Vit������ria - Mensagens

Se eu morrer antes de você, faça-me um favor:
Chore o quanto quiser, mas não brigue com
Deus por Ele haver me levado.
Se não quiser chorar, não chore.
Se não conseguir chorar, não se preocupe.
Se tiver vontade de rir, ria.
Se alguns amigos contarem algum fato a
meu respeito, ouça e acrescente sua versão.
Se me elogiarem demais, corrija o exagero.
Se me criticarem demais, defenda-me.
Se me quiserem fazer um santo, só porque morri,
mostre que eu tinha um pouco de santo, mas
estava longe de ser o santo que me pintam.
Se me quiserem fazer um demônio, mostre que
eu talvez tivesse um pouco de demônio, mas
que a vida inteira eu tentei ser bom e amigo.
Espero estar com Ele o suficiente para continuar
sendo útil a você, lá onde estiver.
E se tiver vontade de escrever alguma coisa
sobre mim, diga apenas uma frase:
"Foi meu amigo, acreditou em mim e me quis
mais perto de Deus!"
Aí, então derrame uma lágrima.
Eu não estarei presente para enxugá-la, mas
não faz mal. Outros amigos farão isso no meu lugar.
E, vendo-me bem substituído, irei cuidar de
minha nova tarefa no céu.
Mas, de vez em quando, dê uma espiadinha
na direção de Deus.
Você não me verá, mas eu ficaria muito feliz
vendo você olhar para Ele.
E, quando chegar a sua vez de ir para o Pai, aí,
sem nenhum véu a separar a gente, vamos viver,
em Deus, a amizade que aqui nos preparou
para Ele. Você acredita nessas coisas?
Então ore para que nós vivamos como quem
sabe que vai morrer um dia, e que morramos
como quem soube viver direito.
Amizade só faz sentido se traz o céu para
mais perto da gente, e se inaugura aqui mesmo
o seu começo. Mas, se eu morrer antes de
você, acho que não vou estranhar o céu..
Ser seu amigo... já é um pedaço dele..."

Chico Xavier

Você talvez não acredite, mas os conselhos são ótimos!
Leia até o fim, talvez você descubra algo de novo...

1. Dê mais às pessoas do que elas esperam, e faça-o com alegria.
2. Case com alguém com quem você goste de conversar. À medida em que vocês forem envelhecendo, seu talento para a conversa se tornará algo tão importante quanto os outros todos.
3. Não acredite em tudo o que você ouve, não gaste tudo o que você tem, não durma tanto quanto você gostaria.
4. Quando você disser "eu te amo", seja sincero.
5. Quando você disser "sinto muito", olhe nos olhos da pessoa.
6. Fique noivo pelo menos por seis meses antes do casamento.
7. Acredite no amor à primeira vista.
8. Nunca ria dos sonhos dos outros. Quem não tem sonhos tem muito pouco.
9. Ame profundamente e com paixão. Você pode se ferir, mas é o único meio de viver uma vida completa.
10. Quando se desentender, lute limpo. Por favor, nada de insultos.
11. Não julgue ninguém por seus parentes.
12. Fale devagar, mas pense depressa.
13. Quando lhe fizerem uma pergunta que você não quer responder, sorria e pergunte; "Por que você deseja saber?"
14. Lembre que grandes amores e grandes realizações envolvem grandes riscos.
15. Diga "saúde" quando alguém espirrar.
16. Quando você perder, não perca a lição.
17. Recorde-se dos três "R": Respeito por si mesmo, Respeito pelos outros, Responsabilidade por seus atos.
18. Não deixe uma pequena disputa afetar uma grande amizade.
19. Quando você notar que cometeu um engano, tome providencias imediatas para corrigi-lo.
20. Sorria quando atender o telefone. Quem chama vai ouvi-lo em sua voz.
21. Passe algum tempo sozinho.

Às vezes a vida nos prega partidas e ocorrem injustiças, como hoje ser seu aniversário e você estar tão longe de mim, e assim eu não poder celebrar ao seu lado, nem lhe dar um beijo e um abraço apertados.

Mas não vou reclamar mais, até porque é dia de festejar e não de lamentar. Sinta-se abraçada não pelos meus braços, mas por estas palavras e todo meu amor. Desfrute do seu dia, ria muito e pense bem nos desejos que vai pedir, pois eu vou desejar que se tornem realidade.

Adoro muito você, e apesar de sofrer por estar tão longe de você, o que importa mesmo é que esteja feliz e realizada. Parabéns amiga! Muitas felicidades hoje e sempre, e um beijo carregado de saudade!

Que o outro saiba quando estou com medo, e me tome nos braços sem fazer perguntas demais.

Que o outro note quando preciso de silêncio e não vá embora batendo a porta, mas entenda que não o amarei menos porque estou quieta.

Que o outro aceite que me preocupo com ele e não se irrite com minha solicitude, e se ela for excessiva saiba me dizer isso com delicadeza ou bom humor.

Que o outro perceba minha fragilidade e não ria de mim, nem se aproveite disso.

