Nenhuma mensagem foi encontrada :(

Outras Mensagens

Águas cristalinas
que murmuram,
que cantam,
que ressoam
dizendo:
Sejam felizes.

Águas cristalinas
que percorrem calmamente o seu leito
e vão abençoando
as plantas, os animais,
os seres humanos,
com as propriedades
reenergizantes
que são possuidoras.

Águas cristalinas
que banham as suas margens
com o líquido mais precioso
com que Deus nos presenteou.

E o murmúrio dessas águas
nos convida
a dominar nosso instintos,
a acalmar o nosso coração,
a repensar cada ação
que realizamos em nossa vida.

Águas cristalinas
que refrescam nossa face,
nosso corpo,
que lavam a nossa alma
com a paz que nos transmitem.

Águas cristalinas
que o homem,
em sua insensatez,
polui,
sem pensar que com seu mundo
está a acabar

Águas cristalinas
sigam seu percurso,
continuem,
com seu ressoar,
com seu marulhar,
sempre, sempre em frente.
E não permitam
que a mão,
que a ação do homem,
possa consigo
acabar.

Parabéns, meus lindos!
Ter vocês na minha vida...
É amar sem limites! É viver intensamente por vocês!
É acordar de madrugada várias vezes e não reclamar de nada. É ficar toda boba quando alguém pergunta se são gêmeos e se são meus. É chorar de felicidade quando olhamos para vocês e ver que são perfeitos. É ouvir choros duplos e ainda agradecer a Deus.
É me sentir a mamãe polvo para carregar os dois ao mesmo tempo. É acordar de madrugada para apreciar as minhas obras-primas. É sempre manter a calma mesmo quando eles estão nervosos.
É ter que pensar em um plano estilo 007 para sair com vocês sozinha... É tentar se acostumar com as comparações. É ter vontade de sumir para dormir 36h seguidas... É agradecer todos os dias a Deus por ter me dado esse dom de ser mãe duplex.
Vocês são a melhor coisa que já aconteceu na minha vida!
Beijão!

Somos transição, somos processo. E isso nos perturba. O fluxo de dias e anos, décadas, serve para crescer e acumular, não só perder e limitar. Dessa perspectiva nos tornaremos senhores, não servos. Pessoas, não pequenos animais atordoados que correm sem saber ao certo por quê. Se meu leitor e eu acertarmos nosso tom recíproco, este monólogo inicial será um diálogo - ainda que eu jamais venha a contemplar o rosto do outro que afinal se torna parte de mim. Então a minha arte terá atingido algum tipo de objetivo.

- Lya Luft

Obrigado não é bem a palavra que eu queria lhe dizer.

Eu queria poder encontrar outra forma de lhe falar
o quanto você foi e é importante para mim
e um simples Obrigado não possibilitaria isso.

Um dia eu vi a tristeza chegar de mansinho,
o vento bater na janela, a chuva cair no telhado...
e eu tive medo!

Parecia que tudo a minha volta estava errado,
que o mundo estava virado,
eu não tinha mais aquela alegria de viver,
que geralmente percebemos nos olhos das crianças.

Então, eu te encontrei...
e foi tão estranho porque você sempre esteve ali...
mas só então eu te senti e melhorei.

O sorriso aos poucos foi ficando nos meus lábios,
cada vez que eu te tinha do meu lado.

Hoje eu sei que não importa o tamanho da tragédia,
se você tem um amigo.

E amigo não é só aquele que mora na outra casa,
que você conheceu no trabalho, na escola.

Amigo também é aquele que você tanto ama,
seu namorado ou namorada,
sua mãe, seu pai, avô...

Amigo, pra mim, é você!

Mãe carinhosa, mãe dengosa Mãe amiga, mãe irmã Mãe sem ter gerado é a mãe de coração
Mãe solidão, Mãe de muitos, mãe de poucos Mãe de todos nós, mãe das mães Mãe dos filhos Mãe-pai: duas vezes mãe
Mãe lutadora e companheira Mãe educadora, mãe mestra Mãe analfabeta, sábia mãe Mãe dos simples e dos pobres Mãe dos que nada têm e dos que tudo têm Mãe do silêncio, mãe comunicação
Mãe dos doentes e dos sãos Mães dos que plantam e dos que colhem Mãe de quem nada fez e de quem compra feito
Mãe de quem magoou e de quem perdoou Mãe rica, mãe pobre Mãe dos que já foram, mãe dos que ficaram Mãe dos guerreiros e dos guerreados
Mãe que sorri, mãe que chora Mãe que abraça e afaga Mãe presente, mãe ausente Mãe do sagrado, mãe da luz Mãe de Jesus e mãe nossa.
Mãe, simplesmente mãe.