Mensagens de Sabedoria

Ó Mestre,
Eu te agradeço porque me entregaste a missão de exercer a medicina,
restituir a alegria de viver às pessoas que me são confiadas a qualquer hora,
momento e lugar.

Ofereço-te a minha vocação
de servir a sociedade como instrumento de tua providência.
Grandes são os avanços da ciência,
mas também são inúmeros os desafios
a limitação humana que exige de mim seriedade,
equilíbrio, sabedoria e fidelidade
ao juramento que fiz.
Ó Deus da vida!

Ilumina-me e faça de mim
um mensageiro de misericórdia e esperança.
Que no final de cada jornada
eu possa celebrar o renascer da vida,
fruto do trabalho e entregar-te
às situações da minha limitação quando não tiver êxito.
Senhor,
que vieste trazer vida e vida em abundância,
tornar-me um instrumento de tua misericórdia.

Amém.

Deus pegou a força de uma montanha, a majestade de uma árvore, o calor de um sol de verão, a calma de um mar tranquilo, a generosidade da natureza, os confortáveis abraços da noite, a sabedoria das eras, o poder do voo da águia, a alegria de uma manhã de primavera, a fé de uma semente de mostarda, a paciência da eternidade e o centro da necessidade de uma família.
Depois Deus juntou todos esses ingredientes e quando percebeu que nada mais havia para acrescentar, Ele viu que sua obra prima estava completada.
Olhou para essa obra e disse: "a tua missão é sagrada. Vai para a vida, vai! Só falta eu te dar um nome: eu te batizo de pai."
Feliz Dia dos Pais!

As crianças apresentam-se em tamanhos, pesos e cores sortidas. Encontram-se em toda parte, em cima, em baixo, fora, trepada, pendurada, caindo, correndo, saltando. Os pais as adoram, as visitas as detestam, as irmãs e os irmãos mais velhos as toleram e o Céu as protege.
Uma criança é a verdade de cara suja, a sabedoria de cabelos despenteados, a esperança de calças caindo. Tem o apetite do cavalo, a digestão do avestruz, a energia da bomba atômica, a curiosidade do mico, os pulmões de um ditador, a imaginação de Júlio Verne, a timidez da violeta, a audácia da mola, o entusiasmo do busca-pé e tem cinco polegares em cada mão quando pratica suas reinações.
Adora chicletes, sorvetes, carrinhos, bonecas, a Páscoa e o Natal, e gosta de ar livre, da água, dos animais grandes, dos automóveis e aviões e dos domingos. Detesta as visitas, os livros sem figura, cortar os cabelos, dias de chuva, tomar banho e a hora de dormir. Levanta cedo e está sempre atrasada para as refeições. Entre seus pertences há sempre um tesouro: um canivete enferrujado, uma fruta verde mordida, um barbante, dois botões e algumas bolinhas de gude, um pedaço de substância desconhecida e um objeto raro que lhe é precioso por, quando muito, vinte e quatro horas.
É uma criatura mágica. Você pode fechar-lhe a porta de seu quarto de ferramentas, mas não a de seu coração. Pode expulsá-la de seu escritório, mas não de seu pensamento. Toda sua importância e sua autoridade desmoronam-se diante dela, que é seu carcereiro, seu chefe, seu amo... Ela é uma ruidosa e despótica ditadora.
Mas quando você volta para casa, à noite, com esperanças, ambições e nervos despedaçados, ela pode recompô-los num instante com suas palavrinhas mágicas: –
"Oi Pai, Oi Mãe." Parabéns por ter uma em casa!
Eu, nunca deixei morrer a criança que um dia viveu dentro de mim. Me apaixonei pela sua maneira de ser, e até hoje sou exatamente assim. A alegria, faz o coração feliz. O espírito e a alma, ficam em êxtase, diante do amor e paz.

Uma menina nova que passa a se envolver em um relacionamento, mas na verdade não era um relacionamento real, era com suas fantasias que ela mesmo criava, tudo nessa história acontecia do jeito que ela quiser, apesar isso era imaginação dela. Tudo em seu mundo interior era sereno e alegre, tudo girava em torno dela, porque por fora dele ela pouco fosse notada.
Mas na verdade ela usava essa sua imaginação, para fugir da realidade que trazia muita angústia, relacionamentos com traições e decepções, mas ela fugindo da realidade sempre a fazia piorar as coisas, porque ela deveria enfrentar os obstáculos da vida para ser feliz, do que fugir, porém o medo de fracassar ou ser rejeitada não a deixava enfrentar tais obstáculos, a fazia querer mais e mais o mundo dos sonhos, onde os amigos, os amores, a família... enfim, onde tudo que ela mais precisava estivesse sempre lá por ela.
O que era mundo diferente do real, onde a família só a colocava pra baixo, os amores sempre a decepcionavam e os amigos com ela pouco se importavam... na verdade essa é a parte que mais doía, nunca ter sentindo a força de uma verdadeira amizade, nunca ter experimentado do poder de uma palavra amiga, da confiança que aquele nosso irmão de alma nos traz.
Mas vai chegar um dia em que ela vai crescer, e deverá abandonar esse seu mundo da imaginação, e viver o mundo real! E agora nós nos perguntamos se ela vai conseguir dar a volta por cima e realizar tudo aquilo que ela sempre imaginava no seu mundo de fantasias ou ela fracassará?
...Quero que vocês meninas que estão lendo essa mensagem agora reflita, essa menina pode ser você, então tente escolher o caminho da felicidade com sabedoria e sem medo de errar para ser feliz.

