Mensagens de Criança

Minha esposa NÃO TRABALHA!

Conversa entre um marido (H) e um psicólogo (P):

P: O que você faz da vida Sr. Bandy?
H: Eu trabalho como contador em um banco.

P: Sua esposa?
H: Ela não trabalha. Ela é apenas uma dona de casa.

P: Quem faz o café da manhã para sua família?
H: minha esposa, já que ela não trabalha...

P: Quando sua esposa costuma acordar?
H: Ela acorda bem cedo pois precisa se organizar antes de poder sentar pra tomar seu próprio café da manhã: põe a mesa, arruma o lanche pra escola das crianças, verifica se elas estão bem vestidas e penteadas, se tomaram seu café direito, se escovaram os dentes e se pegaram todo seu material de escola.

P: Como é que os seus filhos vão à escola?
H: Minha esposa os leva pra escola, já que ela não trabalha.

P: Depois de levar seus filhos para a escola, o que ela faz?
H: Ela costuma já aproveitar para resolver alguma coisa na rua, como pagar contas ou dar uma passada no supermercado. Depois volta pra casa a tempo de fazer o almoço. Serve a mesa, arruma a cozinha e depois vai cuidar da roupa suja ou pra passar e da limpeza da casa. Você sabe, ela não trabalha...

P: À noite, depois de voltar para casa do escritório, o que você faz?
H: Descanso, é claro. Pois eu estou cansado após ter trabalhado o dia inteiro no banco.

P: O que a sua esposa faz a noite?
H: Ela arruma a janta, serve os nossos filhos e a mim, lava a louça, dá mais uma organizada na casa. Depois ajuda as crianças a se aprontarem para dormir, dá o leite quente que eles gostam de beber, confere se escovaram os dentes...


A rotina diária de várias mulheres pelo mundo inteiro inicia-se de manhã e segue até tarde da noite... Isso é chamado de "não trabalha" ??!!

Ser Dona de Casa não exige diplomas, mas tem um papel fundamental na vida da família!

Desfrute e valorize suas esposas, mães, avós, tias, irmãs, filhas... Porque seus sacrifícios são incontáveis.

Alguém perguntou a ela...

Você é uma mulher que trabalha ou é só "dona de casa"??

Ela respondeu: eu trabalho como esposa do lar, 24 horas por dia..
Eu sou mãe,
Eu sou mulher,
Eu sou filha,
Eu sou o despertador,
Eu sou a cozinheira,
Eu sou a empregada doméstica,
Eu sou a professora,
Eu sou o garçom,
Eu sou a babá,
Sou a enfermeira,
Eu sou uma trabalhadora braçal,
Eu sou a agente de segurança,
Eu sou a conselheira,
Eu sou o edredom,
Eu não tenho feriados,
Eu não tenho licença por doença,
Eu não tenho dia de folga,
Eu trabalho dia e noite,
Estou de plantão o tempo todo,
Não recebo salário e...
Ainda escuto a frase...

"Mas o que você faz o dia inteiro?"

Dedicado a todos as mulheres que dão suas vidas pelo bem estar de suas famílias

Mulher é como sal

Sua presença nunca é lembrada, mas sua ausência faz todas as coisas ficarem sem sabor
Passe para todas as senhoras encantadoras da sua vida.... sua Mãe... sua Esposa... sua Filha... sua Irmã... sua Amiga...e para Todos os homens de seus contatos.

