Mensagens de Primavera

Há muito tempo, não muito longe daqui, havia um reino muito engraçado. Todas as coisas eram separadas pela cor. As borboletas brancas só visitavam o canteiro branco. As borboletas azuis só visitavam o canteiro azul.
Neste reino viviam Julieta e Romeu.
Julieta era uma borboleta amarela do canteiro amarelo e Romeu uma borboleta azul do canteiro azul. Seus pais sempre avisavam para que não passeassem em canteiros de outra cor.
Um dia, na primavera, Ventinho convidou Romeu para dar um passeio no canteiro amarelo. Chegando lá, ventinho apresentou Romeu a Julieta e os dois logo ficaram amigos.
Romeu e Julieta começaram a brincar e saíram para conhecer melhor o reino. Ficaram encantados com tudo o que viram e acabaram entrando na floresta. Quando a noite chegou, Romeu e Julieta não conseguiram encontrar o caminho de volta.
Enquanto isso, lá no canteiro amarelo, a mãe de Julieta estava desesperada, e lá no canteiro azul, o pai de Romeu estava preocupadíssimo.
Eles não sabiam o que fazer para encontrar os filhos, até que a Dona borboleta amarela tomou coragem e foi falar com a Dona borboleta azul, falaram com o senhor Vento e todas as borboletas saíram de canteiro em canteiro procurando o Romeu e a Julieta.
Quando amanheceu o dia, o céu estava cheio de cores. Todos se misturaram para ajudar. Quando Romeu e Julieta viram seus pais, ficaram felizes em poder voltar para casa.
E quando chegou de novo a primavera tudo estava diferente naquele reino. Os canteiros tinham todas as cores misturadas. Margaridas, cravos, dálias, miosótis, rosas, cresciam juntas, misturadas.
E juntas brincavam as borboletas.
Nada diferente de nós quando vivemos sem preconceitos, e todos os dias são primavera em nossa vida. Porque amamos nosso semelhante independente da sua cor. Vale seu coração e alegria de estarmos juntos em paz.

Às vezes nos perguntamos: "O que eu fiz pra merecer isso?" ou..."Por que Deus tinha que fazer isso justo comigo?"... Aqui vai uma belíssima explicação.
A filha dizia à mãe como tudo ia errado. Ela não se saíra bem na prova de Matemática, o namorado resolveu terminar com ela e a sua melhor amiga estava de mudança para outra cidade. Em horas de amargura, a mãe sabia que poderia agradar a filha preparando-lhe um bolo. Naquele momento não foi diferente. Abraçou a filha e levou-a à cozinha, conseguindo arrancar da moça um sorriso sincero.
Logo que a mãe separou os utensílios e ingredientes que usaria e os colocou na mesa, perguntou à filha:
-Querida, quer um pedaço de bolo?
– Mas já, mamãe? É claro que quero. Seus bolos são deliciosos...
-Então está bem, respondeu a mãe. Tome um pouco desse óleo de cozinha!
Assustada, a moça respondeu: – Credo, mãe!
– Que tal então comer uns ovos crus, filha?
– Que nojo, Mãe!
– Quer então um pouquinho de Farinha de Trigo ou Bicarbonato de Sódio?
– Mãe, isso não presta!
A Mãe então respondeu: – É verdade, todas essas coisas parecem ruins sozinhas, mas quando as colocamos juntas, na medida certa... Elas fazem um bolo delicioso! Deus trabalha do mesmo jeito. Às vezes a gente se pergunta por que Ele quis que nós passássemos por momentos difíceis, mas Deus sabe que quando Ele põe todas essas coisas na ordem exata, elas sempre nos farão bem. A gente só precisa confiar n'Ele e todas essas coisas ruins se tornarão algo fantástico!
Deus é louco por você. Ele te manda flores em todas as Primaveras...O nascer o Sol todas as manhãs... E sempre que você quiser conversar, Ele vai te ouvir! Ele pode viver em qualquer lugar do universo, e ele escolheu o seu coração!

OLHA no teu jardim as rosas entreabertas, e nunca as pétalas caídas...
OBSERVA em teu caminho a distância vencida e nunca o que falta ainda...
GUARDA do teu olhar os brilhos de alegria e nunca as névoas de tristezas...
RETÉM da tua voz risadas e canções e nunca os teus gemidos...
CONSERVA em teus ouvidos as palavras de amor e nunca as de ódio...
GRAVA em tua pupila o nascer das auroras e nunca os teus poentes...
CONSERVA no teu rosto as linhas do sorriso e nunca os sulcos do teu pranto...
CONTA aos homens o azul das tuas primaveras e nunca as tempestades do verão...
GUARDA da tua face apenas as carícias, esquece as bofetadas...
CONSERVA de teus pés os passos retos e puros, esquece os transviados...
GUARDA de tuas mãos as flores que ofertaram, esquece os espinhos que ficaram...
De teus lábios CONSERVA as mensagens bondosas, esquece as maldições...
RELEMBRA com prazer as tuas escaladas, esquece o prazer fútil das descidas...
RELEMBRA os dias em que foste água limpa, esquece as horas em que foste brejo...
CONTA e mostra as medalhas das tuas vitórias, esquece as cicatrizes das derrotas...
OLHA de frente o Sol que existe em tua vida, esquece a sombra que fica atrás...
A flor que desabrocha é bem mais importante do que mil pétalas caídas.
E só um olhar de amor pode levar consigo calor para aquecer muitos invernos...
A BONDADE é mais forte em nós
E dura muito mais do que o mal que nós mesmos praticamos...
SÊ OTIMISTA, e não te esqueças de que...
É no fundo das noites sem luar que brilham muito mais as estrelas!
Que teu jardim seja o mais florido do mundo!