Palavras De Conforto - Mensagens

Quando levamos um tombo, quando não conseguimos o que queremos, quando estamos doentes, tudo isso dói, mais não existe dor maior do que a dor da perda, mais não é a perda de bens materiais, é a perda de um ser, quando uma pessoa perde a casa é ruim, porém ela ainda tem a vida para poder lutar e reconquistar uma casa mil vezes melhor do que a casa antiga; quando se perde dinheiro ainda assim se tem a vida para poder trabalhar e reconquistar o que se perdeu; quando se perde uma bola ainda assim pode-se comprar outra; mas e quando se perde a VIDA?
É ruim perder coisas que conquistamos com o nosso esforço, mas nada é comprável a dor que se sente quando se perde alguém, quando essa pessoa morre, somente o que resta é o vazio, a tristeza, não existem telefones para amenizar a saudade, que bom seria se existissem telefones no céu! mas não existem...
A vida é curta, o tempo mais ainda, as pessoas vivem se queixando de tudo, se queixam das roupas que tem, se queixam do dinheiro que ganham, enfim, ACORDEM se gastassem o tempo que passam reclamando da vida, fazendo algo de produtivo suas vidas seriam bem melhores, deixem a pessoa que amam com uma palavra de carinho, vocês não sabem se poderão fazê-lo mais tarde.
A morte pode tirar as pessoas do nosso lado, mais não podem tirá-las do nosso coração, por isso ele sangra cada vez que perdemos alguém que amamos, mais ele se restaura pois sabe que a partir dali ele será o único lugar em que encontraremos nossos entes queridos cada vez que sentirmos a sua falta...
Para ligar para o céu, o único telefone é o joelho, somos atendidos por aquele que nos dera a VIDA, mas muitos fecham o coração e não escutam quem está do outro lado da " linha".

O Senhor está perto de todos os que o invocam, de todos os que o invocam, com sinceridade. Sl. 145.18
Cada vez é mais difícil ouvir dos outros palavras confortadoras. Ouvimos falar de problemas financeiros, doenças e coisas imorais. Muitas conversas são cansativas e sem sentido. Parece que não é possível encontrar uma companhia agradável, alguém que possamos chamar de amigo e a quem confiar nossas dúvidas e tristezas.
Essa busca tem tornado as pessoas ávidas por informação. Nunca tivemos tanto acesso a notícias e a pessoas como hoje. A cada segundo podemos ver na internet o que está acontecendo no mundo. Por meio de sites as pessoas têm se mostrado on-line 24 horas por dia. Programas do tipo Reality Show têm se multiplicado. Mas, mesmo com tantas informações sobre pessoas, são poucas as que poderíamos chamar de amigas, poucas as que poderiam nos ensinar alguma coisa útil. Agora, não podemos esquecer de olhar para Deus nesta busca por palavras de conforto e amizade. Ele é o único que tem palavras preciosas e completas para o nosso coração. Por meio da Bíblia podemos conhecer seus ensinos e pela fé ser confortados com a sua presença.
Precisamos ouvir as palavras que Jesus disse à seus discípulos. São palavras que servem para nós hoje. Uma vez Jesus disse a Felipe: Siga-me. Uma palavra que manifesta a forma intima que Jesus tem com as pessoas. Ele não dá uma tarefa para Felipe cumprir ou uma ideia para ele refletir, mas uma pessoa a quem obedecer. A grande palavra de Jesus a nós é "siga-me". Em um undo sem direção, somos chamados a olhar para Jesus e segui-lo.
Jesus, quando estava para partir deste mundo, disse que o Pai daria outro conselheiro para estar conosco para sempre. Se temos a sensação de solidão e desamparo, é porque nos esquecemos da presença real de Jesus por meio do Espírito Santo. Jesus disse que não somos órfãos, ele não nos deixou só, ele está conosco e por isso podemos segui-lo sempre de perto.

A amizade de Deus é demonstrada em sua proximidade.

Tirado do nosso Pão Diário.

É estranho, mas cheguei à conclusão de que há uma pequena dose de dor em tudo o que envolve o amor.
O amor dói em forma de saudade, quando sentimos a ausência de alguém, por distância ou mesmo morte.
O amor dói pela solidariedade, pois quando sabemos que o ser amado sofre, sofremos juntos. O amor dói fisicamente, pois trazer alguém ao mundo, como fizeram todas as mães, é um ato nobre, mas extremamente dolorido.
O amor traz a angústia da falta, mas nos recompensa pela eventual presença física e nos traz a felicidade de algumas certezas indizíveis e indescritíveis. afinal, sabemos quando somos amados.
Ele não precisa ser reafirmado durante as 24 horas do dia. Não precisa ser juramentado ou confirmado em cartório. Ele apenas existe, paira sobre as almas e os corações como se fosse um anjo de asas generosas e grandes. Se traz o medo da solidão, traz, por outro lado, a certeza da companhia.
Existem várias formas de amor: o fraternal, o romântico, o filial, o maternal ou paternal. Cada um se manifesta de forma diferente. Cada um traz angústias peculiares, mas todos eles guardam uma carga de emoção tão forte que não pode ser explicada por palavra qualquer, e muito menos ser medida por qualquer aparelho.
O amor dói, também, quando nos sentimos impossibilitados de ajudar, quando nos sentimos impotentes diante da dor do amado, diante do sofrimento do outro. Amor é sinônimo de sincero interesse pelo bem estar do próximo, é antônimo de desprezo.
Não há nada mais belo no mundo do que amar de forma franca, sem qualquer dissimulação. Assim, quero que saibas que sempre que penso em ti, os meus pensamentos são os mais puros e sinceros.
Penso em tudo o que possa te trazer conforto e prazer, em tudo o que possa te fazer mais feliz.
Jamais medirei esforços para dar-te tudo o que mereces. Tu és uma joia, algo raro, belíssimo e valioso, que eu quero guardar comigo, no meu coração, pelo resto da vida, mesmo que isso ainda me custe mais algumas inquietudes.
Eu, sinceramente, amo você. E farei qualquer coisa em nome deste sentimento.