Datas Especiais - Mensagens

Nada custa, mas cria muito.
Enriquece os recebedores, sem empobrecer os doadores.
Dura apenas um segundo, mas, muitas vezes, a memória o guarda para sempre.
Ninguém é tão rico que possa ir adiante sem ele, e ninguém é tão pobre que não fique mais rico com seus benefícios.
Traz felicidade ao lar, alimenta a boa vontade nos negócios e é a senha dos amigos.
É repouso para o fadigado, incentivo para o desanimado, alegria para o triste, e o melhor antídoto da Natureza para o mau humor.
Não pode ser comprado, mendigado, emprestado ou roubado, pois é alguma coisa que não é artigo de valor para ninguém senão quando dado naturalmente.

É tão bom sentir este clima de paz
e harmonia que invade o coração
dos homens quando chega o Natal.Quem dera, se pudéssemos
viver assim a vida toda.
Quem dera, se pudéssemos não escolher nem datas nem momentos
para sermos bons e generosos.O Natal deve ser uma bela data
por toda a vida e em todos
os momentos.
Que o espírito natalino esteja
com você agora e em cada dia
do Ano Novo.
Desejo que você celebre este dia
com todas as honras que ele
merece e que você sinta toda
a alegria do Natal em
seu coração.

Feliz Natal!

As festas natalinas chegaram e mais do que nunca é hora de falarmos de paz, de vivermos em plenitude a mensagem de Cristo;

Natal é sinônimo de família, de união, de aproximação das pessoas, e quando essas pessoas se sentem próximas é sinal que o sentido do Natal se realizou.

Nossa família está abraçando vocês, essa família amiga, que gostamos tanto.

Que vocês se deixem contagiar por esse clima natalino, fazendo uma reflexão sobre esses 365 dias que estão chegando ao seu final e percebam que se houve derrotas, também houve vitórias, se houve tristeza, também houve alegria.

Desejamos do fundo dos nossos corações que esta renovação que o Natal nos traz, se estenda a todos os dias do próximo ano, dando-lhes mais força para continuar em frente.

Tenham um Natal inesquecível e um abraço de nossa família a vocês com muito carinho.

Muitos passam os mês dezembro fazendo compras, embrulhando presentes, decorando árvores de Natal e preparando-se para as festas e feriados, mas não se preparam para um Natal transformador, nem estão livres para experimentar seu significado real em todas as áreas da vida.

Minha preocupação maior é que o Natal não faça diferença alguma em nossa vida, que voltemos à mesma antiga rotina, às mesmas pessoas que éramos antes de tudo haver começado.

É possível festejar a estação e perder o Natal!

Imagine uma época em que você abriu todos os presentes, menos os de determinada pessoa. Sinta a mágoa dessa rejeição. Olhe para a situação da perspectiva divina. O que você acha que Ele deseja lhe dar?

Imagine-o esperando que você desembrulhe o seu presente.

Lembro-me que quando eu era criança, minha ansiedade nos dias que antecediam o Natal ia aumentando com cada presente que eu via marcado com a etiqueta "não abra antes do Natal"!

Quando eu pensava que ninguém estava vendo eu me arrastava para debaixo da árvore, apertava chacoalhava os presentes, tentando adivinhar se o que estava envolto por aquele papel era o meu desejado presente.

Então, na véspera de Natal, eu ia para a cama e sonhava com o que certamente encontraria na manhã seguinte, ao abrir os presentes. O presente que desejo partilhar com você nestes dias que culminam com o Natal traz inscrita uma observação bem diferente. Nele está escrito o seu nome. E diz: "Abrir em preparação para o Natal e para ser desfrutado durante o ano todo!" O verdadeiro Natal acontece de coração para coração.

O presente do coração de Deus é o oferecimento de Cristo a você e a mim. A coisa mais trágica que poderia acontecer é passarmos a época do Natal sem jamais abrir, nem aceitar as dádivas de amor, alegria, esperança e paz que fluem do coração divino em direção ao nosso! Cristo traz tudo isso para nossa vida. Você já "abriu" o presente de Deus para você? Cristo é o motivo do seu Natal?

