzas e que, latentes, continuam a arder até causar grandes labaredas.

Não lute mais
Descanse
Não dê força para seus inimigos
Vença-os com o perdão
Não cultive a impaciência
Vença-a com a segurança
Não delapide a paz dos outros
Coopere com o silêncio
Não se afaste do seu coração
Una-se a si mesmo
Não dê trelas aos problemas
Vença-os com a luz interior
Não coopere com as críticas
Supere-as com seu desprezo
Não se deixe vitimar
Assuma sua liberdade de escolha
O bem é saber
que o único meio de vencer
É usar a inteligência
com compaixão
Por isso não lute mais
Descanse

Luiz Gasparetto

Quero beijos sinceros e apaixonados!
Quero viagens inesquecíveis!
Quero carinho, cafuné, colo!
Quero amigos loucos e felizes!
Quero me apaixonar!
Quero me jogar!
Quero voar!
Quero abraços, muitos abraços!
Quero adrenalina, suspense, aventura!
Quero quem tá longe de volta!
Quero chorar de rir!
Quero toque, pele, química, desejo!
Quero amar e ser correspondido!
Quero viver de amor!
Quero sorrisos verdadeiros!
Quero abraços apertados!
Quero beijos intermináveis!
Quero mordidas carinhosas!
Quero palavras confiáveis!
Quero arrepios surpreendentes!
Quero atitudes sinceras!
Quero gargalhadas gostosas!
Quero momentos inesquecíveis!
Quero respeito acima de tudo!
Nada de brigas!
Nada de confusões!
Só quero paz pro meu coração!
Lembre-se... Nunca é tarde para recomeçar e buscar ser feliz
Quero ser feliz e tem que ser agora!

Tua caminhada ainda não terminou...
A realidade te acolhe
dizendo que pela frente
o horizonte da vida necessita
de tuas palavras
e do teu silêncio.

Se amanhã sentires saudades,
lembra-te da fantasia e
sonha com tua próxima vitória.
Vitória que todas as armas do mundo
jamais conseguirão obter,
porque é uma vitória que surge da paz
e não do ressentimento.

É certo que irás encontrar situações
tempestuosas novamente,
mas haverá de ver sempre
o lado bom da chuva que cai
e não a faceta do raio que destrói.

Tu és jovem.
Atender a quem te chama é belo,
lutar por quem te rejeita
é quase chegar a perfeição.
A juventude precisa de sonhos
e se nutrir de lembranças,
assim como o leito dos rios
precisa da água que rola
e o coração necessita de afeto.

Não faças do amanhã
o sinônimo de nunca,
nem o ontem te seja o mesmo
que nunca mais.
Teus passos ficaram.
Olhe para trás...
mas vá em frente
pois há muitos que precisam
que chegues para poderem seguir-te.

Charles Chaplin

Insegurança, medo?
Saiba: todos nós somos assim...
Pensas que eu sou sempre seguro de mim?

Enganas-te...
Às vezes sou um menino,
Carente, assustado,
E, cheio de preconceitos...

De mim mesmo, por que não?
Só não vivo meus medos,
Só não me exponho quebrado,
Pois tenho o teu amor e apoio,

Por que tenho você ao meu lado...
Fazes a diferença,
Alentas-me em meus caminhos...
Perco-me em sonhos contigo!

És sempre meu maior desejo,
Encontro em ti a paz,
Escondo neste amar as tristezas,
És meu mais doce abrigo!

Shimon Goldwyn

Natal é a ternura do passado, o valor do presente e a esperança de um futuro melhor. É comungar com as pessoas que amamos a fartura e o amor que nos foi dado pelo sacrifício de um homem que nasceu menino e subiu aos céus para sentar-se ao lado do Criador. É o desejo mais sincero de que cada coração se encha com bênçãos ricas e eternas e que cada caminho nos leve à paz. Boas festas para todos!

A tinta mancha o papel,
fingindo ser escrita,
mas que não passa de
um borrão só!
A mão que me segura,
já secou muitas lágrimas
vindas do coração,
quem me dera ter
um pouquinho de dom
para escrever uma poesia!
Sozinha não sou nada,
sem a velha mão cansada,
se fosse então feliz seria
male mal escrevo cartas
de amor ultrapassado
de um casal de velhinhos
pela morte separados.
ela ainda me pega as poucas
pela tinta que carrego,
ele já há muito descansa
em paz, e é nas mãos
dela que me entrego!
me pega muito trêmula
sempre que esta a chorar
molha-me a escrita, que pena!
mais uma carta a estragar.
chama-o carinhosamente:
meu querido amor menino
fico feliz quando escreve.
porem, cartas sem destino!