Que se eu faço uma bobagem o outro goste um pouco mais de mim, porque também preciso poder fazer tolices tantas vezes.

Que se estou apenas cansada o outro não pense logo que estou nervosa, ou doente, ou agressiva, nem diga que reclamo demais.

Que o outro sinta quanto me doía ideia da perda, e ouse ficar comigo um pouco - em lugar de voltar logo à sua vida.

Que se estou numa fase ruim o outro seja meu cúmplice, mas sem fazer alarde nem dizendo ''Olha que estou tendo muita paciência com você!''

Que quando sem querer eu digo uma coisa bem inadequada diante de mais pessoas, o outro não me exponha nem me ridicularize.

Que se eventualmente perco a paciência, perco a graça e perco a compostura, o outro ainda assim me ache linda e me admire.

Que o outro não me considere sempre disponível, sempre necessariamente compreensiva, mas me aceite quando não estou podendo ser nada disso.

Que, finalmente, o outro entenda que mesmo se às vezes me esforço, não sou, nem devo ser, a mulher maravilha, mas apenas uma pessoa: vulnerável e forte, incapaz e gloriosa, assustada e audaciosa - uma mulher.

Procura-se criança desaparecida!!!
Criança que foi vista, pela última vez, dentro de nós mesmos, há muitos anos.
Ela pulava, ria e ficava feliz com brinquedos velhos.
Chupava chupeta, pulava amarelinha, jogava pião, brincava na chuva, corria nas calçadas, subia nas árvores. Vibrava quando ganhava brinquedos novos.
Dava vida a latinhas, tampinhas, soldadinhos de chumbo, bonecas.
Brincava de médico, era enfermeira ou paciente.
Jogava botão.
Colecionava pedrinhas, figurinhas, devorava ovos de páscoa. Ah, escrevia cartinhas pra Papai Noel.
Soltava balões e brincava de "passa anel".
Batia palmas no circo, adorava zoológico, brincava de roda, ficava feliz quando se empanturrava de sorvete.
Ela se emocionava ao ouvir histórias contadas pela mãe ou quando lia aqueles livrinhos de pano que a madrinha lhe dava.
Fazia beicinho quando a professora a colocava de castigo, mas era feliz com seus amigos, sua pureza sua inocência.
Onde ela está? Para onde foi?
Quem a vir, venha nos falar.
Ainda é tempo de fazermos com que ela reviva, retomando um pouco a alegria da infância e deixando a alma dar gargalhadas.
Pois, afinal, "ainda que as uvas se transformem em passas, o coração é sempre uma criança disposta a pular corda".
Para não deixar morrer essa criança que todos temos dentro de nós, deixe-a sair, sonhar, empinar papagaios porque isso é uma das poucas coisas que não custam nada.

Um dia um bezerro precisou atravessar uma floresta virgem para voltar ao seu pasto.
Sendo um animal irracional, abriu uma tortuosa trilha, cheia de curvas, subindo e descendo colinas...
No dia seguinte, outro animal que passava por ali, usou a mesma trilha torta para atravessar a floresta.
Depois foi a vez do carneiro, líder de um rebanho, que fez seus companheiros seguirem pela trilha torta.
Mais tarde, os homens começaram a usar esse caminho: entravam e saiam, viravam à direita, à esquerda, reclamando (até com um pouco de razão...) mas não faziam nada para mudar a trilha.
Depois de tanto uso, a trilha acabou virando estradinha onde os pobres animais se cansavam sob cargas pesadas, sendo obrigados a percorrer em 3 horas a distância que poderia ser vencida em no máximo, uma hora...
Muitos anos se passaram e a estradinha tornou-se a rua principal de um vilarejo. Posteriormente, a avenida principal da cidade. Logo a avenida transformou-se no centro de uma grande metrópole e por ela passaram a transitar diariamente milhares de pessoas, seguindo a mesma trilha torta feita pelo bezerro.centenas de anos antes.
Os homens têm a tendência de seguir, como cegos, por trilhas feitas por outros, muitas vezes inexperientes, e se esforçam a repetir o que os outros já fizeram. E a velha floresta, do alto de sua sabedoria, ria daquelas pessoas que percorriam a trilha como se fosse um único caminho... sem se atrever a mudá-lo.
A propósito, qual é o seu caminho?

Eu não me importo se você lamber janelas, jogar pedra em avião, ou querer bater prego com a testa, às vezes, eu também cometo umas loucuras... Mas lembre-se, todos os sessenta segundos que você gasta irritado, perturbado ou louco, é um minuto de felicidade que nunca mais vai voltar! Pare, liberte-se das energias negativas, escute uma boa música e dance!
A minha mensagem da Semana para você é:
A vida é curta, quebre as regras, se apaixone, beije demoradamente, ame verdadeiramente, ria incontrolavelmente, e nunca deixe de sorrir, por mais estranho
pequeno que seja o motivo.
A vida não pode ser a festa que esperávamos todos os dias, mas enquanto estamos aqui, devemos procurar dançar sempre que der...
Se formos esperar somente aqueles momentos mágicos, grandiosos e super raros, desperdiçaremos a capacidade de nos alegrarmos com as pequenas coisas do dia-a-dia, a felicidade parecerá algo distante e raro.
Agora se quiser, faça como eu... Encaminhe a todos os amigos que você tem.
Eles vão gostar de ser lembrados!