Pensamento para o dia:

Quero ter um Natal especial este ano. Quero que a alegria e a paz de Cristo me acompanhem em cada dia da minha vida daqui por diante.

Mulheres românticas, apaixonadas,
inovadoras.

Mulheres que sonham e que lutam
por uma realidade melhor.

Mulheres que amamentam, que cuidam
da casa e que fazem política.

Mulheres que andam pelos caminhos
da ciência, mas que não esquecem Deus.

Mulheres que creem na sorte e outras
que vivem uma realidade desoladora.

Mulheres que passeiam no shopping e
mulheres sem terra.

Mulheres que vendem o corpo e outras
tantas que vendem a alma.

Mulheres cheias de graça e mulheres
que a vida tornou rude.

Mulheres vaidosas, mulheres femininas
e feministas.

Mulheres que aprenderam a lutar e mulheres dondocas.

Mulheres engenheiras, políticas,
mulheres de fé e mulheres renovadoras.

Mulheres inovadoras, transformadoras
e mulheres sem trabalho.

Mulheres na NASA, cientistas,
pesquisadoras e mulheres que sonham.

Mulheres que abrem portas, mulheres
no motel, na cadeia.

Mulheres que choram pelos filhos
e mulheres na academia.

Mulheres que buscam milagres e que
lutam pela vida.

Mulheres que formam família, mulheres
avós e mulheres vazias.

Mulheres que sabem cozinhar e
mulheres rendeiras.

Mulheres que amam e que choram.

Mulheres que sabem e que nunca se
omitiram.

Mulheres bruxas e mulheres fadas.

Agarradas a um misto de sonhos e
de realidades.

Mulheres que tem fé e arrancam a
vida com as mãos: Hoje é seu dia!!!

Cada uma em seu caminho, cada uma
com sua opção mas nunca deixando de ser MULHER...

Renovadora e reveladora do mundo
A humanidade se renova no teu ventre.
Cria teus filhos,
não os entregues à creche.
Creche é fria, impessoal.
Nunca será um lar
para teu filho.
Ele, pequenino, precisa de ti.
Não o desligues da tua força maternal.

Que pretendes, mulher?
Independência, igualdade de condições...
Empregos fora do lar?
És superior àqueles
que procuras imitar.
Tens o dom divino
de ser mãe
Em ti está presente a humanidade.

Mulher, não te deixes castrar.
Serás um animal somente de prazer
e às vezes nem mais isso.
Frígida, bloqueada, teu orgulho te faz calar.
Tumultuada, fingindo ser o que não és.
Roendo o teu osso negro da amargura.

Nossa Senhora com o Menino Jesus em seus braços, resolveu descer à terra e visitar um mosteiro. Orgulhosos, os padres fizeram uma grande fila para prestar homenagens à Virgem.
Um declamou belos poemas. Outro mostrou páginas da bíblia escritas em ouro. Um terceiro disse o nome de todos os santos.
E assim por diante, monge após monge, homenageou Nossa Senhora e o Menino Jesus.
No último lugar da fila, havia um padre, o mais humilde do convento, que nunca conseguiu aprender os sábios textos da época.
Seus pais eram pessoas simples, que trabalhavam num velho circo das redondezas e tudo o que lhe haviam ensinado era fazer malabarismos. Ele ficou por último pois os outros temiam que, por não ter nada a dizer, poderia desmoralizar o convento. Mas, o padre sentia que precisava dar algo muito bom de si para Jesus e a Virgem.
Envergonhado, sentindo o olhar reprovador dos seus irmãos, tirou algumas laranjas do bolso e começou a jogá-las para cima, fazendo a única coisa que sabia fazer: malabarismos.
Foi só nesse instante que o Menino Jesus sorriu e bateu palmas.
E foi para ele, o mais humilde, que a Virgem estendeu os braços e deixou que segurasse o Menino.
É na simplicidade que estão as coisas mais importantes!