Já se comprovou que todos necessitamos de contato físico para nos sentirmos bem, e uma das formas mais importantes de contato físico é o abraço.
Quando nos tocamos e nos abraçamos, levamos vida aos nossos sentidos e reafirmamos a confiança nos nossos próprios sentimentos. Algumas vezes não encontramos as palavras adequadas para expressar o que sentimos. o abraço é a melhor maneira.
Há vezes que não nos atrevemos a dizer o que sentimos, seja por timidez ou porque os sentimentos nos avassalam. nesses casos pode-se contar com o idioma dos abraços.
Os abraços, além de nos fazerem sentir bem, empregam-se para aliviar a dor, a depressão e a ansiedade.
Provocam alterações fisiológicas positivas em quem toca e em quem é tocado.
Aumenta a vontade de viver aos enfermos.
É importante saber que: Os abraços são necessários para o desenvolvimento, manter-se são e para crescer como pessoa.
O que nos dá um abraço?
Proteção O sentir-se protegido é importante para todos, mas é o mais para as crianças e mais velhos, que frequentemente dependem do amor de quem os rodeia.
Segurança Todos necessitamos de nos sentirmos seguros. Se não o conseguimos, atuamos de forma ineficaz e as nossas relações interpessoais declinam.
Confiança A confiança faz-nos avançar quando o medo se impõe ao nosso desejo de participar com entusiasmo em algum desafio da vida.
Força Quando transferimos a nossa energia com um abraço, as nossas próprias forças aumentam.
Saúde O contato físico e o abraço partilham uma energia vital capaz de sanar ou aliviar enfermidades.
Autovalorização Através do abraço podemos transmitir uma mensagem de reconhecimento do valor e excelência de cada indivíduo.
Um abraço Faz e Diz Muitíssimo. Abraça o teu amigo. Abraça os teus entes queridos. Abraça as tuas crianças. Abraça o teu animal de estimação Abraça a todos!

Parece que foi ontem! No entanto, os meus cabelos estão mais brancos e raros enquanto tu continuas linda, com um sorriso lindo, e as crianças que "ontem" não haviam já estão tão grandes, fortes e formadas que já nos "proporcionam", "oferecem", uma nova geração de crianças que têm algo de nós dois para deixar ao mundo.
Há vinte e cinco anos que eu te conheço de muito perto. Prata é pouco para definir o valor desse sentimento que me habita, dessa convivência feliz e construtiva.
O nosso casamento foi algo natural, inevitável diante do amor dedicado que sempre tivemos em relação ao outro. A felicidade proveniente deste amor é algo ainda maior, pois foi construída no nosso dia-a-dia, com base num esforço solidário e comum que se nota cada vez mais raro hoje em dia, visto que nem todos os casais são capazes de enfrentar com esperança e dignidade as dificuldades que surgem pelo caminho.
Nós tivemos sempre a esperança e a coragem. Tivemos sempre a dignidade de discutirmos as nossas angústias, incertezas e desesperos. Tivemos sempre o cuidado de preservar o outro de problemas menores, aqueles que pudéssemos resolver por conta própria.
Por isso, apesar de todas as pedras que tivemos pelo caminho, tudo contigo tem valido a pena (se é que haveria pena em estar contigo). Muitas das pedras que surgiram como obstáculos acabaram a revelar-se pedras preciosas. melhor dizendo, aprendemos muito com as dificuldades!
Quero que saibas que, agora, quando comemoramos mais este ano de união, as "bodas de prata", sinto que, sem sombra de dúvida, sou muito mais rico do que era há vinte e cinco anos atrás.

Hoje eu quero homenagear uma pessoa muito especial Um amigo muito querido que sempre, sempre está comigo Nas horas felizes, ele está presente Nas horas mais difíceis, principalmente.
Na verdade ele é mais que um amigo É o meu irmão mais velho e muito querido É com ele que me abro e revelo todos meus segredos É por ele que chamo durante os pesadelos.
Estou sempre com ele, pois com ele quero aprender Dia e noite, noite e dia, sem de nada me esquecer Sei que nele posso confiar, pois me protege e me guia Não me deixando vacilar.
Gosto de me recostar em seu colo e deitar E na sua paz descansar Passo com ele 24h todos os dias E às vezes, até chego, com Ele sonhar.
Não há nada em mim que Ele desconheça Porque dele não escondo nada, mesmo que o entristeça Ao seu lado sou criança E por mais que eu erre me perdoa, e nunca perde a esperança.
E de cuidar de mim, nunca se cansa Sei que ao seu lado sou pequeno e nele está minha fé Sou seu irmão caçula, sempre criança, e nunca largo o seu pé E como criança, às vezes o deixo falando sozinho.
Mas não é por desobediência ou má-criação É o cansaço que me pega, o sono que chega Sem nenhuma compaixão E quando acordo, vou logo lhe falar E pedir o seu perdão.
Ele é o meu super herói e é nele que me inspiro E procuro em minha fraqueza e na minha fragilidade Juntar minhas forças e humildemente segui-lo E quando lhe perguntam: quem és? Ele costuma dizer: sou o caminho, a verdade e a vida E sou o que te tira das trevas para a luz E se você ainda não sabe quem é o meu amigo e irmão...
É o meu Senhor Jesus!