Pela verdade, pelo riso, pela luz, pela beleza,
Pelas aves que voam no olhar de uma criança,
Pela limpeza do vento, pelos atos de pureza,
Pela alegria, pelo vinho, pela música, pela dança,
Pela branda melodia do rumor dos regatos,

Pelo fulgor do estio, pelo azul do claro dia,
Pelas flores que esmaltam os campos, pelo sossego dos pastos,
Pela exatidão das rosas, pela Sabedoria,
Pelas pérolas que gotejam dos olhos dos amantes,
Pelos prodígios que são verdadeiros nos sonhos,
Pelo amor, pela liberdade, pelas coisas radiantes,
Pelos aromas maduros de suaves outonos,
Pela futura manhã dos grandes transparentes,
Pelas entranhas maternas e fecundas da terra,
Pelas lágrimas das mães a quem nuvens sangrentas
Arrebatam os filhos para a torpeza da guerra,
Eu te conjuro ó paz, eu te invoco ó benigna,
Ó Santa, ó talismã contra a indústria feroz.
Com tuas mãos que abatem as bandeiras da ira,
Com o teu esconjuro da bomba e do algoz,
Abre as portas da História,
deixa passar a Vida!

Amanhecer silencioso,
Felicidade discreta,
Certeza de sentimentos,
Coração alegre
Ignorando a solidão.
Alma segura,
Jardim perfeito,
Obras da vida
Esperança de um amanhã,
Paz ao mundo,
Desejos de felicidade
Para aqueles que sentem dor...
A felicidade ás vezes é um presente,
Mas as vezes é uma conquista.
Desejos que a felicidade se espalhe
E entregue para as lágrimas
A verdadeira razão de sorrir.
Não ouça a solidão,
Enquanto ela te chama aos gritos
A felicidade murmura ao seu coração
Desejos verdadeiros;
Desejos de ver o mundo
Iluminado de felicidade...

Por que, meu amigo, neste momento trazes no coração, na alma, tanto ressentimento? Ressentimento que se transforma em raiva, que se transforma em rancor, que se transforma em ódio e que envolve todo o teu ser em energias negativas que te embotam o pensamento, que te corroem a alma, que te tiram o discernimento, a razão, o bom senso, o sono, o sossego... E te deixam nesta inquietude, neste desespero, atraindo para ti tantas outras energias mais negativas que as tuas próprias. Pensas alcançar teu objetivo? Às vezes alcanças, quase sempre alcanças... Mas o mal maior que estás fazendo, é para ti mesmo. Então, neste momento, volta os olhos para dentro do teu próprio coração. Plantaste, na verdade, tudo aquilo que estás colhendo agora. Não és o ofendido, foste o ofensor. E por isto, neste momento, sofres desta maneira.
Recuar, retroceder, reerguer-te, tentar abrir uma brecha, por menor que seja, de reconhecimento das tuas falhas, neste momento, será uma pequena luz que adquirirás. E com este trabalho, voltado para ti mesmo, revendo todos os teus passos, julgando a ti próprio e não àquele a quem odeias, verás como o alívio virá. Verás como é bom reconhecer, verás como é bom aceitar, verás como o perdão traz a tranquilidade, traz a paz, traz energias renovadoras que, com certeza, far-te-ão um grande bem.
Reflete e melhora-te. Não julgues, porque não és julgado.

Amanhece,
Que lindo dia!
O azul do céu
Pactuado com a brancura das nuvens.

O Sol preste a surgir,
A vida começa agora!
Os pássaros a cantar,
As flores como divas a mostrar suas belezas,
Os peixes a nadar nas alvas águas dos riachos e mares.
Tão grandiosa harmonia da natureza que nos condiciona a PAZ.

Ele divide o seu tempo,
Caminha, despertando sabedoria,
é parceiro da alegria de tantos.
Abre portas de um novo amanhã,
Questiona a vida e desperta uma realidade.
Nas fórmulas, de raciocínios e regras.

Mestre!
Que estende a mão,
tem o diálogo da nova caminhada
para a aventura da vida.
Faz germinar a missão de ensinar não só letras,
Mas, paz, esperança, solidariedade e coragem,
Para um novo amanhã que virá.
Um exemplo para vencer na vida.
As lições permaneceram: alguém que superou a dor,
que foi lembrança, razão e o progresso,
superando o cansaço a preocupação.
Apenas uma luz, em suas mãos, um livro, uma pintura.
Em seu olhar, a alegria de uma poesia.

Feliz dia 15 de outubro, Dia do Professor!

Sonhar
Mais um sonho impossível
Lutar
Quando é fácil ceder
Vencer o inimigo invencível
Negar quando a regra é vender
Sofrer a tortura implacável
Romper a incabível prisão
Voar num limite improvável
Tocar o inacessível chão
É minha lei, é minha questão
Virar esse mundo
Cravar esse chão
Não me importa saber
Se é terrível demais
Quantas guerras terei que vencer
Por um pouco de paz
E amanhã, se esse chão que eu beijei
For meu leito e perdão
Vou saber que valeu delirar
E morrer de paixão
E assim, seja lá como for
Vai ter fim a infinita aflição
E o mundo vai ver uma flor
Brotar do impossível chão

Chico Buarque