Ao festejar as mães, valoriza-se a vida e promovem-se as relações de gratidão e carinho que nos alimentam a todos. No Dia das Mães as famílias se encontram, as crianças se alegram e as mulheres se enternecem. Cada pessoa é convidada a relembrar suas raízes e a retomar o espírito de infância.

O Dia das Mães é comemorado por pessoas jovens e idosas, pobres e ricas. Em sua diversidade, a vida reúne as famílias de todos os tipos e classes ao redor das mães de todas as idades e estilos. O amor materno é o mesmo, mas toma diferentes expressões, de acordo com a cultura e a postura que a mãe vai adotando na vida.

Neste Dia das Mães é bom lembrar a corajosa atuação das mulheres nos acampamentos de lavradores sem terra e nas associações de bairro. Essas mulheres revelam um novo modo de ser mãe. Engravidam um mundo novo no qual o impossível se torna possível. Dão à luz não apenas a filhos gerados fisicamente, mas a comunidades nascidas e fortalecidas por sua dedicação e exemplo.

A vocação mais profunda da mãe é dar a vida ao outro. Ela é completamente mãe quando consegue que o filho seja verdadeiramente outro, autônomo e solidário.

Jesus comparou a sua ressurreição com a experiência de ser mãe. Na véspera de morrer, ceando com sua comunidade, disse:

Quando a mulher está para dar à luz, sofre porque chegou a sua hora. A criança nasce e a mãe nem se lembra mais da dor, pelo prazer de ter dado ao mundo um novo ser humano. Assim também, agora, vocês estão tristes, mas hei de vê-los outra vez. Então, o coração de vocês se alegrará e ninguém lhes tirará essa alegria.

Época em que estamos tão sensíveis e alegres...

...que contagiamos a todos,
e que podemos refletir sobre nossos verdadeiros amigos.

Fazemos um balanço de nossas vidas,
somamos todas as alegrias,
e subtraímos as tristezas.

Gostaria que nessa noite de confraternização,
nossos relacionamentos, se estreite ainda mais,
e que nossa amizade, que perdure para sempre.

Ter você como amigo, é uma dádiva,
sua companhia nos momentos mais difíceis,
faz tudo ficar mais leve.

Que o seu Natal, seja repleto de alegria e paz,
sinceramente é o que eu desejo.

FELIZ NATAL!

O mundo poderia estar melhor
Se os seres humanos descobrissem
a maneira certa de viver.
Como pode uma "Mulher" ser chamada de mulher
Se já impediu uma luz de nascer?
Uma luz radiante
Cheio de Vida
Que iria nascer para amá-la
E chamá-la de Mãe.
Uma luz inocente
Que trazia sorrisos...
Mulher é aquela que nasce para dar luz,
Para ser Mãe...
A mulher nasce para fazer histórias;
Histórias onde existem luzes de vidas.
Como ter coragem de se desfazer de um "ANJO"
Como se fosse um simples objeto?
Um Anjinho lindo,
Que só queria Amor
E mostrar que sonhos podem ser reais
E que a Felicidade existe.
Durma em paz
Todos os anjos que não
Puderem ensinar para as
Chamadas Mulheres
O que é
Verdadeiro Amor...

A Humildade do pinheiro

Conta-se que, quando os pastores foram adorar o Divino Infante, decidiram levar-lhe frutos e flores produzidos pelas árvores de modo prodigioso.

Depois dessa colheita, houve uma conversa entre as plantas, num bosque.

Regozijavam-se elas de ter podido oferecer algo a seu Criador recém-nascido:
Uma, suas tâmaras; outra, suas nozes; uma terceira, suas amêndoas; outras ainda, como a cerejeira e a laranjeira, que haviam oferecido tanto flores quanto frutos.

Do pinheiro, porém, ninguém colheu nada. Pontudas folhas, ásperas pinhas, não eram dons apresentáveis.
O pinheiro reconheceu sua nulidade. E não se sentindo à altura da conversa, rezou em silêncio:
Meu Deus recém-nascido, o que Vos oferecer?
Minha pobre e nula existência.
Esta, alegremente lhe dedico, com grande agradecimento por me terdes criado na vossa sabedoria e bondade.