Essa mensagem é dedicada a uma menina muito especial Karina Vale

Sempre olhei para você com grande admiração e verdadeiro apreço. Seus conhecimentos, ao longo destes tempos, foram uma bênção que me preenchiam e enriqueciam de forma abundante. Não há um dia que não aprenda algo de novo, uma nova história, um exemplo diferente. E é um prazer beber a sua sabedoria.

Acima de tudo, por trás dessa função que você desempenha exemplarmente, está um ser humano admirável, sempre disposto a apoiar e orientar pessoalmente. Palavras de gratidão serão sempre escassas para quem dá tanto de si mesmo e de forma tão constante. Você é acessível e sempre atencioso, uma raridade nestes dias que correm.

Continue no seu bom caminho professor. Nunca abaixe os braços, aconteça o que acontecer. Reflita em todas as pessoas que você marcou profundamente e pense como ainda tem tanto para dar. Ser professor é também ser pai e que essa bênção preencha você eternamente.

Ser pai é ser criança,
aprendendo e vivendo sempre coisas novas e boas
Pois só assim é que se cresce
Ser pai é ser filho,
seguindo e trilhando os rumos traçados pelos pais
Pois eles só querem o nosso bem

Ser pai é ser irmão,
sendo um pai dos filhos mais novos e mais velhos
Pois desta maneira se treina para paternidade

Ser pai é ser amigo,
compreendendo e ajudando os amigos que precisam de um pai
Pois eles retribuirão com gratidão

Ser pai é ser avô,
observando e encaminhado os filhos a serem bons pais
Pois eles conseguirão a maturidade

Ser pai é ser mestre,
espalhando a sabedoria e seus conhecimentos
Pois é assim que se constrói um mundo melhor

Ser pai é ser pai,
orientando e encaminhado os filhos a seguirem o bom caminho
Pois só assim se obtém a felicidade

Ser pai é ser como Cristo,
educando e praticando seus ensinamentos
Pois é assim que se conquista a benção de Deus.

A Paz se planta.
O velho, cedo, se levanta, sorri e até canta.
Reza ou recita um mantra.
Sabe que não tem almoço, mas confia na janta. Ouve o cantar de pássaros e se encanta.
Pensa em sua vida e vê que é tanta.
Sente que vem o frio, mas tem sua manta.
Olha para o campo semeado e reza para que a colheita lhe garanta.
Cuidando, examina o que planta.
Com sua sabedoria ninguém se espanta.
Dá seu amor que vem com a Santa, a Santa Paz que ele também planta e, lhe volta em dobro trazendo a janta.
Lembra-se que: Se Paz se planta, o Amor encanta e a Vida canta...
Pra melhor, se transformar, adianta.
Ele sabe que seu irmão, também, tem a mesma Luz que o levanta e ao acordar, tudo o encanta.
Sabe que este irmão também irá ver que a Paz adianta. Também se lembrará que a Paz se planta.
Que a Paz vem, Santa.
Planta, que adianta.
Esta Santa... encanta...
os caídos levanta...
A gratidão é tanta quando se encontra esta Santa.
A Santa Paz sempre adianta.

Amigo, só gratidão é pouco... Obrigado por acreditar em mim quando eu achei difícil acreditar em mim mesmo. Obrigado por dizer, algumas vezes, o que eu realmente precisava ouvir, em vez do que eu queria que você dissesse, e por ter me mostrado um outro lado a considerar.

Obrigado por se abrir comigo, por me confiar seus pensamentos, suas decepções e seus sonhos; por saber que você pode contar comigo e por ter pedido minha ajuda quando precisou dela.

Obrigado por ter posto tanta sabedoria, cuidado e imaginação na nossa amizade, por compartilhar tantas coisas boas e por marcar tantas lembranças sobre nós. Obrigado por sempre ser honesto comigo, ser gentil e estar sempre presente quando necessito. Obrigado por ser um amigo e tanto para mim, de tantas diferentes e significativas formas. Obrigado!