Não há nada mais animador do que quando Deus responde nossas orações por achar algo que perdemos. No meu caso, era uma criança perdida.
Não havia nada de raro naquele dia. Começou como qualquer outro. Era uma tarde quente de verão e os meninos estavam em casas de amigos. Pelo meio da tarde eu decidi comprovar. Fiquei atordoada quando fui verificar Tim e seu amigo me disse que ele tinha saído há algum tempo. – Saído! Eu disse – Onde ele foi? – Eu não sei, seu amigo disse, meio embaraçado.
Então comecei a fazer contatos. Verifiquei com cada amigo de Tim. Seguramente, alguém deve tê-lo visto, eu pensei. Mas não foi o caso. Em nenhum lugar que eu procurei eu consegui alguma pista.
Quando não tinha mais nenhum amigo à procurar, eu fiquei maluca. Minha preocupação aumentou ainda mais quando passou da hora do treino de futebol. Tim não gosta de perder o futebol. Agora era a hora de chamar a polícia. Enquanto esperava por sua chegada, procurei por uma foto atual e tentei lembrar como e o que ele usava naquele dia.
A hora do jantar passou e nenhum sinal de Tim. Enquanto em minha mente passava uma dúzia de cenários, meu coração temeroso orava à Deus.
Finalmente, às 8:00 da noite a caçada terminou. Olhei para fora e vi meu filho suado e cansado, empurrando sua bicicleta com os dois pneus furados. Tinha ido pescar à doze quilômetros de casa e teve que empurrar sua bicicleta por todo o caminho de volta. A visão dele evocou minhas emoções. Eu não estava segura se eu deveria puni-lo ou beijá-lo. Rapidamente dei-lhe um abraço enorme e um beijo.
Depois desta experiência, comecei a pensar no coração de Deus. Eu sei o que se sente quando sua criança está perdida e tudo o que você quer é que ela volte para casa, para você. Quando nos afastamos de Deus, Ele anseia por nos ver de volta à Ele, como um pai com uma criança perdida.
E assim como fiz com meu filho, Ele nos receberá com os braços abertos!

– Me mostra, papai! Disse a garotinha. – Você quer ver o mundo, não é? Ele perguntou. – Eu tenho muita esperança, papai!
O pai da menina lembrou-se do tempo em que era criança e seu pai o colocava sobre os ombros. – Eu quero que você veja como é distante onde você pode ir na vida, filho. Ele dizia.
E estando confortável e seguro, ele olhava ao redor e sorria. – Espero que eu possa ir tão distante, papai! Dizia apontando lá longe. – Meu filho, você pode ir tão distante e ainda mais! Seu pai o garantia.
E então está, agora, com a própria filha. – Papai aquela montanha é o mais longe que eu posso ir? Ela perguntou. – Meu amor, aquela montanha pode bloquear sua vista agora, mas eu prometo que você subirá sobre ela um dia. A vida está cheia de montanhas. Alguns as veem como barreiras intransponíveis. Outros as veem como degraus que os coloca onde jamais sonharam.
– Mas aquela montanha é tão grande! Espero conseguir subi-la! Diz a jovem criança. – Deus fez aquela montanha tão grande para que você se torne forte o suficiente para ir em busca de seus sonhos. Ele poderia fazer sua viagem mais fácil e plana. Mas que valor teria tal viagem? Qualquer um pode viajar por um caminho fácil. Mas são os grandes escaladores de montanha que têm a admiração da maioria.
– Espero que eu não caia! – Mas aí você recomeça de onde caiu ou começa tudo novamente desde lá de baixo. De um jeito ou de outro, cada passo em direção ao topo é necessário. O importante não é a quantidade de passos dados, mas sim cada passo dado.
A criança suspirou profundamente. – Quando eu começo a subir? Ela perguntou. – Você já está pronta, porque você pode ver em sua mente. Veja-se no topo daquela montanha. Ele pediu. – Eu posso ver! Ela disse excitada.
– E o que vê? Ele perguntou. – Você sempre perto de mim, papai!
E assim é a vida. Para fazer chegar, você deve se ver lá. Para começar você precisa ver onde termina. E para apreciar a viagem, você precisa apreciar aqueles que o ajudaram a chegar.
A esperança é algo com asas, que o levanta o suficientemente alto para ver a verdade.