Deus se comprouve com a humildade do pinheiro. E, em recompensa, fez descer do céu e se afixarem nele uma multidão de estrelinhas.

Eram de todos os matizes que existem no firmamento: douradas, prateadas, vermelhas, azuis.
Quando o outro grupo de pastores passou, levou não apenas os frutos das demais árvores, mas o pinheiro inteirinho, a árvore de tal forma maravilhosa, da qual nunca se ouvira falar.
E lá foi o pinheiro ornar a gruta de Belém, sendo colocado bem junto do Menino Jesus, de Nossa Senhora e de São José.

Somos como o pinheiro.Pobres de tudo! Mas o Senhor, revestindo-nos com seu Espírito podemos lho oferecer os frutos de sua graça!

Tenha um Santo e abençoado Natal!

Um Novo Ano Iluminado!

Cheio de Paz.

É, chegou o Natal
Com luzes e pinheirinhos
E os olhos desse piazinho
Que a dois mil anos é criança
Vem renovar a esperança
Daqueles que pouco tem.
Ele, mais do que ninguém,
Dono do mundo inteiro
Veio nascer estrangeiro
Na grutinha de Belém.

É bom recontar a história
Frisando bem os papéis
Para que os Papais Noéis
Por badalados que são
Não roubem toda a atenção
Ofuscando o homenageado
Deixando um tanto de lado
Os que hoje nascem também
Rebentos de Zé ninguém
Carpinteiro, desempregado.

Já faz tempo, mas nem tanto
Nem aprendemos a lição
E talvez nesse rincão
Não tivesse gruta vazia.
Se viesse aqui neste dia
Um xiru andando a pé
Tocaio ou não de José
O protetor de Maria.

E pra não se incomodar
Sem saber de onde vem
Melhor mandar pra Belém
Onde tudo aconteceu
Esse casal de Plebeu
Onde José por ironia
Sabe que o filho de Maria
A rigor, nunca foi seu.

Espero que neste ano
Interpretemos o sinal
A todos Feliz Natal
Mais feliz como nenhum
Que este não seja comum
Vamos ganhar esta luta
Que ao Cristo, não sobre a gruta
Mas o coração de cada um.

Ela é o anjo... sinto todo o amor do mundo.
Olhando o tempo vejo anos com milhões de outros detalhes.
A cada tecla o peito dói,
o coração aperta,
a garganta seca,
falta o ar... olhos brilham... lágrimas caem...
Justo quando posso retribuir, o anjo resolve partir.
Que saudades...
Mães deviam viver para sempre!

Nesse dia especial
que vemos passar por nós
incansavelmente
ao longo de toda a vida
vamos abrir as portas
dar ao Menino Deus
as boas vindas!!!

Vamos salpicar amor
na mesa farta e depois
abrir os braços para Jesus.

Afinal a festa é dele
e é preciso lembrar
seu lugar e seu presente
ninguém deve ocupar.

Que a paz reine em tua casa
que envolva teu coração
que o amor que Ele pregou

jamais tenha sido em vão.
Estou feliz e divido
minha alegria contigo:

Feliz e Santo Natal!!!

- "Não basta ensinar ao homem uma especialidade, porque se tornará assim uma máquina utilizável, mas não uma especialidade. É necessário que adquira um sentimento. Um senso prático daquilo que vale a pena ser empreendido, daquilo que é belo, do que é moralmente correto. Deve aprender a compreender as motivações dos homens, suas quimeras e suas angústias para determinar com exatidão seu lugar a seus próximos e à comunidade.

A mulher que eu quero, não necessita
banhasse cada noite em água benta.
Tem muitos defeitos, diz minha mãe,
e demasiados ossos, diz meu pai.
Mas ela é mais verdadeira que o pão e que a terra.

Meu amor é um amor de antes da guerra..
para sabe-lo...
A mulher que eu quero, não necessita
desfolhar cada noite como uma margarida.