Porque fazer aniversário não é apenas aumentar um número à idade, hoje você deve se alegrar e celebrar por completar mais um ano de vida. Feliz aniversário!

É mais um ano, mais sabedoria, experiências diversas, risos, lágrimas, amor recebido e dado, amizade dividida. É mais um ano que teve oportunidade de viver e por isso deve sentir gratidão.

Guarde na memória tudo que foi bom, e aprenda com o que foi menos bom. Agora começa mais um ciclo, aproveite e desfrute dele o melhor que conseguir.

Desejo que esta data se repita muitos anos, e que nunca falte a esperança, o amor, a amizade, a saúde e a paz. E lembre-se, o importante não é a idade, os anos, mas o que fazemos com eles. Desfrute e celebre sempre a sua vida, e seja muito feliz!

Senhor, dá-me a esperança para vencer minhas ilusões.
Plantai em meu coração a semente do amor.
E ajuda-me a fazer feliz o maior número de pessoas possível, para ampliar seus dias risonhos e resumir as noites tristonhas.
Transforma meus rivais em companheiros, meus companheiros em amigos e meus amigos em entes queridos.
Não me deixes ser um cordeiro perante os fortes e nem um leão diante dos fracos.
Dá-me o sabor de saber perdoar e afastai de mim o desejo de vingança.
Senhor, iluminai meus olhos para que eu veja os defeitos de minha alma e vendai-os para que eu não comente os defeitos alheios.
Senhor, levai de mim a tristeza e não a entregueis a mais ninguém.
Enchei meu coração com a divina fé, para sempre louvar o vosso nome e arrancai de mim o orgulho e a presunção.
Deus, fazei de mim um homem realmente justo.

É engraçado como, nós, intitulados como seres pensantes, fazemos o possível para evitar situações que exigem um pouco mais de esforço intelectual. Deixar de fazer isto ou aquilo por acharmos complicado ou trabalhoso nos torna cada vez mais preguiçosos e diminui nossas chances de ter mais um aprendizado adquirido.

Não importa a idade, classe social, gênero ou religião, o acúmulo de conhecimento deve ser visto sempre como algo constante e infinito. Também não podemos nos limitar ao mesmo assunto ou objetivo, pois afinal, somos indivíduos versáteis e totalmente adaptáveis, e quanto mais diverso for o nosso aprendizado, maiores serão as nossas habilidades.

O mais importante na aquisição de conhecimento é estar sempre livre de preconceitos, com uma mente aberta aos mais variados temas que nos propicia novas interações sociais e mais qualidade na utilização do nosso tempo.

Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos, resta-nos um último recurso: não fazer mais nada. Por isso, digo, quando não obtivermos o amor, o afeto ou a ternura que havíamos solicitado, melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram. Não fazer esforços inúteis, pois o amor nasce, ou não, espontaneamente, mas nunca por força de imposição. Às vezes, é inútil esforçar-se demais, nada se consegue; outras vezes, nada damos e o amor se rende aos nossos pés. Os sentimentos são sempre uma surpresa. Nunca foram uma caridade mendigada, uma compaixão ou um favor concedido. Quase sempre amamos a quem nos ama mal, e desprezamos quem melhor nos quer. Assim, repito, quando tivermos feito tudo para conseguir um amor, e falhado, resta-nos um só caminho... o de mais nada fazer.

Clarice Lispector

Muitas pessoas têm medo de envelhecer. A primeira coisa que penso é que a outra alternativa que temos não é nada melhor: ou envelhecemos ou morremos. Por isso, eu prefiro envelhecer.

E quer saber, acho ridícula a mania que algumas pessoas têm de mentir a idade. Mais vale ter 60 anos e estar bem, do que ter 60 anos, dizer que tem 50 e ter cara de 70. Nessa equação toda, o mais importante não é quantos anos você tem, mas sim como viveu cada um dos seus anos. É isso que conta!

O modo como você vive é que irá determinar como será a sua velhice. O corpo é uma máquina, e precisa de constante manutenção. Não adianta tentar fazer uma revisão geral, quando o motor já estiver prestes a fundir. Mas além de um corpo saudável, também é preciso manter a mente sã.

A velhice, ou a maturidade, pode ser a fase mais bonita e tranquila da vida. Viver nos faz aprender com as experiências e conviver com diferentes gerações. E se deixarmos a cabeça e o coração sempre abertos para as mudanças que acontecem no mundo, podemos nos tornar sempre mais sábios, sem ficar ultrapassados.

Só quando estamos maduros é que conseguimos entender o que realmente é importante na vida, e já sabemos tirar de letra problemas que para os jovens são muito complicados. Os nossos olhos veem a vida com suavidade, e o nosso corpo, apesar de parecer mais pesado, nos permite caminhar com a leveza de alma de quem já viveu muito do que já tinha para viver!

