Sentimentos - Mensagens

Já sofri, já chorei, algumas vezes me enganei. Tento lutar contra o meu sentimento, não quero gostar de você e isso é um tormento. Você me olha e sorri, fico sem graça, mas feliz por estar ali.
Quando me abraça e me dá carinho, me sinto e bem, e penso, por que não ir um pouco mais além? Um beijo talvez, mas vejo que estou sonhando outra vez. O que fazer? Devo me afastar? Devo ti esquecer? Sinto que vou enlouquecer.
Dizem que você me trata diferente e que gosta de me ter por perto. Mas e se for só amizade? E se agente desse certo? Fico confusa, nada que eu faça parece adiantar, só me resta chorar. Você invade meus pensamentos de uma tal maneira, eu falo sério, isso não é nenhuma bobeira.
Quando chego e vejo que esta ali, meu coração bate mais forte, não penso mais em nada, posso estar apaixonada. Eu não quero ter que admitir que meu sentimento por você é diferente. Eu sei que posso me machucar, mas mesmo assim não consigo parar.
Se tem alguma menina do seu lado, sinto uma sensação ruim, não queria que fosse assim. Queria não ligar, mas não é isso que acontece, e isso me entristece.
Queria ser bem mais que uma amiga, queria muito mais que um abraço, queria um momento sozinha ao seu lado, para assim poder ti dizer tudo o que sinto, dizer a verdade, olhar nos seus olhos, assim saberá que eu não minto.
Seria tão bom saber que pensa em mim como penso em você, só desta forma iria entender e compreender o meu real sentimento por você. Preciso parar de viver nesta ilusão e saber a realidade, se o que sente realmente vai além de amizade.

Afloram-se os sentimentos, quando algo permanece guardado dentro do peito. Há casos em que esses sentimentos não devem ser despertados e, se despertados, todo o cuidado teremos que ter ao expressá-los, de forma que não modifique o modo com que a outro pessoa nos vê. É melhor termos grandes amigos por perto do que um grande amor distante, como disse nossa amiga Dora para mim.

Sei que de todos os relacionamentos que tive, o que me deixou marcas profundas, lembranças que nunca se apagarão, foi o nosso, como acredito que muitas lembranças ainda permanecem dentro de você. Mas o importante neste momento de nosso reencontro, é que eu tenha o cuidado de não lhe ferir, lhe causar qualquer transtorno, tendo-a como amiga para sempre, talvez até como minha confidente, mas sem deixar que a emoção transforme isso tudo em sofrimento para nós dois.

Prometo me preparar psicologicamente para encontrar-me com você como amigo e, quando estiver pronto para isso eu possa lhe dizer. Isso vai acontecer no decorrer do tempo, de forma natural, na continuidade de nossos contatos por telefone, e-mail ou torpedos, como vem sendo, eles com certeza, irão fazer com que essa emotividade que hoje sinto chegue ao ponto ideal.

Você voltou, sim, para ser não somente uma amiga, mas uma super amizade com a qual poderemos tanto eu e você, contarmos, nos nossos bons e maus momentos e em tudo que precisarmos.

Dessa forma é que eu quero ter você comigo e desejo que seja o mesmo para você. Vou me preparar para revê-la, prometo! Obrigado por me despertar desse sonho, digamos que, quase impossível, pois nada é impossível neste mundo.
Beijos!

Saudade é quando o momento tenta fugir da lembrança para acontecer de novo e não consegue.

Lembrança é quando, mesmo sem autorização, seu pensamento reapresenta um capítulo.

Angústia é um nó muito apertado bem no meio do sossego.

Preocupação é uma cola que não deixa o que ainda não aconteceu sair de seu pensamento.

Indecisão é quando você sabe muito bem o que quer mas acha que devia querer outra coisa.

Certeza é quando a ideia cansa de procurar e para.

Intuição é quando seu coração dá um pulinho no futuro e volta rápido.

Pressentimento é quando passa em você o trailer de um filme que pode ser que nem exista.

Vergonha é um pano preto que você quer pra se cobrir naquela hora.

Ansiedade é quando sempre faltam muitos minutos para o que quer que seja.

Interesse é um ponto de exclamação ou de interrogação no final do sentimento.

Sentimento é a língua que o coração usa quando precisa mandar algum recado.

Raiva é quando o cachorro que mora em você mostra os dentes.

Tristeza é uma mão gigante que aperta seu coração.

Felicidade é um agora que não tem pressa nenhuma.

Amizade é quando você não faz questão de você e se empresta pros outros.

Culpa é quando você cisma que podia ter feito diferente mas, geralmente, não podia.

Lucidez é um acesso de loucura ao contrário.

Razão é quando o cuidado aproveita que a emoção está dormindo e assume o mandato.

Vontade é um desejo que cisma que você é a casa dele.

Paixão é quando apesar da palavra "perigo" o desejo chega e entra.

Amor é quando a paixão não tem outro compromisso marcado.
Não... Amor é um exagero... também não.
Um dilúvio, um mundaréu, uma insanidade, um destempero, um despropósito, um descontrole, uma necessidade, um desapego?

Talvez porque não tenha sentido, talvez porque não tenha explicação.
Esse negócio de amor, não sei explicar.

Que sentimento é esse que, a todos nós, atordoa e, ao mesmo tempo, tanto nos fascina?
Ele nos sufoca, maltrata, consome e nos deixa inebriados e felizes; através dele vislumbramos o tão sonhado paraíso. Gostaríamos que ele fosse permanente.
Ele caminha ágil pelo mundo, projetando por onde passa, momentos de extrema beleza e rara felicidade.
Faz com que as nossas almas sofram de tanto zelo e preocupação. Impulsiona-nos para os maiores sacrifícios e perigos e, a tudo enfrentamos, com um sorriso nos lábios.
Não tem cor e nem forma, mas faz tremer e palpitar os corações, tanto de homens, quanto de mulheres, sejam eles: cientistas, políticos, artistas, filósofos, ricos ou pobres.
Através dele, superamos todos os obstáculos, nos sentimos renovados para a vida e sem medo da iminente morte.
Buscamos encontrá-lo sempre, em todos os nossos dias, embora algumas vezes, ele nos escape furtivamente...
Às vezes, ele é confundido com as loucuras da paixão, da posse, dos desejos carnais.
Puro engano.Sua essência é única, ele paira sobre águas serenas e tempestuosas, mantendo o equilíbrio entre a emoção e a razão.
A paixão escraviza; amor liberta.A paixão nasce do egoísmo; o amor nasce da alma.Uma é pura chama ardente que corrói o corpo. O outro, ternura e abnegação, que eleva os sentidos e engrandece a alma.
Percorre um longo caminho até atingir o coração e, quando ali se instala, temos a sensação de estarmos desfrutando do imenso céu.Não importa que moremos num palácio suntuoso ou numa humilde tapera.
Tão grandioso sentimento é: o amor. O amor pela vida, por ti mesmo, pela pessoa amada; pelos filhos; pelos teus semelhantes e dessemelhantes; pela Natureza e principalmente por Deus.
AMOR
Deus nos deu a vida.
Os anjos nos deram o amor.
É simplesmente maravilhoso.
a grande dádiva ofertada pelos nossos anjos...