A mulher que eu quero, é uma fruta suculenta
grudada a minha alma sem qualquer coisa.
Como ela querem me dar meus amigos,
e se amargam da vida meus inimigos...
porque sem você querer te envolve seu sussurro
e sob seu calor se perde o orgulho
e a vergonha...

A mulher que eu quero, é uma fruta suculenta
amadurecendo feliz, doce e vaidosa.

A mulher que eu quero, me atou a sua cintura,
para semear a terra ponta a ponta
de um amor que nos fala com voz de sábio
e tem de mulher a pele e os lábios.
São todos seus meus companheiros de antes...
Meu cachorro, meu Scalextric e minhas amantes.
Pobre JUANITO...

A mulher que eu quero, me atou a sua cintura:
mas, por favor, que não se o diga nunca.
mas, por favor, que não se o diga nunca...

Vem ao baile vem ao baile
Pelo braço ou pelo nariz
Vem ao baile vem ao baile
E vais ver como te ris
Deixa a tristeza doer
As unhas de desespero
Deixa a verdade e o erro
Deixa tudo vem beber
Vem ao baile das palavras
Que se beijam desenlaçam
Palavras que ficam passam
Como a chuva das vidraças
Vem ao baile oh tens de vir
E perde-te nos espelhos
Há outros muito mais velhos
Que ainda sabem sorrir
Vem ao baile da loucura
Vem desfazer-te do corpo
E quando caíres de borco
A tua alma é mais pura
Vem ao baile vem ao baile
Pelo chão ou pelo ar
Vem ao baile vem ao baile
E verás o que é bailar.

Conto contigo, nas horas certas e incertas do meu destino.
Você construiu o meu passado e está no meu presente.
Deu-me uma boa educação e coisas boas colocou em minha mente.
O meu futuro construirei, e quero que nele esteja presente.
E perceba que tudo que me ensinou um dia, não joguei ao vento.
Você foi o amigo que sempre confiei, um Pai compreensivo que sempre admirei. Com você aprendi a lutar pelas coisas e dar valor a elas.
Com você aprendi que nunca somos um perdedor, e sim que quando caímos podemos ter forças e levantar mesmo que a queda for dura e nos machucar.
Aprendi que o amor de um pai, vence qualquer barreira e que
protege seus filhos de qualquer perigo.
Obrigado por eu ter e sentir sempre esse amor.
Como é bom olhar para você e poder dizer...
Esse é meu Pai... esse é meu amigo.

Pode ser novo, pode ser velho;
Pode ser branco, negro ou amarelo;
Pode ser rico ou pobre;
Pode ser solteiro, casado, viúvo ou divorciado;
Pode ser feliz ou infeliz;
Pode estar aqui ou já ter ido embora;
Pode ter tido filhos ou adotado-os;
Pode ter casa ou morar na rua;
Pode usar terno ou tanga;
Pode ser Deus ou humano;
Pode estar trabalhando ou desempregado;
Pode ser tanta coisa ou simplesmente PAI.

Mas todos, sem faltar um
sequer fazem parte da Criação.
Que não só hoje,
mas em todos os dias desta vida
possas ser lembrado como aquele que:
muitas vezes não dormiu,
muitas vezes ficou pensando
na comida para levar para casa,
muitas vezes engoliu sapos,
muitas vezes chorou escondido,
muitas vezes gargalhou,
muitas vezes perdeu a hora,
mas nunca deixou de pensar
na coisa mais importante da sua vida:
NÓS!!!

Vou dizer
Feliz Natal!
Amigo, amiga,
Filho, filha,
Irmã, irmão
Repetindo
O cumprimento tradicional.

Será mesmo Feliz Natal?
Ao som de batalhas,
Desastres, terror e mortes?
Insegurança, lá... ao longe...
E perto... inimizades,
Desentendimentos
Maus julgamentos.


Meu Natal é menos feliz
Quando vejo meu irmão chorar,
Incompreendido,
Insultado,
Com fome, doente,
Sem ânimo de luta
Pra suprir, uma vida decente!