A velhice pode ser uma fase doce da vida. Podemos nos tornar mais sorridentes, brincalhões, ousados, podemos voltar a ser quase como crianças. Mas crianças com um longo caminho já percorrido. Crianças sábias, não crianças metidas a sabidas!

O mais importante para viver bem a velhice, é se preparar para ela. É ir plantando sementes ao longo do caminho da vida, para ter sombra para descansar e frutos para colher.

Um dia estava entrando em uma pequena bomboniere, onde se vendiam doces e doces...
Quando comprei uma maça do amor e fui pagá-la encontrei um velhinho no caixa, com sua voz cansativa, uns 80 anos mais ou menos...
Foi quando começamos a conversar de vida, vida, vida... ele me fez 3 perguntas que ficaram em minha mente por uma semana...
Primeira: Qual é o momento mais feliz da sua vida? Segunda: Quem é a pessoa ou as pessoas mais importantes da sua vida? Terceira: E o que você tem a fazer para elas naquele momento?
Passou uma semana e eu fiquei com essas 3 perguntas na minha cabeça, foi quando resolvi voltar a bomboniere para decifrar as respostas...
Quando voltei, tinha um bilhete, me disseram que o senhor tinha morrido, mas tinha me deixado um bilhete... com o coração apertado o abri e tive uma surpresa ao lê-lo!
Tinham as 3 respostas... As minhas lagrimas começaram a correr pelo meu rosto... então li que o momento mais importante de nossas vidas é o AGORA! A pessoa ou as pessoas mais importantes da nossa vida é aquela ou aquelas que estão vivendo o momento com você! E o que você tem que fazer a ela ou elas? Somente... FAZÊ-LAS FELIZES!

Perto de Tóquio, vivia um grande Samurai. Já muito idoso, ele agora se dedicava a ensinar o Zen aos jovens. Apesar de sua idade, corria a lenda de que ainda era capaz de derrotar qualquer adversário.

Certa tarde, apareceu por ali um jovem guerreiro, conhecido por sua total falta de escrúpulos. Era famoso por usar a técnica da provocação. Utilizando-se de suas habilidades para provocar, esperava que seu adversário fizesse o primeiro movimento e, dotado de inteligência e agilidade, contra-atacava com velocidade fulminante. O jovem jamais havia perdido uma luta.

Assim que soube da reputação do velho samurai, propôs-se a não sair dali sem antes derrotá-lo e aumentar sua fama. Todos os discípulos do samurai se manifestaram contra a ideia, mas o velho aceitou o desafio.

Foram todos para a praça da pequena cidade e diante dos olhares espantados, o jovem guerreiro começou a insultar o velho mestre. Chutou algumas pedras em sua direção, cuspiu em seu rosto, gritou todos os insultos conhecidos, ofendendo inclusive seus ancestrais. Durante horas fez tudo para provocá-lo, mas o velho permaneceu sereno e impassível.

No final da tarde, sentindo-se exausto e humilhado, o impetuoso guerreiro retirou-se. Desapontados pelo fato de o mestre ter aceitado calado tantos insultos e provocações, os alunos perguntaram:
- Como o senhor pôde suportar tanta indignidade? Por que não usou sua espada, mesmo sabendo que podia perder a luta, ao invés de mostrar-se covarde diante de todos nós?

O sábio ancião olhou calmamente para os alunos e, fixando o olhar num deles lhe perguntou:
- Se alguém chega até você com um presente e lhe oferece mas você não o aceita, com quem fica o presente?
- Com quem tentou entregá-lo, respondeu o discípulo.
- Pois bem, o mesmo vale para qualquer outro tipo de provocação e também para a inveja, a raiva, e os insultos, disse o mestre. Quando não são aceitos, continuam pertencendo a quem os carregava consigo.

Por essa razão, a sua paz interior depende exclusivamente de você. As pessoas não podem lhe tirar a calma, se você não o permitir.

"Eu acredito que Deus está a gerir os assuntos e que Ele não precisa de nenhum conselho meu. Com Deus no comando, eu acredito que tudo vai dar certo no final. Então não há motivos para me preocupar. "

"Se eu tivesse perguntado às pessoas o que elas queriam, eles teriam dito cavalos mais rápidos."

"Foi a minha observação de que a maioria das pessoas chegam à frente durante o tempo que as outras pessoas desperdiçam."

"Visão sem execução é apenas alucinação."

"Uma das maiores descobertas que uma pessoa faz, uma das grandes surpresas, é descobrir que elas podem fazer o que elas temiam que não poderiam fazer."

"Aqueles que andam com Deus, sempre chegam ao seu destino."

Henry Ford