Era uma vez um casal que tinha um filho de dez anos e um burro.
Decidiram viajar, trabalhar e conhecer o mundo.
Assim, se foram os três com seu burro.
Ao passar por um povoado, Todos comentaram:
Veja que menino mal educado. Encima do burro e os pobres pais, puxando as rédeas.
Então, a mulher disse a seu esposo:
Vamos permitir que essa gente fale mal do menino.
E o esposo resolveu.
Tirou o menino e subiu ele no lombo do burro. E no segundo povoado, Todos murmuravam:
Veja que tipo sem vergonha. Vai bem cômodo em cima do burro enquanto a mulher e o filho vão puxando as rédeas
Então, tomaram a decisão de colocar a mulher no lombo do burro, enquanto pai e filho puxavam as rédeas. Ao passar pelo terceiro povoado, todos comentavam:
Pobre homem. Depois de trabalhar o dia todo, ainda tem que levar a mulher sobre o burro! E pobre filho que espera dessa mãe!
Entraram então em um acordo e decidiram subir os três no lombo do burro para começar novamente sua peregrinação. o chegar no povoado seguinte, todos comentavam:
São mesmo umas bestas, será que não veem que podem quebrar a coluna do pobre animal.!
Por último, decidiram descer os três e caminhar junto ao burro.
Porém ao passar pelo povoado seguinte, ouviram todos sorridentes dizerem:
Vejam só estes três idiotas: caminham, quando tem um burro que poderia leva-los
Conclusão: Sempre vão te criticar, falarão mal de você e será difícil encontrar alguém que concorde com suas atitudes.
Então: Viva como gostas! Faça o que te diz o coração! Faça o que sentes! A vida é uma obra de teatro que não permite ensaios.
Por isso: Cante, ria, dance, ame... E viva intensamente cada momento de tua vida, que é muito precioso, viva-o antes que se fechem as cortinas e a obra termine sem aplausos!

A força dos Elementos da natureza. Aquele que toca sua mão mas você sente no coração, é um verdadeiro amigo. Nós raramente pensamos no que temos, mas sempre pensamos no que gostaríamos de ter. Não chore por ter terminado, ria porque aconteceu. Quanto mais detalhado é seu plano, o destino será mais duro. Tudo tem uma razão para acontecer.
Não faça esforços em vão, as melhores coisas acontecem naturalmente. A lição mais difícil de aprender: Que caminho você deve seguir na sua vida e de qual você deve desviar. Todos veem o que você parece ser, mas somente poucos o conhece de verdade Aquele que gostaria de ter algo que nunca teve, terá que fazer algo que nunca fez.
Talvez Deus gostaria que você conhecesse pessoas de todos os tipos durante sua vida, assim, quando você conhecer as pessoas certas, ficará grato por isso. O amor não precisa que duas pessoas olhem um para o outro, mas sim, que olhem juntos para uma só direção.
A vida é desenhada sem borracha. Desejo-lhe sempre: Ar para respirar, Fogo pra te aquecer, Água para beber e a Terra para se viver.

Parece que ainda ontem você engatinhava pela casa, ria de todos os nadas e dependia de nós para tudo. De repente já falava, de repente já sabia escrever, e de repente já está fazendo dezoito anos. Feliz aniversário, filha!

Não vou mentir, custa um pouco ver nossa menina, bebezinha celestial, se transformando em uma mulher que em breve caminhará pelo mundo sem os pais, independente. Custa, mas também provoca um orgulho indescritível saber que criamos e educamos uma mulher forte, linda e corajosa.

Filha linda, tudo que desejamos para você é felicidade, seja como e onde for. Que Deus abençoe você e ilumine sempre o seu caminho. Que n'Ele você encontre o amparo e a orientação que falte na nossa ausência.

Parabéns, filha! Você é o orgulho e a alegria do papai e da mamãe!

Só desejo que ela te ame assim como eu te amei, que fique horas na cama deitada sem conseguir dormir pensando em você, que se preocupe quando não conseguir te encontrar e o celular estiver fora de área, que ria daquelas suas piadas sem graça ou do jeito desengonçado de dançar. Espero que cuide de você quando virar o tornozelo nas partidas de futebol, que faça aquelas viagens dos sonhos, Paris, Nova York, Itália, sempre junto de ti, que te presenteie nas datas especiais, e que todos os dias, não importa se estiverem longe ou perto, ela diga o quanto tem sorte de ter você ao lado dela e o quanto te ama. Sabe, eu desejo isso e mais do que isso, que ela seja capaz de fazer isso por mim, porque era isso o que eu faria por você.