Oh! Jesus querido!
Perdoa-me a pretensão
De que eu possa ser feliz
A custa do Teu Natal
Quando tudo me diz
Que há tanto mal?

Oh! Jesus amoroso!
Ajuda-me a aceitar
As diferenças entre os homens
Faze-me lembrar
Que assim será
Por um tempo.
Faze-me entender
Que trarás contigo a recompensa
De alegria ou choro
Conforme o meu proceder.

Rogo o Teu perdão,
Pois sou levada
Como tantos outros
A repetir tradição.

Sou consolada e feliz,
Pois Tua Palavra me diz,
O quanto entendes de dor!
Nascemos do Espírito
Em um Natal do Teu Amor!

Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um individuo genial. Industrializou a esperança fazendo-a funcionar no limite da exaustão.

Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos. Aí, entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez com outro número e outra vontade de acreditar que daqui para adiante vai ser diferente."

Para você, desejo o sonho realizado.
O amor esperado.
A esperança renovada.
Para você,
Desejo todas as cores desta vida.
Todas as alegrias que puder sorrir
Todas as músicas que puder emocionar.
Para você neste novo ano,
Desejo que os amigos sejam mais cúmplices,
Que sua família esteja mais unida,
Que sua vida seja mais bem vivida.
Gostaria de lhe desejar tantas coisas.
Mas nada seria suficiente para
Repassar o que realmente desejo a você.
Então, desejo apenas que você tenha muitos desejos.
Desejos grandes, que eles possam te mover a cada minuto
Ao rumo da sua FELICIDADE !
Feliz Vida Nova !

Nas neves lindas e frias do inverno europeu,
No sol causticante do deserto africano,
Nos mares azuis do nordeste brasileiro,
Nos verdes das florestas brasilianas.
É hora de paz, harmonia e amor,
Amor regado à verdade no seu apogeu.
Enxuga teu pranto no amor humano,
Vivenciando a destreza de refúgios altaneiros.
Espelhe a sua paz interior e isoles as ações deletérias.
A gratidão é ação terna e cheia de esplendor,
O céu brilha ao raiar do dia, mostrando a força de Deus,
No seu apogeu magistral o tempo passa sem que denotemos
As horas vividas sem consolo, sem guarida e pequenos esmeros,
Vivenciar é esperança de amor, gratidão, harmonia e fulgor.
No recesso do lar, no rumo certo, na luz da vida, no sorriso de um adeus.
Vem à lembrança do bálsamo da vida de uma criança que amaremos,
O firmamento florescerá de estrelas cintilantes anunciando o nazareno.
O menino esperança, que veio ao mundo numa noite de Natal esplendorosa.
É um botão, uma rosa divina que destina amor e esperanças gloriosas,
É o salvador, que veio ensinar a perdoar e amar sobre todas as coisas.
É dia de festas, as constelações brilham cintilantes, brindando o salvador.
As casas resplandecem em cores, a luz brilhará mais forte, fenecendo tristezas,
Gerando alegrias, pelo presente divino que o Pai nos ofertou, com louvor.
Dedicamos todas as esperanças com sua chegada e que nos faça nascer de novo.
No mundo de alegrias, repleto de harmonia onde o sol irradia
momentos de paz e não estorvo.
Que o argueiro e a trave se dispersem e as glórias dos céus venham abençoar magna data,
Onde se recata as esperanças, na retífica da visão, na construção
da paz, no sorriso de um menino recata.
A Luz da vida, onde o bem vencerá, haverá momentos de alegrias,
silêncio e preces altaneiras e renovadoras,
De ingredientes de paz, de dulcificação de mãos misericordiosas,
nos caminhos da libertação das masmorras.
Nas manjedouras divinas onde se instalarão vidas fortalecedoras
e benfeitoras de uma paz imorredoura.
Natal, dia de esperanças, meditação, conforto espiritual, orgias
jamais, a luz da vida voltará a brilhar, é Cristo com sua energia benfeitora.