Mensagens de Força

Um menininho brincava no tanque de areia da praça naquela manhã de sábado. Tinha com ele sua caixa de carrinhos e caminhões, seu balde plástico e uma pá vermelha brilhante. No processo de criar estradas e túneis na areia macia, ele descobriu uma pedra grande no meio do tanque de areia.
O mocinho cavou ao redor da pedra, conseguindo desalojar a sujeira. Com muito esforço, usando as mãos, os pés e em todas as posições possíveis, ele conseguiu empurrar a pedra através do tanque de areia. Era um menino muito pequeno e a pedra, para ele, era enorme. Quando o menino alcançou a borda do tanque de areia, ele descobriu que mais difícil ainda ia ser passar a pedra sobre a pequena parede.
Determinado, o menininho empurrou, empurrou e empurrou, mas a cada vez que ele achava ter feito algum progresso, a pedra virava e rolava de volta para o tanque. O menininho grunhiu, lutou, empurrou, mas sua única recompensa era ter a pedra rolando de volta, esmagando seus dedinhos rechonchudos. Finalmente rompeu em lágrimas de frustração.
Durante todo o tempo, seu pai o observava de sua janela, aguardando o desenvolvimento de todo o drama. No momento em que as lágrimas caíram, uma sombra grande caiu sobre o menino. Era seu pai. Suavemente mas com firmeza, ele disse, – Filho, por quê você não usou toda a força que você tinha disponível?
Derrotado, o menino respondeu, – Mas eu usei, pai! Usei toda a força que eu tinha! – Não, meu filho, corrigiu o pai bondosamente. – Você não usou toda a força que você tinha. Você não me pediu ajuda.
E o pai do menino se abaixou, pegou a pedra e a retirou do tanque de areia.
Soa familiar? Todos temos pedras a mover, e precisamos ir diretamente ao nosso Pai para conseguir que o trabalho seja feito!

Não duvide se alguém te disser que você é do tamanho dos seus sonhos.
Os grandes feitos da humanidade, assim como as grandes empresas e também as grandes conquistas, todas elas, com certeza foram sonhadas antes por seus executores.
Airton Senna da Silva sonhou em ser um grande campeão na fórmula 1 e lutou bravamente para isso, tornando-se um belo exemplo brasileiro de pessoa de sucesso, a partir de um sonho.
As referências são muitas, desde grandes nomes, como Nelson Mandela e "Mahatma" Gandhi, que se tornaram referências de seus sonhos, até a humilde mãe que sonhou com a formatura de seu filho e conseguiu transformar isso em realidade.
Um belo exemplo da força de um sonho, é o de um aluno de 16 anos, que em 1952, em uma sala de aula da cidade de Bauru-SP, indagou-se com o fato de termos um brasileiro que inventou o avião e não fabricarmos essas máquinas voadoras. O sonho desse aluno se transformou na 4a maior fabricante de aeronaves comerciais do mundo.
Obviamente, que estamos nos referindo à Embraer e o sonho de Ozires Silva, seu fundador.
Claro que os sonhos precisam ganhar força e isso somente ocorre quando ele passa da imaginação para o papel e ganham um formato mais concreto.
Dê formas, cores, valores, tamanhos. Veja se são realmente importantes para sua vida e principalmente, defina datas: para o início e para o término, mas lembre-se que datas possuem um dia, mês e ano.
Nesse momento você acabou de transformar o sonho em um objetivo e são eles que nos dão a força para agirmos e persistirmos, os nossos motivos para ação, a motivação que precisamos.
O grande diferencial dos vencedores e das pessoas de sucesso, é o sonho que tiveram, a forma como transformaram esse sonho em objetivo de vida e a coragem e a iniciativa para agir.
Os sonhos, sem dúvida, representam o primeiro passo das grandes realizações, portanto fixe bem os pés no nosso mundo, mas mantenha sua cabeça nas nuvens. Sonhe sempre!!! Sonhe com uma vida melhor para você, um mundo mais digno e justo e um Brasil cada vez mais vencedor.

Certa vez ouvi uma história contada por um velho amigo que gostava de fazer passeios de barco. Ele estava em um de seus passeios e ao caminhar pelo navio, viu um dos membros da tripulação escalando as cordas, indo até o "ninho do corvo". Quando estava na metade da escalada, o navio balançou, pendeu para um lado e ele foi jogado ao mar.
Quando bateu na água, começou a gritar por ajuda enquanto batia os braços descontroladamente, se esforçando para sobreviver. Meu amigo viu que um marinheiro observava o homem na água de forma calma e tranquila, sem esboçar nenhuma reação.
Após um curto tempo o homem na água se cansou e começou a afundar. Imediatamente o marinheiro que observava tranquilo saltou ao mar e salvou a vítima que se afogava.
Depois que ambos estavam em segurança à bordo, meu amigo foi até o marinheiro que fez o resgate e perguntou, – Porque você esperou tanto tempo para saltar na água e salvar este homem?
Com a mesma calma, o marinheiro respondeu, – Eu percebi que o homem lutava muito na água e era grande a possibilidade de ambos morrerem se eu saltasse rapidamente. Há muito tempo eu aprendi que é melhor deixá-lo lutar por algum tempo, e quando chegar ao fim de sua própria força, eu posso saltar na água e salvá-lo com segurança.
Você se sente como o homem que se afogava nesta história? Você caiu de seu lugar cheio de conforto e segurança, e você está lutando por sua sobrevivência? Você gritou pedindo à Deus para vir salvá-lo?
Jamais perca a fé! Deus só está lhe dando a oportunidade de salvar-se por si mesmo. Se suas forças chegarem ao fim, Deus saltará na água e salvá-lo-á!