Gentileza - Mensagens

1. Mexa-se
Diante das adversidades, não fique lamentando, queixando-se ou tendo pena de si mesmo. Haja!

2. Mantenha o controle
Não se desespere, não perca o poder sobre as suas atitudes, não perca o equilíbrio mental e sobriedade. Mantenha-se racional.

3. Abrace as mudanças
Não tema as mudanças. Mesmo quando elas são necessárias e não planejadas ou desejadas, elas podem trazer um cenário positivo. Enfrente as mudanças com coragem.

4. Seja gentil
Você nunca sabe o que as pessoas que estão à sua volta estão passando. Procure ser sempre gentil. Gentileza gera gentileza e respeito. Uma pessoa respeitável é uma pessoa forte.

5. Não seja impulsivo
Antes de tomar uma atitude, reflita! Pense de modo racional o que esta atitude representa em sua vida, os impactos que pode causar, os aspectos positivos e negativos. Calcule sempre os ricos e não seja impulsivo.

6. Comemore as suas conquistas e a dos outros
É sempre mais feliz comemorar as nossas conquistas, mas cultive também a alegria com o sucesso dos outros. Pense no sucesso dos outros como um estímulo para você conquistar os seus objetivos.

7. Assuma os seus erros
É errando que se aprende, e faz parte deste processo assumir e se reconciliar com os próprios erros. Assuma os seus erros e busque repará-los, corrigi-los, aprender com eles e não repeti-los.

8. Aproveite o seu tempo sozinho
Muita gente não sabe ficar sozinho, mas o tempo em que estamos sós pode ser muito produtivo e importante para a nossa vida interior, é um tempo em que podemos nos dedicar apenas a nós, aos nossos pensamentos. Não tenha medo de ficar sozinho.

9. Pense positivo
O pensamento negativo não é produtivo. Não se apegue a pensamentos negativos, seja um otimista realista.

10. Reflita sobre os seus progressos
Faça um acompanhamento regular dos seus progressos e quão mais perto você está de suas metas. Aprenda a valorizar cada pequena conquista e enxergar isso como um passo importante para chegar onde você deseja.

Se eu pudesse definir o amor como algum sinal gráfico, ele seria um grandiosíssimo ponto de interrogação, acompanhado de uma belíssima exclamação.Existem vários tipos de amores...
Há os que arrasam nossas vidas, e nos deixam com um grande vazio no coração, deixando-nos depressivos e isolados; este é o famoso amor não correspondido.
Há também os que nos fazem delirar, vermos as coisas muito mais belas do que realmente são, mais ai adivinha? não é amor é paixão, porém a paixão é tão intensa e tão profunda que ficamos muito mais "abobalhados" e achando que realmente estamos amando de verdade, dormimos e acordamos e o primeiro pensamento é aquela pessoa especial.
Ainda bem que existe o amor entre amigos e familiares estes que nos acompanham sempre, que choram juntos, compartilham de momentos felizes e mesmo que briguem conosco e que façamos bobagens, estes sim sempre estarão ao nosso lado.
O amor é tão complexo e inexplicável, é um sentimento que pode preencher, ou fazer sofrer; que me desculpe o inesquecível Raul Seixas q disse : " Descobri que quando o amor é verdadeiro, não existe sofrimento" em um de seus shows, talvez o que ele disse seja realmente o certo, mais que levantem as mãos aqueles que sofreram por amor?!
É, amar realmente é complicado, mais o que seria de nós se não amássemos? seríamos vazios e sem conhecimento algum, pois se tem algo que eu aprendi é que o amor mesmo quando nos faz sofrer nos ensina algo, ele é pleno, e vem acompanhado de diversos sentimentos, alegrias, tristezas, raiva, gentilezas, enfim, que continuemos a amar e a tentar entender esse sentimento que nos transforma e enlouquece!!!

Se você mantiver os olhos abertos, sempre há algo para ver
"Eu amo as cores. Tenho de tê-las. Adoro aquarelas, lápis de cera, pastéis, marcadores, tintas, quanto mais variados, melhor. Tenho de estar o tempo todo fazendo algo e me ocupando. Caso contrário, a vida fica muito monótona. Vou até a clínica e ajudo. Não importa o que eu faça lá – encher envelopes, colocar etiquetas em pastas, qualquer coisa que eles precisem que seja feita. E o tempo todo, fico assistindo ao espetáculo. A equipe corre de um lado para o outro, os pacientes tentam conseguir o que querem. Todos estão fazendo suas coisas e eu tenho um assento na primeira fila. É assim que vou seguindo em frente. Não sinto pena nenhuma de quem fica sentado em casa, reclamando que não tem vida. Se quiserem dar uma olhada, há um mundo inteiro aqui fora." Lila Lane 77 anos
A gentileza nunca é desperdiçada
"Eu não acredito que tenha quase cem anos e ainda possa lhe contar coisas que aconteceram quando eu era uma menininha. Lembro daquele fazendeiro velho e rabugento que vivia perto de nós. Ainda posso ouvi-lo gritando conosco quando meus irmãos, minha irmã e eu cortávamos caminho pelas terras dele a caminho da escola. Mas no auge do inverno, quando a neve estava funda demais para qualquer atalho, ali estava ele, surgindo pelo caminho com a sua carroça para garantir que chegássemos à escola antes de congelarmos até a morte. Você se lembra de coisas assim, de pessoas que foram boas para você. Quando eu tinha 17 anos e estava saindo de casa pela primeira vez, pequei o trem e sentei-me de frente para uma velha senhora. Nós nos atrasamos em Chicago e ficamos sentadas ali por muito tempo. Eu estava faminta. De repente, a senhora enfiou a mão na bolsa e me deu uma maçã. Até hoje, sinto o gosto dessa maçã." Agnes McDougal 98 anos