Nenhuma mensagem foi encontrada :(

Outras Mensagens

A Mãe e o Pai estavam assistindo televisão, quando a Mãe disse: – Estou cansada e já é tarde. Vou me deitar.
Foi à cozinha fazer uns sanduíches para o lanche do dia seguinte na escola, passou uma água nas taças, tirou carne do freezer para o jantar do dia seguinte, confirmou se as caixas dos cereais não estavam vazias, encheu o açucareiro, pôs tigelas e talheres na mesa e preparou a cafeteira do café para estar pronta para ligar no dia seguinte. Pôs ainda umas roupas na máquina de lavar, passou uma camisa e pregou um botão que estava caindo.
Guardou umas peças do jogo que ficaram em cima da mesa, e pôs a agenda do telefone no lugar dela. Regou as plantas, colocou o lixo, e pendurou uma toalha para secar.
Bocejou, espreguiçou-se, e se dirigiu para o quarto. Parou ainda na secretária e escreveu uma nota para o professor, pôs num envelope o dinheiro para uma visita de estudo, e apanhou um caderno que estava caído debaixo da cadeira.
Assinou um cartão de parabéns para uma amiga, selou o envelope, e fez uma pequena lista para o supermercado. Colocou ambos perto da carteira.
Nessa altura o Pai disse lá da sala – Pensei que você tinha ido deitar – Estou a caminho, respondeu ela.
Pôs água na tigela do cão, e chamou o gato para dentro de casa. Certificou-se que as portas estavam fechadas.
Espreitou para o quarto de cada um dos filhos, apagou a luz, pendurou uma camisa, atirou umas meias para o cesto da roupa suja, e conversou um bocadinho com o mais velho que ainda estava estudando.
Já no quarto, acertou o despertador, preparou a roupa para o dia seguinte e arrumou os sapatos. Depois lavou o rosto, passou creme, escovou os dentes e acertou uma unha partida.
A essa altura, o pai desligou a televisão e disse: – Vou me deitar... E foi... Sem mais nada.
Notam aqui alguma coisa de extraordinário? Ainda perguntam porque é que as mulheres vivem mais...?

E depois de tantas tentativas daqui a alguns meses chegará o nosso tão esperado dia! Desde que soube que seria papai vinha vida passou a ter um sabor especial, principalmente pela oportunidade de realizar o meu maior sonho com você ao meu lado. Toda a responsabilidade e noite mal dormidas serão extremamente bem-vindas, não vejo a hora de ver o rostinho do nosso filho e pegá-lo no colo!

Muitas vezes fico imaginando se tudo isso faz parte mesmo da realidade, ver o fruto do nosso amor ser formado dentro de você me faz todos os dias agradecer a Deus por ter encontrado você.

Espero que com a chegada do nosso filhinho nosso amor seja multiplicado e nos ligue cada vez mais. Saiba que a felicidade que sinto é tanta que não cabe em mim, e quero acompanhar todos os passos da nossa gravidez o mais próximo possível, para que os maiores amores da minha vida tenham certeza do quanto me fazem feliz!

Vocês são meu orgulho, minha razão de viver, meu incentivo para acordar todos os dias. Vocês, meus filhos, são minha vida! É até difícil expressar todo amor que sinto, porque acho que não existem sequer palavras suficientes para toda a alegria e felicidade que invadem meu coração, meus amores!

Acordar com a lembrança que minha dádiva é sua existência, transforma meu dia na melhor festividade do mundo! Obrigada por tudo que me oferecem, por tudo que representam em minha vida!

Venha comigo à prisão mais povoada do mundo. A instalação tem mais "pensionistas" do que beliches. Mais prisioneiros do que pratos. Mais "moradores" do que recursos.
Venha comigo à prisão mais opressiva do mundo. É só para prisioneiros, dirão à você. Eles são sobrecarregados de trabalho e são subalimentados. As paredes são nuas e os beliches são duros. Nenhuma prisão é tão povoada, nenhuma prisão tão opressiva, e, o principal, nenhuma prisão é tão permanente. A maioria dos internos nunca partem. Eles nunca fogem. Eles nunca são soltos. Cumprem uma pena de prisão perpétua nesta superlotada e mal provida instituição.
O nome da prisão? Você verá sobre a entrada. Em um arco sobre o portão estão as seis letras de ferro que explicitam seu nome: Q-U-E-R-E-R A prisão do querer. Veja seus prisioneiros. São os "que querem". Eles querem algo. Eles querem algo maior. Mais caro. Mais rápido. Mais fino. Querem.
Eles não querem muito, pensa você. Querem apenas uma coisa. Um novo trabalho. Um novo carro. Uma nova casa. Um novo esposo. Eles não querem muito. Querem somente um.
E quando têm o "um," estarão felizes. Está certo – estarão felizes. Quando eles têm o "um," deixarão a prisão. Mas então acontece. O aroma do carro novo passa. O novo trabalho envelhece. Os vizinhos compram um televisor maior. O novo esposo tem maus hábitos. E antes do que você imagina, outra vigarice quebra o livramento condicional e retornam à prisão.
Você está na prisão? Você se sente melhor quando tem mais e se sente pior quando tem menos. Você estará feliz se estiver à caminho uma nova entrega, uma transferência, um prêmio ou uma remodelação. Se sua felicidade vem de algo que você deposita, dirige, bebe ou digere, então encare – você está na prisão, a prisão do querer...

Você não merece mais a minha confiança. Na minha ausência, tem se divertido na noite, tem andado com pessoas que não me agradam. Não foi a primeira e nem a segunda vez.
Já discutimos muito por causa disso, e creio que chegou a hora do ponto final. Assim não dá certo.
Gosto imensamente de você e vivo torturado com suas atitudes. Se você gostasse de mim como afirma, você evitaria tais aborrecimentos.
Fique, pois, satisfeita com quem saiba dançar com perfeição, prossiga na sua roda de amizade e deixe-me em paz.